DESENVOLVIMENTO EM TRILHOS

Sexta-Feira, 28 de Março de 2014, 07h:10 | Atualizado: 28/03/2014, 11h:45

Motoristas reclamam das condições dos pátios e banheiros de terminais


Enviada Especial a Rondonópolis

Davi Valle/Rdnews

ferrovia-rondonopolis-estrada-caminhões

900 caminhões descarregam produção no terminal ferroviário de Rondonópolis 

Entre oito e dez vezes por mês, caminhoneiros se aventuram nas estradas de Mato Grosso para levar soja do Norte do Estado para os terminais ferroviários de Rondonópolis, Itiquira, Alto Taquari e Alto Araguaia. Em março, abril e maio, época da safra, isso se intensifica ainda mais. Além de sofrer com a condição extremamente precária das rodovias federais e estaduais, eles reclamam da lentidão do sistema da empresa que faz a gestão dos terminais, a América Latina Logística (ALL), e falta de um local adequado para aguardarem a sua vez de descarregar a produção.

Conversando com quatro caminhoneiros que estavam na fila do terminal de Rondonópolis há cinco horas, o Rdnews descobriu que a questão da espera é o de menos. “Mesmo que o sistema da ALL seja por agendamento no dia, ficamos esperando por 14, 15 horas. Mas não tem problema, é assim mesmo. Em algumas ocasiões passamos até mais tempo aqui do que na estrada”, explica Cassiano Ussani. O real problema é a infraestrutura extremamente precária que a empresa oferece a eles. “Não só aqui em Rondonópolis, mas em todos os terminais de Mato Grosso”, acrescenta.

Davi Valle/Rdnews

Cristiano Zanotelli - caminhoneiro

Caminhoneiro Cristiano Zanotelli reclama da falta de estrutura de terminal

Cristiano Zanotelli, que ainda tinha que esperar 400 caminhões até chegar a sua vez, fala que o ponto mais ineficaz da ALL é o pátio. Ele reclama que o terreno grande não é pavimentado, por isso, quando chove muito vira um terreno cheio de lama e buracos. "Os caminhões podem atolar. E quando está seco e venta muito, é poeira para todos os lados”, afirma. Caue Martins, coordenador de gente e gestão da ALL, por sua vez, explica que o local ainda está nessas condições porque não está pronto, já que foi inaugurado em outubro do ano passado e ainda não deu tempo de finalizar essa parte da obra.

Para Marildo Strapazzon, os banheiros são a pior parte. Sujos, sem manutenção e sem produtos de limpeza, os caminhoneiros passam o dia no local reféns das instalações. João Carlos Soares diz que só é preciso só ter um banheiro bom. "Cama, cozinha, ar condicionado, tudo isso temos dentro do próprio caminhão. Não estamos pedindo nada extraordinário, como uma sala luxuosa com tecnologia. Queríamos pelo menos um banheiro decente e um pátio concretado”. 

Os quatro caminhoneiros são unânimes quando o assunto é a lentidão do sistema da ALL. Segundo eles, são apenas sete tombadores (equipamento que retira a soja do caminhão) e cada um demora sete minutos para fazer o descarregamento. Em média há 800 a 900 caminhões por dia para fazer o processo. 

Galeria de Fotos

Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • jose afonso | Segunda-Feira, 20 de Julho de 2015, 18h46
    0
    0

    ola, nem sei por onde começar mas achei este espaço aqui vou registrar minha idignação na rodovia que liga uberlandia a cidade do prata tem um posto com nome de uberpraata ,nunca vi um banheiro mais sujo e mal cheiroso , fica aqui meu protesto

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

Antes, durante e depois de Bolsonaro

wilson kero-kero 400 curtinha   O vereador pela Capital, Wilson Kero-Kero (foto), que era do SD e se filiou ao PSL em 2015, muito antes da chegada do hoje presidente Bolsonaro, vai aproveitar a janela de março e pular para o Podemos. Isso não quer dizer que ele deixará de defender o governo do capitão. Assegura que...

Entrevistando uma aliada vitimizada

dito lucas 400 curtinha   Selma Arruda aceitou gravar entrevista para o programa Roda de Conversa, apresentado por Dito Lucas (foto) e que estreia hoje à noite, na TV Gazeta de Cuiabá, desde que fosse em sua casa, em Chapada dos Guimarães. E assim foi feito. A senadora cassada ficou bem à vontade para falar o que quis....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.