MIMOSO E RONDON

Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2014, 08h:02 | Atualizado: 24/01/2014, 08h:14

ARTIGO

Rondon também está morrendo

Onofre Ribeiro artigo rondon

Onofre Ribeiro

Ainda na minha infância em Minas, tomei contato com Rondon através de um livro comprado por meu pai, “Grandes Homens da História”. Nunca imaginaria viver no Mato Grosso onde nascera Rondon, em 1865. Muito menos assistir à reinauguração da Escola Santa Claudina, construída no início da década de 1950, pelo jovem engenheiro José Garcia Neto, que a reconstruiu na condição de governador de Mato Grosso, em 1976.

Conversei muito sobre Rondon com duas personalidades mato-grossenses que conviveram com ele e trocaram muitas cartas, ouviram suas teses e angústias: Aecim Tocantins e José Garcia Neto. Conversei também com Fulgêncio um sobrinho seu que vivia em Mimoso, onde Rondon nasceu. Vi na parede de sua casa modesta, próxima à escola que tem o nome da mãe borora de Rondon, um velho relógio carrilhão que fora do marechal.

Mimoso acabou se tornando um lugar famoso e um ícone de Mato Grosso, justamente por Rondon ter nascido ali. Os mimoseanos acabaram construindo uma cultura pantaneira diferente do restante do pantanal mato-grossense. Em 2000, o então governador Dante de Oliveira decidiu construir ali, na cara da Baía de Chacororé, um monumento que se chamaria “Memorial Rondon”, em sua homenagem e à própria Mimoso.

A obra começou e o projetista pensou-a como uma série de canoas pantaneiras que se fecham em cima, lembrando a Catedral de Brasília, onde as bandas se separam em cima. Canoa é um símbolo característico de Mimoso, dos tempos em que para se viajar à capital, era de canoa remando rio acima e de volta rio abaixo. Mas a obra não parou. Empacou! Está morrendo de agonia, presa do tempo pantaneiro com suas chuvas e umidade fortes. Já não recebe visitas, porque nem uma placa indica a quem passa na rodovia em frente, que aquilo é o Memorial a Rondon.

Defronte à baía de Chacororé está a Escola Santa Claudina. O monumento esquecido e a escola fechada com grades, desconhecida e impedindo vistas e visitantes. Ali naquele exato local nasceu Cândido Mariano da Silva Rondon, em 5 de maio de 1865. Rondon foi esquecido na sua própria vila de nascimento e dentro do pantanal, apesar de ser considerado um dos três maiores exploradores do século 20 graças aos 20 mil quilômetros que percorreu por terra cuidando de divisas e fronteiras e da extensão de linhas de telégrafo.

Inevitável a lembrança da emblemática frase do escritor Estevão de Mendonça referindo-se à preservação das memórias: “morre para sempre quem morre em Cuiabá!”. Também Rondon morre lentamente.

Onofre Ribeiro é jornalista em Mato Grosso (onofreribeiro@terra.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Antonio Luiz Anhaia | Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2014, 18h36
    0
    0

    Parabéns, seu Onofre pelo belo comentário seu, é verdade não se sabe o pensamento dos nossos governantes, são as pequenas coisas, que marcam uma administração, vejam quanto faria bem acabar as obras do Museu Rondon, as pontes da transpantaneira, o turismo na Chapada, se mete em tudo e não faz nada bem feito, quem viu o Ministro da Aviação civil, o ex gov. do Rio chama -los de mentirosos que ficam mentindo para a população,ficaram com cara de tacho, ele, o Mauricio da Secopa eo Beirinho da Engeglobal, levaram pito, nota 4,0.Poderiam passar bem sem essa. Abraços do amigo Prof. Anhaia

Dorileo flerta com PSB, mas apoia EP

max russi 400 curtinha   O deputado Max Russi (foto), presidente estadual do PSB, convidou oficialmente o empresário Dorileo Leal, do Grupo Gazeta de Comunicação, para se filiar ao partido e concorrer a prefeito da Capital. Ambos tiveram uma longa reunião no decorrer da semana. Dorileo ficou de avaliar, mas a...

CPI da Energisa, nomes e reclamações

thiago silva 400 curtinha   A CPI da Energisa, criada pelos deputados, vai levantar críticas, denúncias e debates acalorados. E surge numa época do ano em que a conta de luz dos consumidores foi às alturas por causa do longo período sem chuva e do intenso calor. O deputado Thiago Silva (foto) foi um dos que...

Vereador e jornalista trocam ameaças

abilio j�nior 400 curtinha   O vereador Abílio Júnior (foto) e o jornalista-militante José Marcondes, o Muvuca, estão protagonizando um embate pela internet. E a raiz do conflito é o fato do parlamentar ser ligado ao deputado estadual Sebastião Rezende, que teria embolsado R$ 6,5...

Deputado, lista de Riva e preocupação

neri geller 400   O ex-ministro da Agricultura e hoje deputado federal Neri Geller (foto) aparece na lista de José Riva como um dos políticos implicados. Embora bem articulado e numa posição de destaque, como coordenador da bancada mato-grossense, Neri já enfrenta uma série de demandas jurídicas...

Agora, Aladir quer disputar Alencastro

alair400   O servidor público do Estado Aladir Leite de Albuquerque (foto), hoje filiado ao Patriota, está determinado a concorrer à Prefeitura de Cuiabá. Ele estuda proposta para se filiar ao PMN ou PSC. Alair concorreu ao Senado no ano passado. Mesmo longe de se eleger, numa disputa com mais 10, ele saiu do pleito de...

Gaeco no interior e ajuda de prefeitos

Mauro Zaque curtinha   Com o promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) no comando, as unidades do Gaeco já estão estruturadas no interior do Estado. Em Barra do Garças, Cáceres, Sorriso e Rondonópolis, servidores como oficiais de gabinete, analistas jurídicos e assistentes ministeriais, foram realocados...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.