DESENVOLVIMENTO EM TRILHOS

Sexta-Feira, 28 de Março de 2014, 07h:10 | Atualizado: 28/03/2014, 11h:45

Motoristas reclamam das condições dos pátios e banheiros de terminais


Enviada Especial a Rondonópolis

Davi Valle/Rdnews

ferrovia-rondonopolis-estrada-caminhões

900 caminhões descarregam produção no terminal ferroviário de Rondonópolis 

Entre oito e dez vezes por mês, caminhoneiros se aventuram nas estradas de Mato Grosso para levar soja do Norte do Estado para os terminais ferroviários de Rondonópolis, Itiquira, Alto Taquari e Alto Araguaia. Em março, abril e maio, época da safra, isso se intensifica ainda mais. Além de sofrer com a condição extremamente precária das rodovias federais e estaduais, eles reclamam da lentidão do sistema da empresa que faz a gestão dos terminais, a América Latina Logística (ALL), e falta de um local adequado para aguardarem a sua vez de descarregar a produção.

Conversando com quatro caminhoneiros que estavam na fila do terminal de Rondonópolis há cinco horas, o Rdnews descobriu que a questão da espera é o de menos. “Mesmo que o sistema da ALL seja por agendamento no dia, ficamos esperando por 14, 15 horas. Mas não tem problema, é assim mesmo. Em algumas ocasiões passamos até mais tempo aqui do que na estrada”, explica Cassiano Ussani. O real problema é a infraestrutura extremamente precária que a empresa oferece a eles. “Não só aqui em Rondonópolis, mas em todos os terminais de Mato Grosso”, acrescenta.

Davi Valle/Rdnews

Cristiano Zanotelli - caminhoneiro

Caminhoneiro Cristiano Zanotelli reclama da falta de estrutura de terminal

Cristiano Zanotelli, que ainda tinha que esperar 400 caminhões até chegar a sua vez, fala que o ponto mais ineficaz da ALL é o pátio. Ele reclama que o terreno grande não é pavimentado, por isso, quando chove muito vira um terreno cheio de lama e buracos. "Os caminhões podem atolar. E quando está seco e venta muito, é poeira para todos os lados”, afirma. Caue Martins, coordenador de gente e gestão da ALL, por sua vez, explica que o local ainda está nessas condições porque não está pronto, já que foi inaugurado em outubro do ano passado e ainda não deu tempo de finalizar essa parte da obra.

Para Marildo Strapazzon, os banheiros são a pior parte. Sujos, sem manutenção e sem produtos de limpeza, os caminhoneiros passam o dia no local reféns das instalações. João Carlos Soares diz que só é preciso só ter um banheiro bom. "Cama, cozinha, ar condicionado, tudo isso temos dentro do próprio caminhão. Não estamos pedindo nada extraordinário, como uma sala luxuosa com tecnologia. Queríamos pelo menos um banheiro decente e um pátio concretado”. 

Os quatro caminhoneiros são unânimes quando o assunto é a lentidão do sistema da ALL. Segundo eles, são apenas sete tombadores (equipamento que retira a soja do caminhão) e cada um demora sete minutos para fazer o descarregamento. Em média há 800 a 900 caminhões por dia para fazer o processo. 

Galeria de Fotos

Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • jose afonso | Segunda-Feira, 20 de Julho de 2015, 18h46
    0
    0

    ola, nem sei por onde começar mas achei este espaço aqui vou registrar minha idignação na rodovia que liga uberlandia a cidade do prata tem um posto com nome de uberpraata ,nunca vi um banheiro mais sujo e mal cheiroso , fica aqui meu protesto

Pleno escolhe novo desembargador

carlos alberto 190 curtinha tj   Nesta 5ª (27) o Pleno do Tribunal de Justiça, sob Carlos Alberto Alves, define quem vai assumir a vaga deixada pela desembargadora aposentada Cleuci Terezinha Chagas, que deixou o Pleno em janeiro. Ao total, 24 magistrados, da primeira quinta parte dos mais antigos lotados na Entrância Especial,...

Retorno e convidados de Rondonópolis

adilton sachetti curtinha   Apesar de ter se casado com Lidiane Campos longe de Rondonópolis, onde foi prefeito e pretende concorrer de novo ao mesmo posto, Adilton Sachetti fez questão de prestigiar dezenas de rondonopolitanos entre os 250 que receberam convite especial à festa matrimonial, realizada sábado, na pousada...

Prefeitos e dinheiro público com shows

marquinhos do dede curtinha   Algumas prefeitos estão aproveitando datas comemorativas, como o aniversário de seus municípios, para promover farra artística com dinheiro público. Em Paranatinga, por exemplo, o prefeito Marquinhos do Dedé (foto) autorizou gastar R$ 115 mil em dois shows dentro da...

Possível duelo entre Pátio e Sachetti

Em 2008, Adilton Sachetti (foto) era prefeito de Rondonópolis e, com a máquina a seu favor, tentou a reeleição e, mesmo assim, foi derrotado por Zé do Pátio. No próximo ano, 12 anos depois, os dois devem se enfrentar de novo nas urnas. Agora em posições inversas. Pátio, com o controle da máquina, buscará novo mandato. E Sachetti, pela oposição, pretende reconquistar a prefeitura para resgatar...

Situação de emergência na MT-100

As péssimas condições de trafegabilidade da MT-100, agravadas por ingerências e irresponsabilidade de empreiteiras que fizeram obras pela metade, levaram o governo estadual a decretar situação de emergência no trecho entre Torixoréu e Pontal do Araguaia e sob interferência da Defesa Civil. Com isso, está sendo possível executar obras paliativas sem licitação, uma forma de amenizar o transtorno,...

Após governador, prefeito vai à Bolívia

francis maris curtinha   Duas semanas depois do governador Mauro e dois secretários terem ido à Bolívia tratar da comercialização do gás e do fornecimento de ureia para MT, o prefeito de Cáceres Francis Maris (foto) e sua vice Eliene Liberato vão fazer igual. Ambos ficarão 10 dias em...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.