100 DIAS PARA COPA

Terça-Feira, 04 de Março de 2014, 06h:53 | Atualizado: 04/03/2014, 09h:10

100 dias para Copa

Obra mais cara da Copa, VLT não fica pronto; inauguração em dezembro

Edson Rodrigues

VLT_2

Construção do VLT é uma das principais promessas do governo Silval, mas deve sair em dezembro

A 100 dias para a Copa, o cuiabano vê cada vez mais distante a possibilidade de se deslocar por meio do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A obra é a mais cara das executadas pelo Governo Silval Barbosa (PMDB), que já reconheceu não conseguir executar em tempo. O peemedebista, entretanto, tem prometido entregar o trecho que liga o Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, até a região do Porto, em Cuiabá antes dos jogos mundiais, uma promessa audaciosa, levando em consideração que ainda há muito que fazer no local. Além disso, é preciso fazer testes antes de colocar o modal em uso, por isso, a tendência é que o trem só ande após o campeonato.

De todo modo, em 18 de fevereiro, o viaduto do Aeroporto começou a receber os primeiros trilhos para a circulação do VLT. Trata-se da primeira implantação na via permanente do novo modal de transporte público, após a colocação dos trilhos no Centro de Manutenção, onde estão as 9 composições do VLT que já chegaram em Cuiabá. Por enquanto, as únicas obras inauguradas, do pacote do VLT, são os viadutos da Sefaz e da UFMT. Tanta demora na execução, entretanto, não é culpa apenas do governo, mas de uma série de entraves.

Mayke Toscano

silval_vlt

Governador Silval acredita que poderá entregar um trecho do VLT para a Copa

O governo estadual decidiu, em 23 de junho de 2011, instalar na capital mato-grossense e na cidade vizinha, Várzea Grande, o modal de transporte com um orçamento de R$ 1,1 bilhão. Após o processo de licitação, porém, o investimento subiu para 1,47 bilhão.

A decisão pela implementação do veículo de superfície foi tomada após forte campanha feita, especialmente, pelo então secretário de Estado da Copa, Eder Moraes, e pelo deputado estadual José Riva (PSD).

Antes, de maio de 2009, quando Cuiabá foi escolhida como uma subsede da Copa, até janeiro de 2010, o projeto era o de construir corredores exclusivos de ônibus articulados, o chamado BRT (Bus Rapid Transit). A ideia inicial custaria duas vezes menos que o VLT, R$ 489 milhões. O projeto não foi para frente.

Em agosto de 2012, ou seja, três anos depois de conhecida a escolha de Cuiabá, as máquinas entraram em operação para instalar o VLT. Trata-se de um projeto audacioso: construção de dois eixos. Um deles ligando o CPA ao Aeroporto e o outro o Coxipó ao Centro. Assim, o modal, quando pronto, cortará o canteiro central das avenidas Historiador Rubens de Mendonça, FEB, 15 de Novembro, Tenente-Coronel Duarte (Prainha), Coronel Escolástico e Fernando Correa da Costa.

Marcos Vergueiro

modais_vlt

Em fevereiro veículos foram liberados do Porto Seco e chegaram à Capital

O moderno sistema de transporte, composto por 40 vagões fabricados na Espanha, percorrerá um trajeto de 22,2 quilômetros. A capacidade máxima é para 400 passageiros por vagão, levados a uma velocidade de 60 km.

Tudo deveria estar pronto para a Copa, mas em outubro de 2013 a história começou a ganhar outro rumo. Silval Barbosa admitiu pela primeira vez, em entrevista coletiva, o atraso na obra. À época, também afirmou acreditar que “pelo menos um trecho [CPA-Aeroporto] seria inaugurado” a contento, o que não será possível.

Já em janeiro de 2014, foi a vez do secretário de Estado da Copa, Maurício Guimarães, assumir que o governo estava jogando a toalha quanto ao compromisso assumido de entregar o VLT à população antes de a Copa começar.

Às vésperas dos 100 dias, o secretário garantiu ao Rdnews que, apesar de apenas nove terem sido entregues até agora, todas as 47 obras restantes serão inauguradas antes da realização do mundial, com exceção da mais cara, que é o veículo de superfície.

De acordo com o secretário, não se trata de uma promessa de governo, mas sim de trabalho. “Evidente que não temos bola de cristal para saber o que vai acontecer, mas com o cronograma de hoje isso é o esperado”, declarou.

Ele ainda afirmou que, embora tenha sido contratado pelo Regime Diferenciado de Contratações – RDC, instituído pelo governo Federal por meio da Lei nº 12.462, de 2011, especificamente para as obras do evento, o modal não é uma obra para a Copa. O fato seria aceitável porque, recentemente, o governo foi mais flexível, já que o regime também é usado no PAC e até em obras do SUS.

“Nunca fizemos um transporte para levar pessoas na Copa. O que nós sempre dissemos é que ele servia como um modal para a Copa do Mundo. Era para ter ficado antes do mundial, mas não deu. Agora o cronograma é entregar em 31 de dezembro de 2014”.

Licitação
Os atrasos na execução da obra do VLT não foram as únicas notícias que estamparam as páginas dos jornais. A licitação do modal de transporte também foi assunto amplamente comentado em 2012. Suspeitas de fraudes no certamente vieram à tona após revelações feitas pelo então assessor especial da vice-governadoria, Rowles Magalhães, em agosto daquele ano, ao site UOL Esporte.

Segundo denunciou à época, a licitação para implantação do metrô de superfície em Cuiabá havia sido dirigida, já que a vitória do Consórcio VLT Cuiabá teria sido combinada entre os três primeiros colocados na concorrência.

Magalhães também revelou que membros do governo de Mato Grosso teriam recebido propina no valor de R$ 80 milhões. O Ministério Público Federal (MPF), a Polícia Civil de Mato Grosso e a Polícia Federal (PF) instauraram inquéritos para investigar o caso, mas, passado um ano e sete meses, não apresentaram nenhum encaminhamento dado ao caso.

Na Polícia Cívil, a informação é de que a investigação segue sob sigilo e é de responsabilidade do delegado Gian Marco Paccola. No MPF, o processo está em fase de instrução, isto é, de coletar informações. Já a PF não se pronunciou sobre o atual andamento do inquérito.

Galeria de Fotos

Credito: Mayke Toscano
Credito: Mayke Toscano
Credito: Mayke Toscano
Credito:
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Edson Rodrigues
Credito: Marcos Vergueio
Credito: Marcos Vergueiro
Credito: Mayke Toscano
Credito: Edson Rodrigues

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • adriano | Terça-Feira, 04 de Março de 2014, 19h06
    0
    0

    Se ficar pronto até 2018 eu saio correndo do aeroporto até o CPA pelado!!!

  • PASSAGEIRO AGONIADO | Terça-Feira, 04 de Março de 2014, 14h09
    1
    0

    Se o VLT estiver mesmo pronto, funcionando, em dezembro/2014, tudo bem, beleza pura, ótimo. Duro mesmo é aguentar esses ônibus velhos, caindo os pedaços que trafegam aqui em Cuiabá. E essa moagem do valor das passagens, recheada de gente querendo subir o preço.

  • luccas | Terça-Feira, 04 de Março de 2014, 10h04
    1
    0

    ? Dezembro mas de qual ano esqueceram de publicar?

Matéria(s) relacionada(s):

Evitando nova polêmica com prefeito

mauro mendes curtinha 400   Mauro Mendes (foto) dá sinais de que pretende colocar um fim ao clima de conflito com Emanuel Pinheiro. Ao menos por enquanto. Uma semana depois de disparar críticas duras ao prefeito da Capital, levando ambos a trocar farpas e acusações, o governador foi perguntado, em dois momentos na...

Janaina, perda de um bebê e repouso

janaina riva curtinha   A vice-presidente da Assembleia Janaina Riva (foto), do MDB, que está em licença médica desde o ano passado, usou as redes sociais nesta terça (28) para comunicar luto familiar. Grávida de gêmeos, a parlamentar lamentou que um deles perdeu os batimentos cardíacos e disse que...

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.