Judiciário

Quinta-Feira, 01 de Agosto de 2019, 16h:32 | Atualizado: 01/08/2019, 19h:43

PGR aponta risco ao processo e pede que Sérgio Ricardo continue afastado do TCE

Gilberto Leite/Arquivo

sergio ricardo_gilberto leite (17).JPG

Conselheiro afastado Sérgio Ricardo está fora do TCE há mais de 2 anos e tem parecer contrário a sua volta ao cargo

A subprocuradora-geral da República Denise Vinci Tulio deu parecer contrário a um pedido de retorno ao cargo do conselheiro afastado Sérgio Ricardo, do Tribunal de Contas (TCE). Para Procuradoria-Geral da República (PGR), uma eventual volta do conselheiro traria risco ao andamento da ação civil que apura o caso da suposta compra da vaga.

O conselheiro foi afastado pela primeira vez em janeiro de 2017 em uma ação civil movida pelo Ministério Público Estadual (MPE). Ele recorreu ao Tribunal de Justiça e depois ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde o recurso recebeu parecer negativo da PGR na terça (30). O recurso está sob relatoria do ministro Mauro Campbell Marques.

Sérgio Ricardo ainda teve outra decisão de afastamento determinado pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), na Operação Malebolge, 12ª fase da Ararath, em setembro de 2017. Mesmo que o STJ aceite o recurso, o conselheiro seguiria fora do cargo pela decisão de Fux.

A investigação aponta que Sérgio Ricardo, os ex-conselheiros Alencar Soares Filho e Humberto Bosaipo, o ex-senador Blairo Maggi (PP), o ex-secretário Eder Moraes, o ex-deputado José Riva, o ex-governador Silval Barbosa, o filho de Alencar Soares, Leandro Soares, e o empresário Júnior Mendonça teriam atuado para comprar a vaga no TCE com dinheiro de corrupção. Na decisão que afastou Sérgio Ricardo, a Justiça também bloqueou R$ 4 milhões das contas dos envolvidos.

“De fato, irretocável o posicionamento da Corte Local. A uma, porque a permanência do Conselheiro pode significar a nulidade de diversos atos por ele praticados; assim, o afastamento sustenta-se no poder geral de cautela do magistrado ante o risco à ordem pública. A duas, porque a preservação do cargo significa a interferência imediata em todo o conjunto fático que aparelha o Tribunal de Contas e pode ser facilmente alterado, suprimido ou erradicado pela influência daquele que detém um dos maiores cargos do órgão fiscalizador. Ou seja, é inadmissível a permanência do agente público enquanto perdurar a instrução processual, pois a sua mera presença é capaz de contaminar atos futuros e passados”, escreveu a subprocuradora no parecer.

A PGR lembra dois casos, supostamente ocorridos em junho de 2017, em que Sérgio Ricardo teria constrangido servidores do TCE. Em uma das ocasiões, o conselheiro interino João Batista Camargo Júnior afirma que o conselheiro afastado teria tentado intervir em atos de funcionários de seu ex-gabinete.

“Assim, seja por risco de lesão à ordem pública ou por risco à instrução do processo, deve ser mantido o afastamento”, diz a PGR.

Reprodução

Print Parecer PGR Sergio Ricardo

Fac-símile de trecho do parecer da subprocuradora-geral da República Denise Vinci Tulio, que defende permanência de Sérgio Ricardo fora do cargo no TCE

O conselheiro também tentava afastar a competência do juiz Luis Aparecido Bortolussi Júnior, então na Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, para determinar seu afastamento. Uma outra ação civil, sob outro magistrado, é movida para anular a nomeação e a posse de Sérgio Ricardo no TCE, também pela compra da vaga. A PGR concordou com o entendimento do Tribunal de Justiça de Mato Grosso de que se trata de ações sem conexão direta.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • JJ | Quinta-Feira, 01 de Agosto de 2019, 18h17
    2
    0

    O PIOR QUE ESTA RECEBENDO SALARIO INTEGRAL, QUEM NÃO QUERIA UM AFASTAMENTO DESSE, BRINCADEIRA!, SE FOSSE UM POLICIAL MILITAR E OU UM PROFESSOR, ESTAVA EXPLUSO!

Matéria(s) relacionada(s):

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

Uma candidatura jovem na chapa

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) assegurou neste domingo que não definiu ainda os dois suplentes de sua futura chapa ao Senado. Sobre Sachetti, observou que trata-se de um parceiro e amigo e que está pronto para ajudar no projeto, sem fazer imposição para assumir suplência, assim como o...

Rei da soja incentiva Fávaro ao Senado

erai maggi 400 curtinha   O ex-vice-governador Carlos Fávaro não mantém o silêncio à toa. Embora tenha sido o terceiro mais votado em 2018 - por pouco não fica com a vaga ocupada hoje pelo senador Jayme Campos -, Fávaro está enfrentando uma série de dificuldades para se viabilizar de...

Professor terá desempenho avaliado

marioneide 400 curtinha   Professores da rede pública estadual agora vão passar por avaliação de desempenho tanto para fins de progressão funcional quanto para atender a uma série de novas exigências. A secretária de Educação, professora Marioneide Kliemaschewsk (foto), já...

O pinóquio de antes, o aliado de hoje

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), hoje deputado pelo quarto mandato, está levando porrete de todo lado pela decisão de entrar na base do Governo Mauro Mendes, seu então adversário político dos últimos 15 anos. Ambos, que se enfrentaram nas urnas duas vezes, uma a prefeito e outra para...

França, convite do Pode e suspense

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto), que exerceu vários mandatos eletivos, entre eles de vereador e de prefeito de Cuiabá, ficou empolgado com o convite para se filiar ao Podemos, inclusive com abertura para concorrer novamente ao Palácio Alencastro. Para evitar conflitos, antes de fazê-lo, o...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.