MIMOSO E RONDON

Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2014, 08h:01 | Atualizado: 14/02/2014, 01h:24

Foi feito sem planejamento maior, reclama prima de Marechal Rondon

Dona Tonica, aos 84 anos, vê Memorial condenado e lamenta falta de prioridade do governo


Enviada Especial a Mimoso

Fotos: Iara Rezende/Rdnews

dona tonica

Antônia Evangelista, a Dona Tonica, lembra museus em homenagem ao primo Rondon em outras regiões, menos em Mimoso

A comunidade de Mimoso se mostra triste com o Memorial Rondon inacabado. Para Antônia Maria Evangelista, a Dona Tonica, é extremamente decepcionante. A senhora de 84 anos é prima de Marechal Cândido Rondon. “Meu pai era primo-irmão do pai dele”, revela, em entrevista ao Rdnews. Seu grau de parentesco com Rondon se estende um pouco mais, já que o seu marido também era parente do Patrono das Telecomunicações. “Posso dizer que conheci bem ele e também essa comunidade”.

Com uma voz suave e conhecimento de causa, Dona Tonica afirma que o Memorial está condenado. “Ele (Memorial) foi feito sem um planejamento maior, por isso acabou sendo deixado de lado”. Observa que deveria ter sido pensado, além do projeto de construção, um plano de melhoria das estradas que chegam ao distrito e investimento em Mimoso como um todo, principalmente na economia. “Um dos maiores defensores do desenvolvimento daqui foi o próprio Marechal. Então temos que continuar lutando e querendo isso”, acrescenta.

Dona Tonica diz que é uma tristeza ver a terra de Rondon ter tão pouco da sua história. “Nem os seus restos mortais estão aqui. Dizem que quando o Memorial ficar pronto vão trazer do Rio de Janeiro, onde estão no momento”. Para ela, Marechal Cândido Rondon tinha orgulho de onde nasceu e a população quer ter orgulho também de uma homenagem tão bonita quanto o Memorial. “Se em cidades distantes daqui têm museus sobre ele, por que não em Mimoso, onde seria mais importante?”.

Apesar de certa revolta com a situação, a senhora ainda tem esperança, como toda a comunidade de Mimoso. “Seria um prazer imenso ver o Memorial Rondon pronto, funcionando e trazendo melhorias para nós. Espero que isso aconteça em breve, já que no ano passado o governado Silval Barbosa prometeu finalizar a obra”, comenta a prima de Rondon. O secretário de Desenvolvimento ao Turismo Jairo Pradela confirma que em março ou abril, depois do período de licitação, as obras serão retomadas. Foram liberados R$ 3,1 milhões para esse projeto.

A estrutura do Memorial Rondon que ainda está inacabada já gastou R$ 780 mil aos cofres públicos. Idealizado ainda no governo de Dante de Oliveira, o projeto é dos arquitetos José Afonso Portocarrero e Paulo César Molina. A última vez que o local recebeu alguma intervenção foi em 2004, no Governo Blairo Maggi, quando o assoalho foi trocado. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeitos e dinheiro público com shows

marquinhos do dede curtinha   Algumas prefeitos estão aproveitando datas comemorativas, como o aniversário de seus municípios, para promover farra artística com dinheiro público. Em Paranatinga, por exemplo, o prefeito Marquinhos do Dedé (foto) autorizou gastar R$ 115 mil em dois shows dentro da...

Possível duelo entre Pátio e Sachetti

adilton sachetti curtinha   Em 2008, Adilton Sachetti (foto) era prefeito de Rondonópolis e, com a máquina a seu favor, tentou a reeleição e, mesmo assim, foi derrotado por Zé do Pátio. No próximo ano, 12 anos depois, os dois devem se enfrentar de novo nas urnas. Agora em posições...

Situação de emergência na MT-100

As péssimas condições de trafegabilidade da MT-100, agravadas por ingerências e irresponsabilidade de empreiteiras que fizeram obras pela metade, levaram o governo estadual a decretar situação de emergência no trecho entre Torixoréu e Pontal do Araguaia e sob interferência da Defesa Civil. Com isso, está sendo possível executar obras paliativas sem licitação, uma forma de amenizar o transtorno,...

Após governador, prefeito vai à Bolívia

francis maris curtinha   Duas semanas depois do governador Mauro e dois secretários terem ido à Bolívia tratar da comercialização do gás e do fornecimento de ureia para MT, o prefeito de Cáceres Francis Maris (foto) e sua vice Eliene Liberato vão fazer igual. Ambos ficarão 10 dias em...

Articulação rumo ao Palácio Alencastro

cidinho curtinha   Continua repercutindo nos meios sociais, políticos e empresariais a festa do ano realizada em Cuiabá, na última quarta, pelo ex-senador Cidinho (foto). Para comemorar o cinquentenário e Bodas de Prata com a esposa Marli Becker, ele recebeu mil convidados, desde grandes empresários do PIB...

Câmara, Misael, corte de VI e pepino

misael galvao curtinha   Sobrou para o presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (foto), o pepino de providenciar o corte de uma fatia generosa da VI dos vereadores por Cuiabá. Isso porque, o Supremo decidiu que os parlamentares poderão receber, a título de reembolso, até 60%  dos...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.