100 DIAS PARA COPA

Terça-Feira, 04 de Março de 2014, 06h:52 | Atualizado: 04/03/2014, 09h:14

100 dias para Copa

A 100 dias do mundial, apenas nove das principais obras foram entregues

.

02-montagem-jurumirim-santa-rosa-verdao-tijucal-dom-orlando-chaves.jpg

Principais obras em execução para a Copa. Seecopa não fixa datas mas garante terminar todas

Das 21 principais e maiores obras de mobilidade urbana prometidas pelo governo do Estado para a Copa do Mundo, apenas nove foram entregues até o momento. O Executivo estadual tem usado o fato da Capital ser um canteiro de obras para afastar polêmicas sobre os atrasos. Ocorre que, agora, a cem dias do evento, 12 grandes intervenções ainda não foram concluídas. 

Já foram liberadas para a população o viaduto do Desparaiado, a duplicação da Ponte Mário Andreazza, a trincheira Ciríaco Cândia/Mário Andreazza, a pavimentação da Avenida Mário Palma, a duplicação da Avenida Juliano Costa Marques, o prolongamento da Rua dos Eucaliptos, a construção da ponte sobre o Rio Coxipó (Jardim das Palmeiras), da ponte sobre o Rio Coxipó (Coophema) e da ponte Gumitá. 

A primeira matriz de responsabilidades assinada em 2010 pelo então governador, hoje senador Blairo Maggi (PR), juntamente com o ex-prefeito da Capital Wilson Santos (PSDB), com o governo Federal, previa a implementação do BRT ao invés do VLT. O projeto era fazer três corredores exclusivos para ônibus. Seriam eles o corredor Mário Andreazza, do Coxipó ao Centro e do Aeroporto ao CPA. Essas obras de mobilidade custariam três vezes menos do que é investido com o metrô de superfície. 

A escolha pelo VLT aumentou o número de obras de mobilidade. Muitas delas foram sendo deixadas para trás ao longo dos dois últimos anos. Atualmente, 13 fazem parte do pacote que viabilizará a passagem do modal na Capital, no entanto, apenas os viadutos da Sefaz e da UFMT já estão concluídos. 

Desde o ano passado, o governo do Estado parou de fixar prazos para a entrega de trincheiras, viaduto e pavimentações. Nas duas últimas obras inauguradas, o anúncio de que seriam liberadas foi feito com apenas alguns dias de antecedência. O único prazo estabelecido é maio deste ano, quando, segundo informou o governador Silval Barbosa (PMDB), é que tudo deve estar pronto.

As intervenções que estão em andamento na Capital são: as trincheiras Jurumirim/ Trabalhadores, Santa Rosa e Verdão, além do complexo viário do Tijucal, viaduto Dom Orlando Chaves, duplicação da Estrada da Guarita, duplicação, reforma e reforço de duas pontes sobre o Rio Pari, complementação da Avenida Jurumirim, pavimentação da Rua Camburiú/Cabeceiras, adequação viária da Rua das Mangueiras (9º BEC), trecho 1 da Avenida Parque do Barbado e duplicação da Estrada do Moinho/Avenida Archimedes Pereira Lima.

O secretário da Copa, Maurício Guimarães, afirma que todas as obras estão dentro do cronograma de entrega. A previsão é que estejam prontas entre abril e maio, mas o prazo pode ser prorrogado para junho, isto é, no mês em que o evento mundial estiver ocorrendo.

“Estamos trabalhando muito para que isso aconteça. Todas essas obras que ainda falta entregar estão 50% concluídas, algumas com 90%. O período chuvoso tem impactado muito essas obras. Se continuar nas mesmas condições climáticas de hoje elas serão entregues em junho”, declarou o secretário ao Rdnews.

Ainda segundo ele, o governo tem fiscalizado a execução dos trabalhos diurtunamente para que tudo corra bem e as obras sejam entregues à população, melhorando o trânsito na Capital e em Várzea Grande.

Quadro_silval_obras

Governador Silval Barbosa corre contra o tempo para inaugurar obras da Copa. Prazo é até meio do ano

A nova previsão de tempo de entrega é dada após quase cinco anos da escolha de Cuiabá como uma das subsedes. O secretário, no entanto, justifica que não havia como prever alguns fatores externos. Além disso, houve ainda os trâmites para o início dos trabalhos, que incluem busca de recursos junto ao governo Federal e processos licitatórios.

 Segundo ele, o atraso nas obras é uma convenção da sociedade. Conforme alega, o cronograma de execução contratado inicialmente possuía uma previsão de execução em termos normais, sem levar em conta outros aspectos. 

 “A ideia é que construiríamos tudo em um passe de mágica. Não tínhamos referência comparativa, é a primeira vez que se faz trincheira em Cuiabá, uma cidade de 300 anos, onde as concessionárias sequer sabem onde passam adutoras e fibras óticas. Quando se leva em consideração todos esses aspectos, percebe-se que as obras estão dentro do prazo, até acima da média nacional”, argumenta o secretário.

Galeria de Fotos

Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Ednilson Aguiar

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • João de Deus | Quarta-Feira, 05 de Março de 2014, 10h28
    0
    0

    O tempo passou e não é sabatina que vai mudar isso, tivemos praticamente 03 anos para preparar para copa não é em 100 dias que isso vai mudar. A copa da vergonha copa da incompetência, copa da roubalheira das obras inacabadas, copa das obras sem qualidade em resumo A COPA DA VERGONHA.

  • Hewerton | Terça-Feira, 04 de Março de 2014, 09h58
    0
    0

    RAIO X DA INCOMPETÊNCIA : SOBRARAM RECURSOS FEDERAIS, ABUNDANTES, FALTOU PLANEJAMENTO, ESTADUAL.

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

Empolgado e já morando em VG

emanuelzinho 400   O deputado federal Emanuelzinho (foto), do PTB, está tão empolgado com a possibilidade de concorrer a prefeito de Várzea Grande que não só transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para o município vizinho, ainda no ano passado, como também alugou um apartamento...

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.