COPA-2014

Segunda-Feira, 12 de Janeiro de 2015, 15h:50 | Atualizado: 12/01/2015, 16h:15

Herança

Governo classifica abandono do COT como “grave” e busca solução até 6ª

Gilberto Leite/Rdnews

gustavo oliveira (6).JPG

Secretário Gustavo Oliveira prepara diagnóstico sobre obras da Copa do Mundo

O governador Pedro Taques (PDT) determinou que o Gabinete de Projetos Estratégicos da Casa Civil conclua até a próxima sexta (16) a análise dos encaminhamentos necessários para conclusão do Centro Oficial de Treinamento (COT) da Barra do Pari, em Várzea Grande. O prazo inicial encerrava em 30 de janeiro, mas o pedetista pediu celeridade nos trabalhos diante da situação de abandono da obra orçada em R$ 25,5 milhões, que deveria ter sido concluída em maio do ano passado. Neste domingo (11) o Rdnews trouxe uma matéria, com fotos, sobre a situação - saiba mais aqui.

Segundo o secretário estadual de Projetos Estratégicos, Gustavo Oliveira, responsável pelas providências relacionadas às obras da Copa, a equipe técnica está priorizando a definição da estratégia para concluir o COT do Pari. “Eu fui verificar a situação pessoalmente em 3 de janeiro, logo que assumi a função. Realmente é grave. Precisamos evitar que o desperdício de dinheiro público seja ainda maior”, declarou. 

Gustavo também informou que, após a conclusão das análises técnicas, a primeira providência será a realização de audiência pública para expor à sociedade a real situação física e financeira do COT do Pari e das outras obras inacabadas. Em seguida, o Governo pretende procurar as empreiteiras responsáveis para avaliar a viabilidade financeira da continuidade dos trabalhos. 

“Os contratos todos suspensos por decreto do governador. A condição para renegociá-los e a elaboração de cronogramas factíveis. Não vamos assinar aditivos sem a possibilidade de cumprimento no prazo estabelecido”, completou Gustavo Oliveira. 

Gabinete de Projetos herda sede da Secopa e as obras não concluídas

Para o secretário de Projetos Estratégicos, o sucesso da retomada das obras também depende do “diálogo sincero” com os contratados. Conforme Gustavo, o Governo necessita de informações precisas para tomar as decisões capazes de contemplar todos os setores envolvidos. “A sociedade quer as obras concluídas, as construtoras precisam receber pelos serviços executados e o Governo precisa viabilizar a continuidade dos trabalhos com qualidade e respeito pelo dinheiro público. Por isso, precisamos buscar soluções conjuntas”, concluiu.  

COT do Pari

 Oito meses após o vencimento do prazo de conclusão, o COT do Pari está completamente abandonada. Conforme mostrou  Rdnews, no local não existe sequer segurança para cuidar da estrutura que abrange 52 mil metros quadrados.Os 3 mil assentos flexíveis e dobráveis instalados no local estão ao relento. A cobertura que deveria protegê-los das intempéries foi instalada parcialmente.  

A estrutura lateral do campo, projetada para  abrigar sala de musculação, alojamento, lavanderia, setor administrativo, refeitório e restaurante, também está inacabada. Os espaços parcialmente construídos já apresentam infiltração, rachaduras e vidros quebrados.  O campo de  grama sintética está sendo tomada por ervas daninhas As salas de imprensa, cabines de transmissão, vestiários e camarotes  também se encontram inacabados.

O Consórcio Barra do Pari, formado pelas construtoras Engeglobal, Três Irmãos e Valor, é responsável pelas obras. Os R$ 25,5 milhões destinados são provenientes do Ministério dos Esportes, por meio da Caixa Econômica, e do governo estadual, sob responsabilidade da extinta Secopa.

Obra do COT do Pari abandonada e com as 3 mil cadeiras sem cobertura

Galeria de Fotos

Credito: Foto: Romilson Dourado
Estrutura do COT do Pari vista do lado de fora
Credito: Foto: Romilson Dourado
Placa com informações sobre a obra está jogada na entrada
Credito: Foto: Romilson Dourado
Placa traz informações sobre custo, fontes de recursos, início e previsão do término da obra do COT do Pari
Credito: Foto: Romilson Dourado
Placa caída com informações sobre a obra do COT do Pari
Credito: Foto: Romilson Dourado
Mesmo sem cobertura, assentos foram instalados no COT do Pari
Credito: Foto: Romilson Dourado
Placa indica que a Engeglobal é uma das responsáveis pela obra do COT do Pari

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • estevan | Terça-Feira, 13 de Janeiro de 2015, 09h28
    2
    2

    Secretario...esta obra não terá relevância alguma para a sociedade...o que deve ser feito é a abertura de processo administrativo em desfavor do fiscal deste contrato e solicitar o ressarcimento aos cofres públicos dos servidores envolvidos neste desperdício...bem como punir as construtoras por inexecução do contrato.

  • Hewerton Marcelus | Segunda-Feira, 12 de Janeiro de 2015, 16h17
    0
    0

    Hewerton Marcelus, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Pai e filho pré-candidatos em Poconé

henrique santos 400 curtinha pocone   Em Poconé, pai e filho estão animados para o teste das urnas deste ano. Um a prefeito e, outro, para vereador. Euclides Santos, que já foi vereador (89/92) e prefeito por duas vezes (93/96 e 2001/2004), além de secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos em...

Expectativa de tocar a Cultura de MT

paulo traven 400 curtinha   Um dos três adjuntos da pasta de Cultura, Esporte e Lazer do Estado, José Paulo da Mota Traven (foto) vem se articulando para assumir de forma efetiva o comando da secretaria. Ele conta com apoio de alguns membros do staff, como do secretário de Governo, Alberto (Beto) Machado. O governador...

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.