Shows

Sexta-Feira, 30 de Junho de 2017, 08h:33 | Atualizado: 03/07/2017, 16h:13

Música

Dupla Hernán & Antonio encanta noite com repertório de música latina conheça

Os músicos Hernán Ovejero e Antonio Olivar começaram a tocar ainda pequenos, no país onde nasceram, a Argentina. Em 2009, entretanto, a vida dos dois deu uma guinada, ao se conhecerem na cidade de Florianópolis (SC) como músicos e juntos começarem a fazer shows.

Formaram então a dupla Hernan & Antonio, com um repertório variado, mas fortemente centrado na paixão comum dos dois: a música latina tocada na guitarra espanhola (violão padrão ocidental, afinado em Sol).

Divulgação

Hernan e Antonio 22

Além da formação em dupla, Hernan & Antonio também tocam com banda em vários shows

Dentro desse gosto, há espaço para todo tipo de manifestação musical vinda dos países latino-americanos: Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai, Cuba e México. Passaram a fazer shows na noite e juntos gravaram o CD Salamanqueros, em 2015. Antes, em 1999, Hernán Ovejero havia gravado El Mago.

Em casa, a tradição musical, no caso de Ovejero, veio do tio, também violonista, com o apoio do pai, que lhe deu o primeiro violão de presente, ainda na infância. Cedo os dois caminharam pelo rumo do chamamé, da polca paraguaia, da guarânia e, claro, do tango argentino, além de outros ritmos tradicionais de lá.

“Mas tocamos de tudo, música cubana e mexicana também”. Perguntados se tocam somente com os dois violões ou se são acompanhados por banda, respondem de maneira simples e direta: “tocamos só os dois ou com banda, depende mesmo do contrato”, divertem-se.

Recentemente, gravaram um DVD diretamente ao vivo em Santa Catarina. São 32 canções, “com erro ou sem erro, não teve replique”. Ensaiaram bastante para não repetir nenhuma execução. Durante quase duas horas, um desfile de músicas folclóricas latinas quanto populares dos países do continente quanto espanholas.

O repertório cubano foi sendo incorporado ao longo dos anos na estrada, por causa das soluções sonoras típicas da ilha caribenha. Devido à vivência em Cuiabá, começaram a tocar também rasqueado, o mais cuiabano dos ritmos.

Eles tocaram durante quatro anos no restaurante mexicano El Pancho (além de vários outros bares da cidade que oferecem música ao vivo) e atualmente mantêm um dia fixo da semana (o sábado), no Armazém Marmur. Estão se preparando para passar uma temporada na Bahia, para uma série de shows. De lá, devem ir a Santa Catarina novamente, onde já têm um público tradicional para suas músicas.

Para contratá-los, basta mandar uma mensagem na página deles no Facebook.

Galeria de Fotos

Credito: Divulgação
Tio e sobrinho, Hernan & Antonio estão prestes a passar uma temporada na Bahia. De lá vão para Santa Catarina
Credito: Divulgação
Dupla Hernan & Antonio interagem com música latina feita na Argentina, Brasil, México ou Cuba e Caribe. Cruzam fronteiras
Credito: Divulgação
Além da formação em dupla, Hernan & Antonio também tocam com banda. "Depende do contrato", brincam
Credito: Divulgação
Os músicos argentinos Hernan Ovejero e Antonio Olivar também tocam em casa, para os amigos
Credito: Divulgação
Junto com o também violonista brasileiro Yamandu Costa, a dupla Hernan & Antonio não esconde a admiração
Credito: Divulgação
Cartaz de um dos shows da dupla realizado na Argentina
Credito: Divulgação
Depois de nove anos de carreira juntos, como dupla (separados, tocam desde sempre), Heran & Antonio começaram a interagir também com música mato-grossense. Frequentam programas locais do tipo|
Credito: Divulgação
Dupla de argentinos Hernan & Antonio ama a tradição musical de seu país tanto quanto da América Latina

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.