COPA-2014

Sábado, 28 de Março de 2015, 09h:13 | Atualizado: 18/09/2015, 11h:08

Consórcio VLT já foi notificado sobre bloqueio judicial de R$ 300 milhões

O Consórcio VLT, formado pelas empresas CR Almeida, Santa Bárbara, CAF, Magna e Astep, confirmou que foi notificado nesta sexta (27) pela Justiça Federal sobre o bloqueio de R$ 300 milhões feito nas contas das empreiteiras. O valor corresponderia à diferença do que já foi pago pelo Governo do Estado e o que efetivamente executado, constatação alvo de denúncia da Controladoria Geral do Estado no início do mês e que também é objeto de investigação no Palácio Paiaguás.

Ainda sobre a situação, o consórcio informou que ainda não teve acesso aos autos e que agora cabe à assessoria jurídica analisar o teor do processo para então se manifestar se deve recorrer da decisão, que teria atendido o pedido de uma ação civil pública movida em conjunto pelo Ministério Público Estadual (MPE), Ministério Público Federal (MPF) e Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

Além do bloqueio, a juíza Vanessa Perenha Gasques determinou a suspensão dos prazos do contrato entre o Estado e o Consórcio, que finda no dia 30 deste mês. Novas garantias e seguros devem ter vigência mínima de um ano e seu descumprimento pode acarretar em bloqueio de até 5% do valor atualizado do contrato, que giraria em torno de R$ 76 milhões.

A necessidade de conservação dos vagões, trilhos e sistemas tecnológicos também foi apontada na decisão, que pode culminar em multa de R$ 100 mil ao dia, caso seja desrespeitada.

A obra do Veículo Leve sobre Trilhos já custou aos cofres públicos cerca de R$ 1,06 bilhão. O custo total do projeto, contratado por meio do Regime Diferenciado de Contratação, foi orçado em R$ 1,4 bilhão. O prazo de entrega “expirou” em junho de 2014.

Justiça Federal bloqueia R$ 300 mi do Consórcio VLT após denúncia da CGE

Galeria de Fotos

Credito:

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

Prefeito, efeito pandemia e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Mesmo com o poderio da máquina, considerada preponderante para cooptar partidos e aliados por causa da oferta de cargos e do assistencialismo, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, terceira em população e segunda no ranking da economia estadual, terá muitos...

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.