Esporte e Lazer

Sábado, 28 de Abril de 2018, 08h:59 | Atualizado: 30/04/2018, 21h:13

ESPORTE INGLÊS

Com raça e determinação, rugby cresce em Mato Grosso e pede apoio financeiro

Jovens e determinados, cerca de 60 atletas compõem o time de Rugby Cuiabá, pioneiro no esporte em Mato Grosso. Tudo começou por conta de uma comunidade no Orkut há nove anos e, desde então, os treinos tomam proporções maiores com apaixonados pelo jogo de origem inglesa.

Jogo de rugby na Arena Pantanal em Cuiabá

Atletas do time Rugby Cuiabá mostram força e garra em jogo disputado na Arena Pantanal. Esporte cresce em MT, mas precisa de mais apoio

O presidente do clube André Dorileo conta que, no início da movimentação para os jogos na Capital, foi convidado pelo amigo Leonardo Teles a fazer parte do grupo - composto por meninos e meninas. Naquele momento, ambos tiveram apoio quase que fundamental do francês Alain Leplus, antigo técnico da seleção brasileira, uruguaia e também ex-jogador na seleção da França.

O francês topou treinar as equipes e incentivar os apreciadores no Estado, já que a família de Leplus já morava no Brasil e tocava uma empresa de sucos, a Sucos Melina, em Nova Mutum (241 km de Cuiabá).

Mário Okamura

André Dorileo

Presidente do clube, André Dorileo, conta que tudo começou com grupo nas redes sociais

Inicialmente, por se tratar de uma variação do futebol, tempos atrás o esporte chegou a ser chamado de rugby football. Outras tipologias surgiram com os anos, e a mais praticada passou a ser o rugby de quinze, depois, o rugby league e, desta vez, com treze atletas, o de sete (sevens), que é a modalidade olímpica. Por último, surgiu também o rugby de praia ou de toque.

Em Mato Grosso, o rugby de quinze e o olímpico são as variações praticadas. “No Centro-Oeste, o de quinze que é o tradicional ou o sevens, que é o olímpico, têm crescido, com maior número de adeptos, aqui em Cuiabá. Devido ao nosso time e o futebol americano, acabou ajudando a expandir outras culturas do esporte. Acho que, nos últimos anos, tiveram melhorias porque conseguimos incentivo desde o início dos irmãos franceses Alain e Michel e, agora, também contamos com a composição de atletas mulheres, time intitulado Melina. A busca é por mais patrocinadores e com o intuito de expandir nossas iniciativas”, explicou.

O presidente ainda ressalta que algumas empresas já contribuem com o esporte, além do apoio do governo para algumas viagens, mas o Rugby Cuiabá ainda luta por mais incentivo para contratar uma agência ou participar de eventos maiores. “Temos apoio, mas seria ótimo se tivéssemos mais e esse ano estou sentindo uma certa dificuldade até dos órgãos públicos”, comenta. 

Nós tiramos do próprio bolso ou corremos atrás de patrocínio, estamos de braços abertos para novos atletas

Há dois anos, haviam apenas os times Rugby Cuiabá e Primavera, mas agora o Estado também conta com Araguaia (time de Barra do Garças), Parecis (de Campo Novo) e Rondonópolis.

Regiões com maior número de estudantes, com faixa etária de 20 a 25 anos, ganham mais praticantes. O time da UFMT, campus Cuiabá, joga em ligas estudantis, mas fora da universidade ajudam a completar o time da Capital.

Dorileo ainda reforça que o termo “amadores” no rugby não se trata apenas do aposto do que se trata o profissional, isso porque, em torno de debates com tema rugby, se avalia que, por um lado, defender o amadorismo era preservar a essência do esporte, de forma tradicional. Mas, por outro lado, isso tinha tornado o jogo um esporte de elite, onde apenas os ricos tinham condições de jogar. 

“Aqui, como a maioria é estudante, são pessoas de todas as idades e classes sociais interessadas em aprender o jogo. Nós tiramos do próprio bolso ou corremos atrás de patrocínio, estamos de braços abertos para novos atletas”, pontuou.  

Dorileo ainda comenta que, nos últimos anos, alguns jogos mostraram que a equipe é focada e tem vitórias. “Em 2013, estivemos na frente de outros times campeões no Brasil, em sexta posição no Campeonato Brasileiro de Sevens. É um feito muito difícil para nós que começamos por último, após todos esses times do país. Para quem acompanha, o rugby sabe que isso é uma evolução”, comentou.

Os próximos jogos serão dia 12 e 13 de maio em Cuiabá, feminino e masculino, em conjunto com a segunda etapa do Pequi Sevens. Já a segunda etapa, em 28 de julho, em Primavera do Leste.

Divulgação

Rugby Cuiabá

Time, com cerca de 60 atletas,  está na fase de buscar mais patrocínios para que possa crescer e treinar com cada vez mais condições e chances de vencer

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Abicalil renova pedido e segue na AL

carlos abicalil curtinhas   O ex-deputado federal Carlos Abicalil (foto), ex-presidente do Sintep e com histórico de várias disputas eleitorais, sem êxito nas urnas, como de governador e de senador, renovou o pedido junto ao governo para continuar em desvio de função até junho de 2020. Ao invés de...

Praças terão espaço à inclusão social

emanuel pinheiro curtinha   Merece elogios a ideia do prefeito Emanuel Pinheiro (foto) de dotar todos os parques municipais de Cuiabá de equipamentos especiais para permitir diversão, entretenimento e atividades físicas a pessoas com deficiência. Isso mostra a preocupação do gestor com a inclusão...

DEM é fraco em Cuiabá há décadas

O DEM dos irmãos Júlio e Jayme Campos e agora do governador Mauro Mendes enfrenta resistência histórica na tricentenária Cuiabá. Fundado em 1985 como PFL, que absorveu dissidentes do velho PDS, o DEM hoje não possui uma cadeira entre as 25 na Câmara Municipal. Aliás, não elege vereador há três legislaturas. A última vez que o partido tentou disputa para prefeito da Capital foi em 2000 e, curiosamente, tendo...

Nininho, falta à sessão e justificativa

O deputado Ondanir Bortolini, o Nininho, contesta informação de que teria "amarelado" ao não comparecer à sessão ordinária da Assembleia, que resultou na aprovação da mensagem do governo sobre reinstituição dos incentivos fiscais, em primeira votação, pelo placar de 15 a 7. Em verdade, o parlamentar do PSD justificou oficialmente sua ausência. Explica que foi internado e, por orientação...

Efetivados irregularmente e recebendo

darci lovato curtinha   Entre os quase 100 servidores da Assembleia que já tiveram estabilidade funcional cassada pela Justiça em 1º grau por alguma irregularidade em documentos, estão ex-secretários municipais, colunista social, ex-policiais, radialista, ex-prefeito, ex-vereador e outros que já tentaram, sem...

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.