RAIO-X DA EDUCAÇÃO

Sexta-Feira, 14 de Março de 2014, 07h:02 | Atualizado: 14/03/2014, 08h:42

Unemat e UFMT têm mais de 37 mil alunos e oferecem 145 cursos em MT


Reportagem Especial

Mário Okamura

faculdades_500

MT tem 2 universidades públicas. Elas atentem a 37.368 alunos que estão distribuídos pelo Estado

No quesito universidades públicas, Mato Grosso possui duas: A UFMT, federal, e a Unemat, estadual. Os campi de ambas se fazem presentes em quase todas as regiões. A UFMT tem sede em Cuiabá e campus em Rondonópolis, Sinop e Araguaia, que é dividido em duas unidades, uma em Pontal do Araguaia e outra em Barra do Garças. No momento, a Unidade II da Capital é construído e, a partir desse ano, começarão as obras de um campus em Várzea Grande. Já a Unemat possui treze campi: Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Diamantino, Juara, Luciara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra.

A universidade federal oferece 97 cursos, sendo o mais procurado medicina. No Sisu 2014, ainda em fase de chamadas, foram oferecidas 5.408 vagas,  metade em Cuiabá. Na Capital há um curso novo, licenciatura em Letras - Habilitação em Língua Brasileira de Sinais (Libras), com 40 vagas. Para Sinop e Rondonópolis há o curso de Medicina com 60 vagas e 40 vagas, respectivamente.  Para o de Várzea Grande serão ofertados os cursos de Engenharia de Computação; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Minas; Engenharia de Transportes e Engenharia Química.

A Unemat, por sua vez, possui 48 cursos, sendo a maior parte deles em Cáceres. As universidades apresentam muitas vagas para a população. Dados recentes da Unemat mostram que ela possui 18 mil alunos matriculados e a UFMT 19.388, sendo quase metade desse número em Cuiabá, mais de 9.500. Do total da instituição federal, 1.642 estudantes são de cursos à distância. Criada em 1992, essa modalidade consistia inicialmente em licenciatura à distância visando atender professores sem formação em nível superior. Foi à primeira instituição do país com esse tipo de curso e se tornou referência. Depois, foram acrescentados pedagogia, administração, ciências e matemática. Na UFMT a atual política de gestão oferece na modalidade à distância cursos de graduação, de pós-graduação Lato Sensu, de aperfeiçoamento e de extensão, com mais de cinco mil estudantes matriculados em trinta e um pólos de apoio.

Contando mestrado, doutorado e dinter (doutorados interinstitucionais) e a pós-graduação, a UFMT oferece 58 cursos, nos quais estão matriculados 1.423 alunos em mestrado e 314 em doutorado. A Unemat possui cursos de especialização lato sensu em 26 modalidades.

O orçamento anual para a Fundação Universidade Federal de Mato Grosso, conforme a Lei Orçamentária Anual é mais de R$ 646,5 milhões. Desse total, mais de R$ 460,4 milhões vão para a folha de pagamento, correspondendo a 71,20% do total. Hoje a instituição possui 1.667 docentes e 1.544 técnicos. Do valor restante, R$ 334,6 milhões são encaminhados para pagamento de ativos e R$ 125,7 milhões para aposentados e pensionistas. Esse recurso é gerido diretamente pelo ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.  

Como a Unemat é estadual, 2,5% da receita corrente líquida de MT vai para o orçamento da universidade, que chega a R$ 225 milhões. Desse valor, R$ 170 milhões, 75%, são destinados ao pagamento dos salários dos 1.650 funcionários, sendo mil docentes e 650 técnicos.

Galeria de Fotos

Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle
Credito: Davi Valle

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...