COPA-2014

Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 13h:20 | Atualizado: 18/02/2014, 14h:38

Obras da Copa

Em relatório, Crea aponta existência de rachaduras e anomalias em obras

Widson Maradona

deputados_crea

Romoaldo, Sebastião e Emanuel recebem relatório do Crea entregue pelo Crea

O secretário da Secopa, Maurício Guimarães, e os engenheiros responsáveis pelas obras da Copa, devem comparecer à Comissão de Infraestrutura da Assembleia na próxima semana para prestar esclarecimentos sobre as falhas detectadas nas obras do Mundial. Diversas irregularidades foram encontradas em 13 intervenções visitadas por equipe técnica do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (CREA) até este mês. Nesta quarta (19), os técnicos vão vistoriar a Arena Pantanal.

O resultado da vistoria foi apresentado na manhã de hoje (18) aos membros da comissão, que é responsável pela fiscalização. O documento elaborado pelo engenheiro André Schuring conclui que as obras apresentam baixo padrão de acabamento, anomalias estruturais, de drenagem, sinalizações, nos itens de acessibilidade, geométricas, de processos construtivos, de planejamento e concepção de projeto.

A trincheira Santa Rosa é uma das interferências urbanas que mais preocupam devido a existência de rachadura de 0,70mm (anomalia).

Outra situação que chama a atenção é quanto às obras de recuperação do córrego 8 de Abril, no entorno da Arena Pantanal. No local, foi constatado que a remodelagem urbana não satisfaz os padrões de calçamento, uma vez que as dimensões apresentadas não respeitam as normas municipais. Além disso, as vias às margens do córrego estão completamente destruídas.

As obras verificadas apresentaram ainda acabamentos irregulares e que comprometem a aparência da cidade, barreiras de concreto lateral inadequadas, ausência de drenagem lateral e infiltrações, como na trincheira Círiaco Cândia que, se não corrigidas, podem provocar risco à vida dos motoristas devido à quantidade de água na pista. A vistoria também observou a falta de acessibilidade no Centro de Treinamento (COT) da Barra do Pari.

Embora não ofereçam perigo direto à população, todos os pontos abordados no relatório devem ser levados em consideração, de acordo com o engenheiro do Crea. Observa que a inspeção não teve condições de apontar as causas das falhas, mas estas devem ser corrigidas imediatamente. Sobre os atrasos, André diz que todos os prazos estão bastante apertados. “O relatório não determina quais obras ficam prontas, algumas deverão ser entregues parcialmente. Engenharia se faz com dinheiro e com vontade”, completa.

O presidente da Comissão, deputado estadual Sebastião Rezende (PR) assegura que o relatório será mostrado à Secopa para que a pasta sobre das empresas responsáveis a correção das irregularidades. “O que precisamos é fazer com que as empresas que receberam para fazer trabalho de qualidade possam efetivamente cumprir com aquilo que está estabelecido em contrato e o que tiver que ser refeito, que assim seja”, comenta. 

Já o presidente do Legislativo, deputado Romoaldo Júnior (PMDB), ressaltou que o governo executa calendário de obras que Cuiabá nunca viu. Atribui atrasos à liberação de recursos do governo federal e reconhece que a execução de obras no período chuvoso compromete a qualidade. “Todas aquelas que apresentarem falhas serão corrigidas pelo governo até o final do mandato”.  

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • jose roberto | Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2014, 09h34
    0
    0

    Mas e a fiscalização do governo? não tem engenheiro aí para dizer se a obra tem qualidade ou não?!!!

  • joaoderondonopolis | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 22h35
    1
    0

    As obras para a copa do mundo em Cuiabá é o maior estelionato. O Ministério Público Estadual e Federal deve requerer na justiça a indisponibilidade de bens do governador para possíveis reparação de danos ao contribuinte com estas obras meia boca.

  • catarina souza | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 21h46
    1
    0

    Em termos práticos, qual o resultado que se atingirá com esse relatório? O que os senhores deputados farão realmente para corrigir a falta de qualidade das obras, anomalias estruturais, os gastos desnecessários e descabidos feitos até agora? Quais desculpas o Secretário Pinóquio vai dar desta vez?

  • JUCA DO PEDREGAL | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 20h46
    0
    0

    GOVERNADOR SILVAL, OU O SR. TOMA UMA MEDIDA ENÉRGICA CONTRA ESSAS EMPREITEIRAS ESQUECENDO QUE SEUS PROPRIETÁRIOS SÃO OS MAIORES FINANCIADORES DE CAMPANHAS POLÍTICAS, OU SEU GOVERNO SERÁ CATASTRÓFICO, MESMO COM AS OBRAS "REALIZADAS". QUEM AVISA AMIGO É!

  • Gean | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 20h09
    2
    0

    Vai faltar presídio quando acabar esta Copa em MT, desde os cargos bem maiores aos peixinhos, todos já estão sendo bem acompanhados, muitos "erros" que não são mais "corrigíveis", mas uma bela aposentadoria para o resto da vida, muitos empreiteiros e outros pseudo profissionais engordarão a lista de Schindler do mal!!!

  • Lucas de Biasi | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 19h39
    0
    0

    Sabe quando as empresas "responsáveis" (?) irão consertar as "obras"? (aqui no sentido que o cuiabano fala daquela coisa que se faz no banheiro) NUNCA , NUNCA, NUNCA. Somos todos trouxas, manipulados por essa tchurma que tá aí. Os políticos e empreiteiros se entendem e o povo que se lasque.

  • Zé Poxoréo | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2014, 15h14
    1
    0

    Essas obras da Copa já passaram da hora de se tornar caso de policia! É inadmissível o fato das falhas serem evidentes aos olhos da população e o governo teimar em tapar o sol com a peneira. Ao contrário do que o tal Deputado Romualdo pensa, não adianta entupir a cidade de "obras" sem qualidade, principalmente pagando o preço que a sociedade está pagando em todos os sentidos, transtornos e endividamento do Estado. Aliás, até agora não uma unica obra se que que foi entregue com qualidade. Nenhuma!

MDB em clima de racha em Tangará

joao jose 400 curtinha   Em Tangará da Serra, o MDB enfrenta racha. O prefeito Fabio Junqueira, com apoio de filiados históricos, quer lançar à sucessão municipal o seu secretário de Infraestrutura e antigo gestor do Serviço de Água e Esgoto, Wesley Lopes Torres, sobrinho do ex-vereador Daniel...

Advogados disputam cadeira no TJ-MT

andre pozetti 400 curtinha   É extensa a lista de advogados que estão se movimentando, nos bastidores, para a cadeira vitalícia de desembargador do Tribunal de Justiça, sob indicação do Quinto Constitucional da OAB/MT. Caberá ao Colégio de Conselheiros da Ordem, composto por 33 advogados,...

Max insiste em ficar na 1ª Secretaria

max russi 400 curtinha   Max Russi (foto) ainda não desistiu de continuar na Primeira-Secretaria na próxima Mesa Diretora, mas, como possui menos apoio do que a emedebista Janaina Riva, deve mesmo ocupar outro posto, o de primeiro-vice-presidente. A eleição, que marcará a reeleição de Botelho na...

Deputados criticam membros da CCJ

elizeu nascimento 400 curtinha   Membros da CCJ da Assembleia, especialmente o presidente e o vice, respectivamente, Dilmar Dal Bosco e Sebastião Rezende, foram bastante criticados pelos colegas em sessão nesta quarta. Deputados como Thiago Silva, Wilson Santos e Elizeu Nascimento (foto) disseram que a Comissão, uma das mais...

Testemunhas pra protelar investigação

camila silva 400 curtinha   Os vereadores poconeanos Camila Silva (foto), do PP, e Ademir Zulli (PTB) usaram de uma estratégia jurídica para protelar, ao máximo, a conclusão dos trabalhos da recém-criada Comissão de Investigação e Processantes (CIP) para apurar denúncia de quebra de...

Luta de Misael e asfalto no Despraiado

misael galvao curtinha 400   O presidente da Câmara da Capital, Misael Galvão (foto), está comemorando uma vitória suada: a retomada das obras de pavimentação em toda extensão das ruas Afonso Pena e Oswaldo Correa, no bairro Despraiado. Ele fez várias indicações para...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.