DESENVOLVIMENTO EM TRILHOS

Sexta-Feira, 28 de Março de 2014, 07h:08 | Atualizado: 28/03/2014, 11h:48

Terminais já buscam soluções após queda na arrecadação com o ICMS


Enviada Especial a Rondonópolis

.

maia netto

Prefeito de Alto Araguaia, Maia Neto

Os primeiros terminais ferroviários de MT foram em Alto Taquari e Alto Araguaia. Com a inauguração de Itiquira, o movimento dos terminais foi distribuído, mas sem causar perdas para nenhum dos lados. Quando o de Rondonópolis, o maior da América Latina, passou a funcionar, as atividades dos outros caíram consideravelmente, principalmente de Alto Taquari e Alto Araguaia.

O prefeito de Alto Araguaia, Maia Neto (PR), conta que a partir do momento que a América Latina Logística (ALL), empresa que tem a concessão da ferrovia em Mato Grosso, chegou ao município, aconteceu um boom de desenvolvimento. “Melhorou substancialmente. Foram mais empregos, aumentou o PIB porque a população tinha mais trabalho e assim por diante. Mas desde que Rondonópolis ganhou o seu terminal, a nossa economia desaceleou”.

.

terminais

Vista aéria do terminal de Alto Araguaia só opera com 20% de sua capacidade

O movimento de escoamento caiu para 20% do que era originalmente e a quantidade de empregos gerados minguou, de acordo com o gestor de Alto Araguaia. Para ele, aconteceu um desaquecimento do setor que já é refletido na economia. Diante do cenário, agora, Maia Neto está querendo transformar a situação em novas oportunidades e minimizar as perdas.

Por exemplo, com o Programa Mato Grosso Integrado, a pavimentação da MT-100 está prevista para terminar em agosto deste ano. “Quando for concluída, haverá grande fomento por aqui, pois quero que Alto Araguaia faça o escoamento de trem de toda a produção do Vale do Araguaia, pois o trajeto será o mais curto e barato”, explica o prefeito. O gestor se articula ainda para receber a soja da região Sudoeste de Goiás e embarcá-la para Santos pelo terminal do seu município. “Nos próximos dias farei uma reunião com o governador Silval Barbosa (PMDB) para conversar sobre isso”, conta. 

Indagado sobre a queda do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços, o gestor responde que ainda não teve reflexo oficial, pois os indicadores são feitos de dois em dois anos. “Como o terminal de Rondonópolis foi inaugurado há poucos meses, os números ainda não demonstraram nada, já que a próxima indicação é só em 2015. Mas eu não pretendo deixar ele cair, pois acredito que essas estratégias com a MT-100 e Goiás serão o suficiente para aquecer de novo a economia”, finaliza.

Galeria de Fotos

Credito: .
Credito: .
Credito: .
Credito: .
Credito: .
Credito: Edson Aguiar
Credito: Edson Aguiar
Credito: Meneguini
Credito: Marcos Negrini
Credito: Lenine Martins
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeitos e dinheiro público com shows

marquinhos do dede curtinha   Algumas prefeitos estão aproveitando datas comemorativas, como o aniversário de seus municípios, para promover farra artística com dinheiro público. Em Paranatinga, por exemplo, o prefeito Marquinhos do Dedé (foto) autorizou gastar R$ 115 mil em dois shows dentro da...

Possível duelo entre Pátio e Sachetti

adilton sachetti curtinha   Em 2008, Adilton Sachetti (foto) era prefeito de Rondonópolis e, com a máquina a seu favor, tentou a reeleição e, mesmo assim, foi derrotado por Zé do Pátio. No próximo ano, 12 anos depois, os dois devem se enfrentar de novo nas urnas. Agora em posições...

Situação de emergência na MT-100

As péssimas condições de trafegabilidade da MT-100, agravadas por ingerências e irresponsabilidade de empreiteiras que fizeram obras pela metade, levaram o governo estadual a decretar situação de emergência no trecho entre Torixoréu e Pontal do Araguaia e sob interferência da Defesa Civil. Com isso, está sendo possível executar obras paliativas sem licitação, uma forma de amenizar o transtorno,...

Após governador, prefeito vai à Bolívia

francis maris curtinha   Duas semanas depois do governador Mauro e dois secretários terem ido à Bolívia tratar da comercialização do gás e do fornecimento de ureia para MT, o prefeito de Cáceres Francis Maris (foto) e sua vice Eliene Liberato vão fazer igual. Ambos ficarão 10 dias em...

Articulação rumo ao Palácio Alencastro

cidinho curtinha   Continua repercutindo nos meios sociais, políticos e empresariais a festa do ano realizada em Cuiabá, na última quarta, pelo ex-senador Cidinho (foto). Para comemorar o cinquentenário e Bodas de Prata com a esposa Marli Becker, ele recebeu mil convidados, desde grandes empresários do PIB...

Câmara, Misael, corte de VI e pepino

misael galvao curtinha   Sobrou para o presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (foto), o pepino de providenciar o corte de uma fatia generosa da VI dos vereadores por Cuiabá. Isso porque, o Supremo decidiu que os parlamentares poderão receber, a título de reembolso, até 60%  dos...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.