100 DIAS PARA COPA

Terça-Feira, 04 de Março de 2014, 06h:54 | Atualizado: 04/03/2014, 07h:08

100 dias para Copa

Arena Pantanal está 97% pronta e vai ser inaugurada no final deste mês

Edson Rodrigues

traves_1

Traves já foram colocadas no estádio, 97% das obras da arena foram executadas

A 100 dias para a Copa do Mundo, está quase tudo pronto para a bola rolar na Arena Pantanal. Alvo de polêmicas, o estádio, que será palco das partidas de futebol, chega à fase final, com 97% de execução. Na última sexta (28) foram instaladas as duas traves e redes. A entrega está prevista para este mês, com quase 3 meses de atraso do prazo inicial, que era dezembro de 2013.

A demolição do tradicional Estádio Governador José Fragelli, o Verdão, para dar lugar à moderna Arena Multiuso, foi o primeiro assunto a gerar polêmica. Os amantes do futebol mato-grossense, motivados pela história que o local carregava, não aceitavam que ele simplesmente fosse colocado a baixo.

Inicialmente orçada em R$ 342 milhões, os trabalhos de construção do estádio, que ocupa uma área média de 300 mil m², começaram em abril de 2010. O recorrente número de aditivos fez com que o valor total do empreendimento chegasse a R$ 570,1 milhões, ou seja, 66,6% mais cara do que o estimado.

Edson Rodrigues

arena_pantanal_1

Arena Pantanal será principal estádio de MT. Inauguração acontecerá neste mês

Para se ter uma ideia, só neste ano, conforme publicação do Diário Oficial do dia 25 de fevereiro, o governador Silval Barbosa (PMDB) autorizou a disponibilização de R$ 56 milhões para a Secopa. Parte dos recursos saiu das secretarias de Cidades, de Transporte e Pavimentação Urbana e de Indústria, Comércio, Minas e Energia. Do total, R$ 38,7 milhões serão destinados para o estádio com o objetivo de realizar “acabamentos”.

Nem só de aditivos constrói-se uma arena. Em 2013, denúncias na imprensa nacional revelaram um suposto sobrepreço na compra das cadeiras do estádio. A licitação, teve apenas uma empresa habilitada a concorrer, pois o edital da Secopa fazia exigências que somente a Kango Brasil conseguiu atender.

O valor do serviço que seria prestado pela empresa era de R$ 19,4 milhões para a venda e instalação de 44,5 mil assentos da Arena Pantanal. Cada unidade, portanto, teria o valor médio de R$ 436,8. Ocorre que a Kango também participou da licitação para fornecer as 72,4 mil cadeiras para o Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. Lá, o valor foi de R$ 12,7 milhões, sendo o preço unitário por cadeira de R$ 175, inferior de Mato Grosso.

Em outubro do ano passado, então, o governo do Estado se viu obrigado a atender a recomendação do MP para cancelar o contrato, sob a condicionante de ser acionado na Justiça pelos promotores. Ainda naquele mês, após uma audiência de conciliação entre a Secopa e a Kango do Brasil, a empresa concordou em diminuir o valor unitário de cada uma das cadeiras, o que resultou na diminuição do valor do contrato para R$ 18,2 milhões.

Iara Rezende

Maurício Guimarães

Secretário Maurício Guimarães garante que obras estão dentro do previsto

O secretário de Estado da Copa, Maurício Guimarães, sustenta que os assentos são o ponto crítico nesta reta final da construção. “Precisamos de um acompanhamento com mais ênfase, mas a instalação deve estar pronta até o fim do mês de março”, garante. Até 20 de fevereiro, cerca de 12 mil cadeiras haviam sido colocadas, o número oficial não foi dito por Maurício porque, segundo ele, muda todos os dias.

Gramado

No início deste ano, durante visita do secretário-geral da Fifa, Jêromé Valcke, juntamente com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, além do presidente da CBF, José Maria Marin, o ex-atacante Bebeto, membro do Comitê Organizador Local (COL), cobrou as autoridades mato-grossenses quanto ao gramado da Arena.

“Pelo que vi aqui, não vejo se ele em condições de receber uma partida daqui um mês, conforme nos foi passado. Peço que os governantes fiquem em cima da empresa, pois o gramado é a coisa mais importante”, declarou Bebeto.

A empresa World Sport, responsável pelo serviço, rebateu as críticas e informou que tudo está sob controle.

Incêndio

Em fevereiro uma nova suspeita envolvendo a Arena Pantanal veio à tona. Desta vez, um relatório do Ministério Público divulgado pela Agência Reuters apontou que o incêndio que atingiu o subsolo do estádio em outubro de 2013, consumindo placas de isopor armazenadas no local, poderia ter causado danos estruturais no estádio.

Segundo o documento, assinado pela procuradora da República, Bianca Britto de Araújo, o sinistro causou danos significativos na estrutura de concreto do estádio, principalmente na laje situada acima da área da ocorrência do mesmo.

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), Juarez Samaniego, chegou a visitar o local e afirmou que todos os danos foram recuperados e que não há falhas estruturais graves. A Secopa também negou em nota oficial que qualquer problema ainda existisse.

O fato é que constantes polêmicas envolvendo o estádio da Copa em Mato Grosso adiaram por inúmeras vezes o prazo de entrega. De acordo com Maurício Guimarães, no entanto, agora é oficial: os cuiabanos verão a conclusão da obra em março. “São feitos os últimos ajustes, como colocação de holofotes, testes nos telões, de som e limpeza”, afirma.

O jogo inaugural deve ocorrer em 2 de abril, entre Santos e Mixto, pela Copa do Brasil. Antes do mundial também se enfrentarão Vasco e Luverdense, pelo Campeonato Brasileiro da Série B. 

Na Copa do Mundo, a Arena Pantanal receberá Chile e Austrália (13 de junho), Nigéria e Bósnia (17 de junho), Coreia do Sul e Rússia (21 de junho) e Japão e Colômbia (24 de junho).

Galeria de Fotos

Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.