Executivo

Sexta-Feira, 05 de Abril de 2019, 08h:39 | Atualizado: 05/04/2019, 14h:35

Crise

Terceirizadas estão até cinco meses sem receber da União, Estado e municípios

Falta de recursos inviabiliza atividade, atrasa pagamento de salários e menos dinheiro circula na economia 

Sem receber pagamento de órgãos púbicos, em média, há cinco meses, as empresas de serviços terceirizados no Estado fecharam o primeiro trimestre de 2019 com dificuldades para pagar os salários dos trabalhadores e algumas já estão com os proventos atrasados há quatro meses. Diante desse cenário, União, Estado e municípios serão acionados pelo Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação de Mato Grosso (Seac) e pela Associação Brasileira de Defesa dos Direitos Empresariais (Abradem-MT) a buscarem uma saída para honrarem os débitos existentes.

Rodinei Crescêncio

Rog�rio Gallo

Empresários tentam agenda com secretário de Fazenda Rogério Gallo para debater assunto

Em reunião esta semana, empresários do segmento decidiram comunicar órgãos de controle federal, como o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Advocacia Geral da União (AGU), sobre a situação de falta de pagamento, de dois a quatro meses, por parte de instituições federais com atuação em Mato Grosso.

Em nível Estadual será solicitada uma audiência com o secretário de Estado de Fazenda (Sefaz), Rogério Gallo, e de Cuiabá, Antônio Roberto Possas de Carvalho, além de gestores de diversos municípios que não estão honrando os contratos de prestação de serviços. Nos Executivos Estadual e municipais, os atrasos chegam a cinco meses. 

“Os atrasos são recorrentes nas três esferas e isso provoca impactos sociais e econômicos significativos tanto às prestadoras de serviços e colaboradores, quanto a outras atividades empresariais, como a do comércio, por exemplo, porque deixa de circular dinheiro na economia. E como não há giro financeiro, o dinheiro acaba não voltando aos cofres públicos em forma de arrecadação de tributos”, afirma o presidente do Seac, Salmen Ghazale, que também é assessor jurídico da Abradem-MT.

Salmen explica que outro impacto importante que causa muita preocupação neste momento diz respeito à negociação coletiva de trabalho, em andamento. “Estamos encontrando dificuldades para finalizar o acordo porque muitas empresas encontram-se em situação financeira difícil, mas estamos trabalhando para conseguir repor a inflação aos colaboradores”.

O Seac possui 40 empresas filiadas no Estado que empregam aproximadamente 20 mil trabalhadores no segmento de terceirização em geral e mais 10 mil na área de segurança.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Jackson, enfim, nomeado ao TRE-MT

jackson 400 curtinha tre   O presidente Bolsonaro, enfim, escolheu, de uma lista tríplice, quem passa a compor o Pleno do TRE-MT no cargo de juiz titular, na categoria jurista, para dois mandatos de mandato. Trata-se de Jackson Francisco Coutinho (foto), que desde o ano passado já atua como juiz-membro substituto no Tribunal. Nos...

Com mais de 60 prefeitos e esposas

mauro mendes virginia 400   Acompanhado do governador e esposo Mauro, a primeira-dama Virginia Mendes recebeu para um jantar no Palácio Paiaguás, na segunda, mais de 60 primeiras-damas, além de prefeitos e outras autoridades. O governador, que promoveu o encontro, aproveitou para expor números, ações e...

UPA do Verdão vai ser entregue - veja

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro programa inaugurar na primeira quinzena de dezembro a UPA do Verdão (próximo à Arena Pantanal), uma nova e moderna estrutura que terá capacidade de atendimento de cerca de 12 mil pessoas por mês - veja aqui o vídeo que mostra a obra em fase...

Capital transmite final da Copa Verde

O Cuiabá Esporte Clube enfrenta o Paysandu hoje, às 20h, pela final da Copa Verde, no estádio Mangueirão. O Dourado precisa vencer por dois gols de diferença para ficar com o título. Caso a vitória seja por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis. A Capital FM 101.9, que acompanha o futebol regional desde início do ano, será a única rádio de Cuiabá que fará a...

Um dos cuiabanos na final Fla x River

leonardo campos curtinha 400   O presidente da OAB-MT, Leonardo Campos, o Leo Capataz, é um dos flamenguistas de Cuiabá que já estão em Lima ou que ainda vão embarcar rumo à capital do Peru para assistir a final da Copa Libertadores entre Flamengo e o argentino River Plate. O confronto será...

Políticos em peso em evento do HMC

A solenidade que marcou a entrega do HMC em Cuiabá, nesta segunda (19), está sendo considerada o evento do ano para o prefeito Emanuel. Ele conseguiu motivar a presença de diversas lideranças políticas, empresariais e de diferentes setores. Para se ter uma ideia, dos 11 membros da bancada federal, 8 estavam presentes, assim como 16 dos 24 deputados estaduais e 17 dos 25 vereadores. Também marcaram presença dezenas de prefeitos e outros...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.