COPA-2014

Domingo, 09 de Março de 2014, 17h:15 | Atualizado: 09/03/2014, 17h:18

COPA 2014

Por atraso, seleções que vão jogar na Arena devem treinar fora do Estado

Davi Valle/Rdnews

01-montagem-cot-ufmt-pari.jpg

Os dois Centros de Treinamento Oficiais, em Cuiabá e VG, correm o risco de não receber as seleções

O secretário de Esporte e Lazer de Várzea Grande, Cidomar de Arruda, afirma que, até agora, somente a seleção do Japão se mostrou interessada em utilizar o Centro de Treinamento Oficial do Pari, durante o período que estiver em Cuiabá para enfrentar a Colômbia, na Arena Pantanal. “As conversas estão bem adiantadas”.

Os demais times que jogarão, sendo Chile x Austrália, Rússia x Coreia do Sul, e Nigéria x Bósnia-Herzegovina, ainda não definiram o local de treinamento. Outra opção é o Centro de Treinamento Oficial da UFMT. Nos bastidores, no entanto, a informação é que nenhuma destas seleções se interessaram em treinar nos COT´s.

Caso as obras não estejam prontas antes do prazo estabelecido, as delegações estudam um plano B para o treinamento em Estados vizinhos, como Campo Grande e Goiânia. Mas antes de bater o martelo, representantes destas seis seleções devem vir a Mato Grosso, no início de abril, a fim de fazer novas vistorias e garantir que os COT´s ficarão prontos.

O receio na escolha dos COT´s, segundo Cidomar, é falta de garantia de que os locais estarão prontos. A previsão de entrega é em maio. As delegações, contudo, querem que este prazo seja confirmado até início de abril. A Secopa, por sua vez, assegura a finalização das obras até o mês proposto.

COT do Pari

O COT do Pari teve sua obra iniciada em outubro de 2012, ao custo superior a R$ 25,5 milhões. Até agora foram aditivados mais de R$ 1,3 milhão. O empreendimento terá uma área total de 52 mil metros quadrados e 250 vagas de estacionamento. O local contará ainda com salas de imprensa, cabine de transmissão, vestiários, camarotes, lounge, sala de musculação, sala de fisioterapia, alojamentos, lavanderia, cozinha, refeitório e restaurante. 

Após a realização dos jogos da Copa, o Centro de Treinamento será entregue à Prefeitura de Várzea Grande. Cidomar destaca que o COT, com capacidade para 3,5 mil torcedores, servirá como estádio para jogos das equipes de futebol do município. Outra possibilidade é a realização de eventos para manter a manutenção do local. “Estamos elaborando um estudo estratégico para saber a melhor forma de utilizar o COT” explica.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Zé Poxoréo | Segunda-Feira, 10 de Março de 2014, 15h48
    0
    2

    Para evitarmos a vergonha anunciada como certa acho que seria bem mais bonito cancelar logo essa tal de Copa do Mundo! Já está mais do que claro que Cuiabá não terá a minima condição de abrigar esse evento!

  • mari | Segunda-Feira, 10 de Março de 2014, 12h14
    0
    3

    olá vamos ajuda-lo a dar opiniões . Sem união não chegaremos a lugar nenhum.´Se a Copa fosse no Estado de MS,teria criticas tbm.Primeiro o Ex- govenador Blairo se empenhou em traze-lo. Só que a Fifa deveria saber que MT, pode ser que não tenha condições em algumas coisas. mas que ganha de MS, não tem um Pantanal melhor do que do MT. Somos ricos em água, montanhas, animais, pousadas,Pecuária, etc, Enfim fica este povo de MS, torcendo para não dar certo, mas vai dar sim. O mundo não foi feito em um dia só. Porquê o MS não diz que tem algumas empresas aqui correndo para poder matar sua fome. Tem empresa aqui que ganhou licitações e não está executando o que tem para fazer.Achando que vai fazer o que quer. Aqui não é bagunçado não. Vai acontecer de várias obras não estarem prontas mesmo, mas quando estiver todas prontas Cuiabá vai dar de mil a zero em MS esta cidade que tanta fala mal de Cuiabá.Vai crescer para falar de Cuiabá.

  • JULIANO MILESQUI | Segunda-Feira, 10 de Março de 2014, 08h10
    1
    2

    Governo do Estado do Mato Grosso, por favor, não deixe estas seleções treinarem fora de nosso estado, caso não fique pronta as obras, ofereçam as opções que temos no estado, tragam estas seleções para treinarem em Sinop que tem um estádio pronto, aeroporto para facilitar o transporte das seleções e estrutura para receber estas delegações. Levem para Rondonópolis que também tem estrutura adequada, mas não façam nosso estado passar por essa vergonha de ter de treinar em outro estado e disputar os jogos oficiais em Cuiabá. Vocês também devem representar o interior do estado, mas até então tudo que vemos é investimento para a capital do estado e cidades vizinhas, por gentileza olhem também para a região Norte do estado.

  • Emerson | Segunda-Feira, 10 de Março de 2014, 04h14
    3
    1

    Os COTs ficarão para depois da Copa. As seleções estrangeiras já tem pouso e treinamento programados: CHILE - Belo Horizonte-MG, AUSTRÁLIA - Vitória-ES, RÚSSIA - Itú-SP, CORÉIA DO SUL - Foz do Iguaçu-PR, NIGÉRIA - Campinas-SP, BÓSNIA - Guarujá-SP, JAPÃO - Itú-SP e COLOMBIA - Cotia-SP e, ainda por final, muitos dos turistas que tem pacotes da Copa do Pantanal, ficarão hospedados em CAMPO GRANDE-MS e vão visitar o Pantanal em BONITO-MS para depois assistir o jogo em Cuiabá. Tudo isso pela falta de planejamento que deveria ocorrer desde 4 anos atrás.

  • Hewerton | Domingo, 09 de Março de 2014, 20h58
    5
    1

    Vergonhoso! É MUITA INCOMPETÊNCIA, Faltou gestão, planejamento, seriedade e MORALIDADE PÚBLICA. O pior é que os recursos são federais. UMA VERGONHA! GOVERNO BISONHO!!!

  • marcos | Domingo, 09 de Março de 2014, 19h53
    2
    1

    tem que abrir uma saida da ufmt pra a fernando correa direto , estamos indo e retornando pela entrada do bairro boa esperança. ,

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

"Cenário apocalíptico" e respiradores

z� do patio 400 curtinha   Um mês depois do escândalo sobre a compra e pagamento de quase R$ 4 milhões por 22 respiradores falsificados, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, tomou duas decisões, mas nenhuma delas no sentido de investigar eventuais falhas de servidor da...

Binotti, a popularidade e a oposição

luiz binotti 400 curtinha   O grupo político do hoje vice-governador Otaviano Pivetta, que comandou Lucas do Rio Verde por mais de duas décadas, terá dificuldades para reconquistar o comando local no pleito deste ano. O pré-candidato Marino Franz, que foi vice de Pivetta e depois prefeito, será o...

Um mês no Senado e com um projeto

carlos favaro 400 curtinha   Em um mês como senador, Carlos Fávaro (foto), oficialmente com 12 assessores, por enquanto, fez dois pronunciamentos da tribuna, não atua na relatoria de nenhuma propositura e apresentou um projeto, justamente o que pede socorro financeiro a um dos setores do agronegócio, o algodoeiro. Na...

Desagregador luta pra retornar à Ager

fabio calmon 400   Fábio Calmon (foto), que foi adjunto da Sinfra no Governo Taques e depois nomeado presidente da Ager-MT, não desiste da Agência, mesmo sabendo que ali se tornou uma pessoa non grata por uma série de situações. Foi carimbado de incompetente, burocrata, arrogante e desagregador. O governador...

Oportunismo e na defesa de Bolsonaro

niuan ribeiro curtinha 400   Niuan Ribeiro (foto), presidente do Podemos em MT, agora virou defensor do Governo Bolsonaro. Eis o que o vice-prefeito de Cuiabá escreveu no Instagram, em postagem acompanhada de sua foto, sobre o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril que expôs várias faces do governo. "Apesar...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.