Shows

Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 07h:45 | Atualizado: 23/04/2017, 09h:00

Banda Velhos Jovens encanta com blues cantado em português conheça


De Rondonópolis

Divulgação

Velhos Jovens

Os caras do Velhos Jovens amam rock desde a infância. Desde 2007, resolveram tornar isso algo sério

Em 2004 dois amigos de faculdade com gostos musicais parecidos, Vinícius Rangel da Costa, 32 anos, e Emanuel José dos Santos, 36 anos, se uniram para fazer um som juntos.

Sem pretensão, tocavam em casa e até em um celeiro no sítio de Emanuel, o Manu. Depois de várias formações, em 2007, conheceram Felipe Cézar, 26 anos, e começaram a levar o que era um passatempo como algo mais sério. Surgiu aí a formação atual da banda Velhos Jovens.

Buscando espaço com som autoral, o Velhos Jovens lançou em 2015 seu primeiro DVD, uma produção própria, em parceria com o Sesc de Rondonópolis.

Centro-Oeste Blues é cantado em português. A inspiração, segundo Vinícius, vem de Celso Blues Boy, no que diz respeito às letras cantadas na língua portuguesa. “Ele é a inspiração para fazer encaixar o português na melodia blues americana”, acrescenta Felipe.

Nas letras da banda sempre há algo autobiográfico, como conta Felipe. “Carro prateado, por exemplo, é o carro do Manu”, relata, sobre a música do DVD de 2015, que conta com o primeiro single do trio, gravado em 2008, mas que teve a letra alterada.

Entretanto, para chegar até o DVD um longo caminho foi percorrido. A partir de ensaios em locais improvisados, com equipamentos usados com criatividade, a banda foi criando seus espaços. “Chegamos a usar cabo de vassoura para colocar o microfone porque não tínhamos um pedestal”, diz Felipe.

Divulgação

WhatsApp Image 2017-04-20 at 10.27.57.jpeg

Velhos Jovens, como toda banda independente, já passaram perrengues como não ter nem pedestal

Das primeiras apresentações em festas pequenas, os Velhos Jovens saíram de Rondonópolis e tocaram em Cuiabá, outras cidades de Mato Grosso e São Paulo. Mas ainda esperam alçar voos mais altos.

Enquanto isso, nos shows buscam dar destaque às músicas autorais, mesmo que o cover esteja presente. “Não tem tanto espaço para som autoral, infelizmente. Geralmente nos shows temos que mesclar nossas músicas com covers”, explica Manu. “É bem mais emocionante tocar sua própria música. Não tem comparação. É um filho seu”, complementa Felipe.

Nos covers, a banda toca de Pink Floyd, Jimi Hendrix e Eric Clapton a Tim Maia. “Tocamos o que gostamos, mas sempre mesclamos os covers com nossa música para o público ir se acostumando com o nosso som autoral”, ressalta Vinícius.

 

Manu destaca que em Rondonópolis as dificuldades para gravar são grandes. “Faltam boas equipes para gravar seu áudio, o orçamento é alto e falta patrocínio, o público muitas vezes não abraça a ideia e as rádios não tocam a sua música”, relata Manu.

Segundo Vinícius, também há um problema com a falta de oferta de bandas autorais na cidade e isso faz com que não se crie uma maior demanda. “Quanto mais bandas autorais existirem, mais demanda se cria, é uma questão de se formar um nicho no mercado, um público”.

Celso Blues Boy é a inspiração para cantar em português

Para gravar o DVD, os três economizaram cachês por um ano e conseguiram apoio financeiro de apenas duas empresas. Mas contaram com apoio de algumas casas de shows e festivais que abriram as portas para as apresentações da banda.

 

Mesmo com dificuldades vêm novidades por aí. A promessa é lançar ainda este ano, mais cinco novas músicas. “Já está planejado”, finaliza Felipe.

Galeria de Fotos

Credito: Divuilgação
Em 2007 surgiu a formação atual da banda Velhos Jovens.
Credito: Divuilgação
Velhos Jovens lançou em 2015 seu primeiro DVD
Credito: Divuilgação
Centro-Oeste Blues é cantado em português
Credito: Divuilgação
Banda Velhos Jovens encanta
Credito: Divuilgação
Centro-Oeste Blues é cantado em português
Credito: Divulgação
Os caras do Velhos Jovens amam rock desde a infância. Desde 2007, resolveram tornar isso profissional

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • LOURIVAL | Domingo, 23 de Abril de 2017, 07h38
    0
    0

    EU GOSTARIA MUITO DE CONHECER A MÚSICA DELES! ONDE ENCONTRAR O DVD?

  • Velhos Jovens | Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 11h55
    0
    0

    Mto boa a materia!! Os Velhos Jovens agtadecem!! Sensacional!!!

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.