Judiciário

Quinta-Feira, 01 de Agosto de 2019, 16h:32 | Atualizado: 01/08/2019, 19h:43

PGR aponta risco ao processo e pede que Sérgio Ricardo continue afastado do TCE

Gilberto Leite/Arquivo

sergio ricardo_gilberto leite (17).JPG

Conselheiro afastado Sérgio Ricardo está fora do TCE há mais de 2 anos e tem parecer contrário a sua volta ao cargo

A subprocuradora-geral da República Denise Vinci Tulio deu parecer contrário a um pedido de retorno ao cargo do conselheiro afastado Sérgio Ricardo, do Tribunal de Contas (TCE). Para Procuradoria-Geral da República (PGR), uma eventual volta do conselheiro traria risco ao andamento da ação civil que apura o caso da suposta compra da vaga.

O conselheiro foi afastado pela primeira vez em janeiro de 2017 em uma ação civil movida pelo Ministério Público Estadual (MPE). Ele recorreu ao Tribunal de Justiça e depois ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde o recurso recebeu parecer negativo da PGR na terça (30). O recurso está sob relatoria do ministro Mauro Campbell Marques.

Sérgio Ricardo ainda teve outra decisão de afastamento determinado pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), na Operação Malebolge, 12ª fase da Ararath, em setembro de 2017. Mesmo que o STJ aceite o recurso, o conselheiro seguiria fora do cargo pela decisão de Fux.

A investigação aponta que Sérgio Ricardo, os ex-conselheiros Alencar Soares Filho e Humberto Bosaipo, o ex-senador Blairo Maggi (PP), o ex-secretário Eder Moraes, o ex-deputado José Riva, o ex-governador Silval Barbosa, o filho de Alencar Soares, Leandro Soares, e o empresário Júnior Mendonça teriam atuado para comprar a vaga no TCE com dinheiro de corrupção. Na decisão que afastou Sérgio Ricardo, a Justiça também bloqueou R$ 4 milhões das contas dos envolvidos.

“De fato, irretocável o posicionamento da Corte Local. A uma, porque a permanência do Conselheiro pode significar a nulidade de diversos atos por ele praticados; assim, o afastamento sustenta-se no poder geral de cautela do magistrado ante o risco à ordem pública. A duas, porque a preservação do cargo significa a interferência imediata em todo o conjunto fático que aparelha o Tribunal de Contas e pode ser facilmente alterado, suprimido ou erradicado pela influência daquele que detém um dos maiores cargos do órgão fiscalizador. Ou seja, é inadmissível a permanência do agente público enquanto perdurar a instrução processual, pois a sua mera presença é capaz de contaminar atos futuros e passados”, escreveu a subprocuradora no parecer.

A PGR lembra dois casos, supostamente ocorridos em junho de 2017, em que Sérgio Ricardo teria constrangido servidores do TCE. Em uma das ocasiões, o conselheiro interino João Batista Camargo Júnior afirma que o conselheiro afastado teria tentado intervir em atos de funcionários de seu ex-gabinete.

“Assim, seja por risco de lesão à ordem pública ou por risco à instrução do processo, deve ser mantido o afastamento”, diz a PGR.

Reprodução

Print Parecer PGR Sergio Ricardo

Fac-símile de trecho do parecer da subprocuradora-geral da República Denise Vinci Tulio, que defende permanência de Sérgio Ricardo fora do cargo no TCE

O conselheiro também tentava afastar a competência do juiz Luis Aparecido Bortolussi Júnior, então na Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, para determinar seu afastamento. Uma outra ação civil, sob outro magistrado, é movida para anular a nomeação e a posse de Sérgio Ricardo no TCE, também pela compra da vaga. A PGR concordou com o entendimento do Tribunal de Justiça de Mato Grosso de que se trata de ações sem conexão direta.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • JJ | Quinta-Feira, 01 de Agosto de 2019, 18h17
    2
    0

    O PIOR QUE ESTA RECEBENDO SALARIO INTEGRAL, QUEM NÃO QUERIA UM AFASTAMENTO DESSE, BRINCADEIRA!, SE FOSSE UM POLICIAL MILITAR E OU UM PROFESSOR, ESTAVA EXPLUSO!

Matéria(s) relacionada(s):

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

Selma vê maior conforto no Podemos

selma curtinha 400   No grupo de WhatsApp "PSL Mulher MT", Selma Arruda (foto) escreveu um texto de despedida do partido. Disse estar chateada "com tudo isso", mas que não perdeu a fé e que o Governo Bolsonaro vai dar certo. Afirma sair do PSL com "coração partido" e que continua com os mesmos ideais no Podemos, onde...

Podemos esperando Selma se salvar

alvarodias_curtinhas   Na busca para ampliar a bancada do Podemos no Senado, o senador Alvaro Dias, derrotado à presidência no ano passado, só correu atrás de Selma, no sentido de convencê-la a se filiar no partido, depois que foi informado que ela tem chances reais de derrubar no TSE a cassação por...

Fávaro e esperança em assumir vaga

carlosfavaro_curtinha   O representante do escritório de MT em Brasília Carlos Fávaro (PSD) está convicto de que a senadora Selma não só será cassada de vez pelo TSE nos próximos meses, como a decisão da Corte lhe permitirá assumir a vaga enquanto não for eleito um novo...

Maturidade e nova visão sobre o TCE

janaina_riva_curtinha   No segundo mandato e sentindo-se mais madura politicamente, apesar de ainda bem jovem – completou 30 anos em 21 de janeiro – a deputada Janaína Riva revela que pensa diferente sobre a indicação de políticos ao cargo de conselheiro do TCE. Ao autorizar os colegas a derrubar a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.