Cidades

Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020, 08h:01 | Atualizado: 01/10/2020, 15h:05

OVEPRICED

Secretário de Saúde é afastado por compra superfaturada de Ivermectina

O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor) deflagraram uma operação, na manhã desta quinta (30). São cumpridos mandados de busca e apreensão na Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá (SMS) e na casa do secretário Luiz Antônio Possas de Carvalho. Ele foi afastado do cargo por decisão da 7ª Vara Criminal de Cuiabá.

Assessoria

Luiz Ant�nio Possas de Carvalho

O secretário Luiz Antônio Possas de Carvalho foi afastado do cargo por decisão judicial

A operação foi batizada de Overpriced. As ordens judiciais foram determinadas pela juíza Ana Cristina Silva.

A Deccor recebeu uma denúncia e realizou diligências com o apoio da Força-Tarefa formada entre Ministério Público Estadual (MPE), Polícia Civil e Controladoria Geral do Estado (CGE), criada para acompanhar eventuais desvios ocorridos em licitações relacionadas à pandemia da Covid-19. O grupo identificou elevado sobrepreço na aquisição do medicamento Ivermectina.

De acordo com as investigações, entre os medicamentos listados na dispensa de licitação, encontra-se o item Ivermectina 6MG-Comprimido com preço unitário de R$ 11,90. A própria SMS já havia adquirido, no mesmo período, o medicamento por valor muito inferior: R$ 2,59. A diferença calculada é de R$ 9,31, por unidade do produto, sendo detectado o sobrepreço superior a casa dos 400%.

Diante dos fatos, a coordenadoria da força-tarefa detalhou o evidente sobrepreço do medicamento, cuja aquisição se deu no processo de dispensa de licitação termo de referência n.º 104/2020/DSL/SMS.

A análise partiu do comparativo com outras prefeituras de Mato Grosso em relação à aquisição do mesmo medicamento e a constatação de que o preço médio do produto ficou em torno de R$ 2,32, enquanto a cotação da Prefeitura de Cuiabá, na dispensa questionada, ficou no valor de R$ 11,90.

Com tais informações, foi identificado um sobrepreço total de R$ 715 mil, sendo representado pelo bloqueio de bens dos investigados, até citado valor. Com a coleta do material, a investigação será aprofundada, objetivando a devida conclusão. A ação contou ainda com o apoio da Polícia Civil do Paraná.

Veja nota da prefeitura:

- A Prefeitura de Cuiabá reforça que irá colaborar com todas as informações necessárias para esclarecimentos dos fatos.

- Destaca que tem sempre prezado pela transparência nos investimentos públicos, criando inclusive um portal específico para abrigar as informações relacionadas aos gastos emergenciais com a pandemia da Covid-19.

- No portal é possível observar na íntegra a descrição de cada contrato firmado e valores aplicados no combate ao coronavírus.

- Além disso, todos os investimentos são acompanhados de forma online e em tempo real pelo Ministério Público do Estado (MPE), por meio de um acordo firmado entre as instituições.

- O prefeito Emanuel Pinheiro reafirma sua confiança no trabalho da Justiça, bem como no gestor da Secretaria de Saúde.

- Informa também que o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Possas de Carvalho, pediu exoneração do cargo, a fim de contribuir para o bom andamento das investigações.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • joana | Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020, 12h25
    3
    1

    Marcos Paulo.... e as vendidas por de baixo do pano sem nota fiscal quase 100,00 né?

  • Dr. Vinicius | Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020, 11h17
    9
    2

    Pelo amor de Deus não votem em Emanuel ou Roberto França

  • Dra Cinara B. O. KATTY | Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020, 09h27
    9
    6

    Pelo amor de Deus não votem em Emanuel ou Roberto França. Devemos dar chance de quem NUNCA foi político. Vou orar e jejuar.

  • Marcos Paulo | Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020, 08h38
    6
    14

    Tá de brincadeira, só pode! IVERMECTINA a 2,59 quero ver! Faço uso há muitos anos e nunca encontrei por esse preço. Agora, na pandemia, está acima de 50,00 nas drogarias, caixa com 4 comprimidos. Afaste o secretário por outros motivos e não esse alegado.

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misael é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

MAIS LIDAS