Polícia

Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019, 09h:55 | Atualizado: 22/08/2019, 16h:11

AÇÃO DA PF

Preso, ex-prefeito Gaspar destruiu provas; empreiteiras pagavam contas pessoais

O dinheiro que deveria ter sido utilizado para construção de pontes de concreto em Confresa (a 1.167 km de Cuiabá) era desviado em esquema de corrupção junto à empreiteiras e parte do valor servia para pagar até mesmo as contas pessoais de Gaspar Lazzari (PSD), que foi derrotado nas urnas em 2018 quando se candidatou ao cargo de deputado federal, e obteve 40.470 mil votos.

gaspar_montagem

Gaspar Lazarri foi preso porque estaria coagindo testemunhas e destruindo provas

Lazzari foi preso na manhã de hoje (22) durante a 2ª fase da Operação Tapiraguaia por ter destruído provas após a primeira fase da Operação, realizada em janeiro deste ano pela Polícia Federal.

O delegado Carlos Henrique Dangelo, da PF disse, em entrevista à imprensa, na manhã desta quinta (22), que Lazzari se beneficiava do desvio de recursos públicos para pagar contas pessoais - como de energia, de hospedagem, e até mesmo de cartão de crédito. Todas eram pagas por empreiteiras.

“Identificamos que contas pessoais do ex-prefeito de Confresa eram pagas pelas empreiteiras, que recebiam recurso do Governo Federal e não realizavam as pontes. Comumente se distribuía o que se chama de propina. Além de receber em sua própria conta, na de seus familiares, também em espécie. Há provas neste sentido. Havia contas comuns, como cartão de crédito, energia, hotéis, que ele passava para as empreiteiras pagarem”, explica o delegado.

De acordo com informações da Controladoria-Geral da União (CGU), após analisar o material apreendido na primeira fase da Tapiraguaia, já foi identificado o prejuízo potencial de R$ 1,6 milhão em Confresa envolvendo a construção de pontes, escola e unidades de saúde. Em Confresa o projeto era para construir 8 pontes, mas apenas uma foi concluída. 

Reprodução

Coletiva barra

Rafael Valadares, que liderou 2ª fase da operação, concede coletiva em Barra do Garças e detalha investigação contra ex-gestores, assessores e Valtenir

A operação também atingiu o ex-prefeito de Serra Nova Dourada, Edson Yukio Ogatha (PSD), conhecido como “Japonês”, e o suplente de deputado federal, Valtenir Pereira (MDB), que segundo a PF era o facilitador para que os recursos federais “chegassem” até as prefeituras.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • João sutero | Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019, 19h16
    3
    0

    Aqui se faz aqui se paga esse moço Gaspar deixou de pagar cabos eleitoral em Alta Floresta as pessoas trabalharam pra ele é nunca pagou pessoas que suaram debaixo de sol escaldantes mais tem aquele ditado aqui se faz aqui se paga lembre-se Gaspar Lázaro.

Bolinha é multado por irregularidades

humberto bolinha 400 curtinha   Por causa de irregularidades cometidas ainda em 2017, ao fazer aquisições sem realizar licitação e/ou pesquisa de preço, o prefeito de Guiratinga, Humberto Domingues, o Bolinha (foto), recebeu multa do TCE de 12 UPFs-MT, correspondente hoje a R$ 1,7 mil. E será intimado pelo...

Puxando o "rei" pra baixo em Tangará

reinaldo morais 400 curtinha   A pré-campanha ao Senado do empresário Reinaldo Morais (foto), o "rei dos porcos", evangélico e bolsonarista, vem ganhando aceitação popular em vários municípios. Mas, em Tangará da Serra, enfrenta muita resistência. Algumas pessoas próximas ao...

3 estaduais e 2 federais para prefeito

juarez costa 400 curtinha   Se na Assembleia, três dos 24 deputados se articulam por candidatura a prefeito, na Câmara Federal dois entre oito da bancada mato-grossense também pretendem fazer o mesmo. Tratam-se do emedebista Juarez Costa (foto), que apostará todas as fichas no retorno ao comando de Sinop, e do petebista...

PSDB rachado sobre nome a prefeito

ricardo saad 400 curtinha   O tucanato enfrenta uma incógnita em Cuiabá. A bancada na Câmara, hoje composta pelos vereadores Renivaldo Nascimento, Ricardo Saad (foto) e Toninho de Souza, defende apoio ao projeto de reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro. O partido, presidido na Capital por Saad, já faz parte...

Poucos da AL se arriscam pra prefeito

silvio favero 400 curtinha   Inicialmente seriam seis dos 24 deputados estaduais dispostos a concorrer ao pleito de novembro deste ano. Mas a lista vem sendo reduzida à medida que se aproxima das convenções. Sílvio Fávero (foto), por exemplo, sabe que a chance de ganhar a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, onde...

Transferindo pandemia para Cuiabá

lucimar campos 400   Prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos (foto) transferiu praticamente o pepino da pandemia da Covid-19 à gestão da cidade vizinha, comandada por Emanuel Pinheiro. Ela faz questão de enfatizar que, numa reunião com porta-vozes do governo estadual, do TCE, da Assembleia e dos dois maiores...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.