ROTAS E PERCALÇOS

Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 08h:00 | Atualizado: 21/03/2014, 11h:48

BR-158 é estratégica, mas não é toda pavimentada; prefeituras cobram


De Barra do Garças

Francis Amorim

br158-montagem.jpg

BR-158 é estratégica para o escoamento da produção da Região do Araguaia, mas ainda não é 100% pavimentada. Governo federal promete resolver a situação 

Os trechos não pavimentados ainda continuam sendo o principal problema que as cidades do Vale do Araguaia enfrentam com a BR-158. Desde a década de 80, quando o governo de Mato Grosso pavimentou 240 quilômetros de Barra do Garças ao entroncamento da MT-326, na região de Canarana, a região aguarda pela conclusão do asfalto até Vila Rica, divisa com o Pará. Nos últimos 30 anos, pouco mais de 200 km foram pavimentados.

 

Considerada estratégica para o Araguaia, a rodovia federal é apontada como uma espécie de redenção para os municípios, no entanto, esbarra nas promessas e pouco se avançou desde 2005, quando foi relançada em Água Boa pelo ministro dos Transporte à época, Alfredo Nascimento. Naquele ano, a cidade de Ribeirão Cascalheira foi interligada ao restante do Estado com 40 km de via pavimentada.

.

prefeito de água boa marao

Prefeito de Água Boa Mauro Rosa Silva, o Maurão

De lá para cá, mesmo inserida no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), a rodovia em território mato-grossense tem sido pavimentada a conta gostas, ora um trecho aqui, ora um trecho ali e nunca se concluiu. Dos 800 quilômetros de extensão, ligando Barra do Garças a Vila Rica, apenas 60% está pavimentado, existindo espaços sem asfalto entre Ribeirão Cascalheira e Alto Boa Vista, Bom Jesus do Araguaia, Canabrava do Norte, Confresa a Vila Rica. Ainda restam aproximadamente 200 quilômetros de chão batido.

"Na região de Água Boa existe uma empresa que faz a manutenção regular e a BR está trafegável, embora existam pequenos problemas. Mas, o ideal para o Araguaia é que ela seja concluída totalmente, atendendo um dos maiores anseios dos municípios", diz o prefeito de Água Boa Mauro Rosa Silva, o Maurão (PPS).

A mesma opinião não é compartilhada pelo prefeito de Ribeirão Cascalheira, Reynaldo Fonseca Diniz (Pros). Segundo ele, medidas precisam ser tomadas com urgência porque restará pouco do que foi feito, devido ao desgaste natural, provocado pelas chuvas e que, agravam a situação, porque há trechos sem o asfalto. “Os 90 quilômetros pavimentados após Ribeirão Cascalheira praticamente não existem mais. Todo o trecho foi tomado pelos buracos e será preciso ser reconstruído", ressalta, afirmando que o percurso mais castigado faz parte do pacote executado recentemente.

No Ministério dos Transportes existem projetos para a retomada das obras, no entanto, as cidades que margeiam a BR ainda não sabem quando a ordem de serviço será assinada. O prefeito de prefeito de Alto Boa Vista, Leuzipe Domingos Gonçalves (PMDB) detalha que foram executados alguns trechos na região do Alô Brasil (distrito), Confresa e Vila Rica. “São pouco mais de 150 quilômetros. É insuficiente para quem vê nesta rodovia a saída para o desenvolvimento dos municípios", diz Leuzipe. A cidade que beneficiada pelo novo traçado da rodovia para não afetar terras indígenas. 

Rodovia longitudinal 

A BR-158 foi planejada para atravessar o país de Norte a Sul. Seu ponto inicial está localizado na fronteira do Brasil com o Uruguai, em Santana do Livramento (RS) e corta, além do Rio Grande do Sul, os estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Mato Grosso e segue até o Pará, onde avança cerca de 380 quilômetros.

Mesmo com a sua importância, o privilégio de trechos não pavimentados não é só de Mato Grosso. Nos estados do Paraná e Pará ainda existem trechos de terra com projetos de pavimentação. 

Embora seja considerada uma rodovia estratégica para o país, a 158 possui uma curiosidade: ao contrário da maioria das estradas longitudinais, ela é a única BR que não atravessa nenhuma Capital brasileira.

Galeria de Fotos

Credito: Francis Amorim
Credito: Francis Amorim
Credito: Francis Amorim
Credito: Francis Amorim
Credito: Durcy Arévalo
Credito: Durcy Arévalo
Credito: Durcy Arévalo
Credito: Durcy Arévalo
Credito: Durcy Arévalo
Credito: Durcy Arévalo
Credito: Durcy Arévalo

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • AMARILDO ALVES SILVA | Segunda-Feira, 17 de Abril de 2017, 12h13
    0
    0

    SOU DO MT MORO EMSANTA TEREZINHA MT E QUERO CHEGA EM QUIRINOPOLIS GO

  • marcio lopes faria | Quinta-Feira, 08 de Dezembro de 2016, 12h49
    0
    0

    tenho fazenda no municio sao felix do araguaia ,quanta riquenza nos temos,nos precisando urgente de asfalto, esta robalheira no pais ,muito vergonhoso para nossos politicos deste pais.para nosso estado tambem.

  • Elisangela | Sábado, 26 de Setembro de 2015, 17h35
    2
    0

    Isso é uma vergonha em pleno século XXI, ainda existir ligações tão importantes sem pavimentação asfáltica sendo um dos corredores de que liga a região centro-oeste a região norte do país.

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

Sem chance para ser desembargador

pio da silva curtinha 400   Pio da Silva (foto) é um advogado que não desiste nunca. Age no meio jurídico como aquele candidato insistente que faz questão de concorrer a cargo eletivo em toda eleição, mesmo sabendo da chance mínima de êxito nas urnas. Pio já se tornou um "eterno"...

Delação de Riva tira apoios à Janaina

max russi 400 curtinha   A delação de José Riva, que deve complicar a vida de vários ex-deputados e alguns dos atuais, dificultou a entrada da filha, deputada Janaina Riva, como primeira-secretária da futura Mesa, que será eleita na próxima semana, com Botelho na presidência pela terceira vez....

Wallace, calendário eleitoral e disputa

wallace 400 curtinha   Cassado em maio de 2015 por gastos ilícitos na campanha, após dois anos e quatro meses de mandato, o ex-prefeito de Várzea Grande, Wallace Guimarães (foto), do PV, está torcendo pelo adiamento da data das eleições. Com ganho de mais tempo, ele acredita que consiga obter ...

Rossato desiste; Lafin livre à reeleição

ari lafin curtinha 400 sorriso   Depois de ensaiar e travar discussões com seu grupo político, o empresário e ex-prefeito de Sorriso, a cidade conhecida como capital nacional do agronegócio, Dilceu Rossato decidiu não disputar a sucessão municipal neste ano. Com isso, o caminho fica mais livre para o...

Fazendo politicagem sobre Covid-19

rubia fernanda 400 curtinha   A tenente-coronel Rúbia Fernanda, pré-candidata ao Senado pelo Patriota, não só ignora medidas protetivas em relação à Covid-19, como isolamento social, mantendo agenda de visitas e reuniões, como passou a fazer politicagem com coisa séria. Numa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.