ROTAS E PERCALÇOS

Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 08h:00 | Atualizado: 21/03/2014, 08h:22

Logística em MT

.

Edeoon_artigo

Edeon Vaz Ferreira

Mato Grosso é um dos principais produtores agrícolas do país, sendo o 1º produtor de soja, o 1º de algodão, o 2º de milho e o 1º de gado de corte, assim, tem sua economia baseada essencialmente na produção agrícola. Nesta safra de 2013/2014 plantou 8,2 milhões de ha de soja e deve colher 26,0 milhões de toneladas de grãos. No milho deve plantar 3,2 milhões de ha e colher 17,0 milhões de toneladas. Escoar esta produção é uma das tarefas que exige infraestrutura de rodovias, ferrovias, hidrovias, estações de transbordo de cargas, tira-se dos caminhões e carregam-se as barcaças nos rios, e terminais portuários, com carregamento dos navios.

Embora grande produtor, temos deficiências em toda nossa infraestrutura, as rodovias estaduais, que após as vicinais, são as que alimentam as rodovias federais, estão em sua maioria em péssimo estado. Mato Grosso possui 25.000 km de rodovias estaduais, sendo 5.400 pavimentadas e 19.600 km não pavimentadas. A grande maioria destas em péssimo estado de conservação. Possui 4.700 km de rodovias federal sendo a maioria pavimentada em condição razoável de tráfego. Temos no Estado uma única ferrovia (Ferronorte) que liga Rondonópolis a Santos, transportando no ano passado 14 milhões de toneladas. Como se trata de um só operador, passou a ser um monopólio cobrando o valor do frete rodoviário, diferente dos países em que existe concorrência. Neste caso, entre o frete rodoviário de Sorriso a Rondonópolis e desta a Santos pela ferrovia pagamos no ano de 2013 em média US$ 133 por tonelada, isto para um trecho de 2.250 km. Nos Estados Unidos do Meio Oeste americano aos portos de Seattle no oceano Pacífico, são 3.000 km,é cobrado US$  33 por tonelada. Por hidrovia de Saint Louis a New Orleans 1950 km, os produtores americanos pagam de US$  10 a US$  18 de frete por tonelada.

Vejam, temos muito para avançar, acredito que em 5 anos teremos outro Mato Grosso. Até lá teremos duplicada a BR-163 de Sinop à divisa com o Mato Grosso do Sul e neste Estado duplicado até a divisa com o estado do Paraná. Reduzindo tempo de transporte, economizando combustíveis e principalmente vidas. Teremos a BR 163 de Sinop a Santarém concluída e com reforço de capa asfáltica em toda sua extensão, permitindo alimentar as estações de transbordo de cargas em Miritituba que estarão em sua maioria prontas e com capacidade de carga superior a 20 milhões de toneladas. Santarém terá capacidade de operar com 8 milhões de toneladas e um terminal de fertilizantes com capacidade de 2 milhões de toneladas. Os portos de Santana, Vila do Conde e Outeiro estarão em operação com capacidade de escoamento superior a 25 milhões de toneladas. O TEGRAM em Itaqui, São Luiz do Maranhão estará concluído e com capacidade de 10 milhões de toneladas, que somados à capacidade do terminal da Ponta da Madeira, chegarão a 15 milhões de toneladas. Estaremos navegando o rio Paraguai e transportando mais de 3 milhões de toneladas para os portos do Uruguai ou da Argentina.

Acham que se trata de um sonho? Não, todos estes projetos são privados e já se encontram em andamento. Portanto, não se trata de um sonho mais de uma realidade.

Edeon Vaz Ferreira é empresário, diretor Executivo do Movimento Pró Logística de MT, consultor da Aprosoja, membro da Câmara Temática de Logística e Transporte do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e coordenador da Comissão de Infraestrutura, logística e Armazenagem da Frente Parlamentar de Agricultura. E-mail: edeon@movimentoprologistica.com.br

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Evitando nova polêmica com prefeito

mauro mendes curtinha 400   Mauro Mendes (foto) dá sinais de que pretende colocar um fim ao clima de conflito com Emanuel Pinheiro. Ao menos por enquanto. Uma semana depois de disparar críticas duras ao prefeito da Capital, levando ambos a trocar farpas e acusações, o governador foi perguntado, em dois momentos na...

Janaina, perda de um bebê e repouso

janaina riva curtinha   A vice-presidente da Assembleia Janaina Riva (foto), do MDB, que está em licença médica desde o ano passado, usou as redes sociais nesta terça (28) para comunicar luto familiar. Grávida de gêmeos, a parlamentar lamentou que um deles perdeu os batimentos cardíacos e disse que...

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.