MIMOSO E RONDON

Sexta-Feira, 24 de Janeiro de 2014, 08h:04 | Atualizado: 24/01/2014, 10h:41

Sertanista vive a infância em Cuiabá

Militar deixa a marca do desbravamento, das linhas telegráficas e da proteção aos índios


Enviada Especial a Mimoso

Marechal Rondon perfil

Marechal Rondon, que nasceu no distrito de Mimoso

“Do Oiapoque ou Chuí”. Muitos já ouviram essa frase que significa da ponta mais ao norte a ponta mais ao sul do Brasil, mas poucos sabem que o primeiro a dizê-la foi o mato-grossense Cândido Mariano da Silva Rondon, o Marechal Rondon. Nascido em Mimoso, distrito de Santo Antônio do Leverger, em cinco de maio de 1865, Rondon foi um pioneiro em vários aspectos e um dos responsáveis pelo desenvolvimento de Mato Grosso e de todo o Centro-Oeste numa época em que a região recebia pouca ou nenhuma atenção.

Ficou órfão muito cedo. Foi criado em Cuiabá pelo tio Manoel Rodrigues da Silva. Em 1881 ingressou na Escola Militar do Rio de Janeiro, começando assim sua carreira de militar e sertanista. Entre os seus maiores feitos está a Comissão Rondon, que tinha como missão abrir caminhos, desbravar terras e estabelecer linhas telegráficas no Centro-Oeste e no Norte do Brasil. Por causa do seu trabalho, a comunicação entre as regiões do país se desenvolveu exponencialmente.

Uma das expedições de maior destaque foi a de 1913/1914 em conjunto com o ex-presidente dos Estados Unidos Theodore Roosevelt. Nessa época, Marechal Rondon também já era conhecido pelo seu trabalho de registro das etnias indígenas e por ter criado o Serviço de Proteção aos Índios. Rondon é o Patrono das Telecomunicações no Brasil, e cinco de maio é o Dia Nacional das Comunicações, criado por sua causa. Foi homenageado pela Sociedade de Geografia de Nova York sendo considerado o maior explorador de terras tropicais. Em 1957 foi indicado ao prêmio Nobel da Paz e faleceu em 19 de janeiro de 1958, aos 92 anos, no Rio de Janeiro.

Homenagem

O Memorial Rondon em Mimoso seria um local de cultura e história do Marechal na cidade onde nasceu, um ponto de turismo importante para o Brasil. Deveria ter exposições, biblioteca, aquário com peixes da região, objetos pessoais e os restos mortais do militar sertanista, que hoje estão no Rio de Janeiro. Desde 2004 parada, a construção ficou apenas nos alicerces e na estrutura metálica. Foram gastos cerca de R$ 780 mil até o momento. De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento ao Turismo Jairo Pradela as obras serão retomadas ainda no primeiro semestre. “Já estamos no planejamento do edital de licitação. Acredito que em abril começamos a trabalhar”. Foram liberados R$ 3,1 milhões. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeitos e dinheiro público com shows

marquinhos do dede curtinha   Algumas prefeitos estão aproveitando datas comemorativas, como o aniversário de seus municípios, para promover farra artística com dinheiro público. Em Paranatinga, por exemplo, o prefeito Marquinhos do Dedé (foto) autorizou gastar R$ 115 mil em dois shows dentro da...

Possível duelo entre Pátio e Sachetti

adilton sachetti curtinha   Em 2008, Adilton Sachetti (foto) era prefeito de Rondonópolis e, com a máquina a seu favor, tentou a reeleição e, mesmo assim, foi derrotado por Zé do Pátio. No próximo ano, 12 anos depois, os dois devem se enfrentar de novo nas urnas. Agora em posições...

Situação de emergência na MT-100

As péssimas condições de trafegabilidade da MT-100, agravadas por ingerências e irresponsabilidade de empreiteiras que fizeram obras pela metade, levaram o governo estadual a decretar situação de emergência no trecho entre Torixoréu e Pontal do Araguaia e sob interferência da Defesa Civil. Com isso, está sendo possível executar obras paliativas sem licitação, uma forma de amenizar o transtorno,...

Após governador, prefeito vai à Bolívia

francis maris curtinha   Duas semanas depois do governador Mauro e dois secretários terem ido à Bolívia tratar da comercialização do gás e do fornecimento de ureia para MT, o prefeito de Cáceres Francis Maris (foto) e sua vice Eliene Liberato vão fazer igual. Ambos ficarão 10 dias em...

Articulação rumo ao Palácio Alencastro

cidinho curtinha   Continua repercutindo nos meios sociais, políticos e empresariais a festa do ano realizada em Cuiabá, na última quarta, pelo ex-senador Cidinho (foto). Para comemorar o cinquentenário e Bodas de Prata com a esposa Marli Becker, ele recebeu mil convidados, desde grandes empresários do PIB...

Câmara, Misael, corte de VI e pepino

misael galvao curtinha   Sobrou para o presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (foto), o pepino de providenciar o corte de uma fatia generosa da VI dos vereadores por Cuiabá. Isso porque, o Supremo decidiu que os parlamentares poderão receber, a título de reembolso, até 60%  dos...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.