ROTAS E PERCALÇOS

Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 08h:05 | Atualizado: 21/03/2014, 11h:48

PAVIMENTAÇÃO

No fim do mandato, Silval inaugura apenas uma obra do MT Integrado


Reportagem Especial

Mayke Toscano

mt_integrado_silval_

Governador só inaugurou pavimentação que liga Canabrava do Norte à BR-158

Principal argumento usado pelo governo do Estado ante as críticas quanto ao alto investimento aplicado nas obras da Copa do Mundo, o programa MT Integrado, após pouco mais de um ano da assinatura do primeiro contrato, só teve uma obra inaugurada: o asfaltamento da MT-412 que liga Canabrava do Norte (1.132 km de Cuiabá) à BR-158, em janeiro deste ano. Foram 22 km de asfalto ao custo de R$ 11,2 milhões. O pacote é de 58 obras.

Em comum com o mundial de futebol, além da quantidade enxuta de projetos que saíram do papel até agora, a finalização das obras do programa que propõe a interligação asfáltica dos municípios não deve ser vista no mandato do governador Silval Barbosa (PMDB). Ele deixa o cargo em dezembro.

A informação de que não será possível concluir o asfaltamento das rodovias do interior é do próprio secretário de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana, Cinésio Nunes de Oliveira, que sustenta, contudo, não haver problema no fato. “Com certeza não vai ter tempo de terminar. A expectativa é que, pelo menos, todas estejam iniciadas. Cada obra é uma história, tem empecilhos”, explica.

Ele reforça que o MT Integrado é um projeto ambicioso e que deveria ser ainda mais, caso houvesse mais recursos. “O próximo governo tem toda capacidade de concluir o que começamos. Não posso pensar que não vou começar um projeto porque não vou conseguir terminar. Tenho que começar e fazer minha parte. Quem entrar faz a sua”.

A primeira obra do programa começou em abril do ano passado, quando fora dada a ordem de serviço para a pavimentação de 69,3 km na MT-320, interligando a cidade de Marcelândia à BR-163. Em 15 e 16 de julho foram lançadas as obras de asfaltamento da MT-100, que liga Alto Araguaia e Araguaiana, e da MT-251, entre Nova Xavantina e Campinápolis.

Atualmente, quatro trechos estão na última fase das obras, isto é, recebendo a pavimentação propriamente dita. São elas: 69,30 km entre a MT-320 até BR-163, na região de Marcelândia; 95,40 km em Santa Terezinha, que ligarão a MT-143 à BR-158; 33,75 km entre Paranatinga e Canarana, na MT-020; e 40,50 km na MT-338, ligando Juara a Porto dos Gaúchos e Tapurah.

Lenine Martins

Cinésio-pavimentação

Secretário de Transporte e Pavimentação Urbana, Cinésio Nunes de Oliveira

O governo estadual assinou o contrato de financiamento mediante a abertura de crédito, com recursos do BNDES, para a ampliação e melhoria da infraestrutura em 27 de dezembro de 2012. Já em 2014, porém, 34 obras do MT Integrado ainda não têm previsão de serem iniciadas e 14 recebem terraplanagem, ou seja, estão em sua primeira fase de execução.

Uma das justificativas para os atrasos é a burocracia. “Ela existe e não tem como mudá-la”, argumenta o secretário Cinésio, acrescentando que àquelas obras que já obtinham contrato foram executadas mais rapidamente. Ele cita o licenciamento ambiental como um entrave do processo, pois é uma das exigências que mais demandam tempo.

 

Os investimentos em infraestrutura foram uma das bandeiras empunhadas por Silval Barbosa em sua campanha eleitoral de 2010. À época, ele previa fazer 2.670 novos km de asfalto durante os quatro anos de mandato, caso fosse eleito. A promessa era de interligar todos os 141 municípios do Estado com pelo menos uma via asfaltada enquanto ocupasse o principal cargo no Executivo estadual.

.

rodovias-federais

Até agora só 1 obra foi entregue, 4 estão em fase de pavimentação, 14 em terraplanagem e 34 não saíram do papel. Os dados são do próprio governo estadual

 

Galeria de Fotos

Credito: Mayke Toscano
Credito: Mayke Toscano
Credito: Mayke Toscano
Credito: Mayke Toscano
Credito: Mayke Toscano

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • cleiton | Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 10h29
    2
    0

    esses alsfaltos casca de ovo desse desgoverno é uma vergonha, só ir para bom jardim e verá a tristeza que é

  • Paulo Gotardo | Sexta-Feira, 21 de Março de 2014, 09h27
    4
    0

    PRA LANÇAR OBRA O SILVAL É BOM, LEVAM CONSIGO CARLOS BEZERRA, WELLINGTON FAGUNDES, RIVA, ROMUALDO, EDER MORAES, BLAIRO MAGGI, FAIAD, SAGUAS, MAS, LANÇAR OBRA É FACIL, EU QUERO VER A OBRA PRONTA SENHOR GOVERNADOR! ESTAMOS NA LAMAAAAAAAA, NO ATOLEIROOOOOOO!

Matéria(s) relacionada(s):

Evitando nova polêmica com prefeito

mauro mendes curtinha 400   Mauro Mendes (foto) dá sinais de que pretende colocar um fim ao clima de conflito com Emanuel Pinheiro. Ao menos por enquanto. Uma semana depois de disparar críticas duras ao prefeito da Capital, levando ambos a trocar farpas e acusações, o governador foi perguntado, em dois momentos na...

Janaina, perda de um bebê e repouso

janaina riva curtinha   A vice-presidente da Assembleia Janaina Riva (foto), do MDB, que está em licença médica desde o ano passado, usou as redes sociais nesta terça (28) para comunicar luto familiar. Grávida de gêmeos, a parlamentar lamentou que um deles perdeu os batimentos cardíacos e disse que...

Jayme afirma ter 4 opções para VG

jayme campos 400 curtinha   Em meio ao debate otimista sobre pré-candidaturas do DEM nas cidades pólos, em reunião nesta segunda, no Palácio Paiaguás, Jayme Campos (foto) comentou que, em Várzea Grande, onde sua esposa Lucimar está concluindo o segundo mandato, há quatro nomes sob...

DEM agora tem 5 querendo prefeitura

fabio garcia 400 curtinha   Com o peso de quem comanda hoje em Mato Grosso os dois Poderes políticos, o Executivo e o Legislativo, com Mauro e Botelho, respectivamente, o DEM aposta na conquista não só da Prefeitura da Capital, mas também das outras nove maiores. Dirigentes do partido fizeram espécie de...

Presidente ora por harmonia no TCE

maluf 400 curtinha   Num Tribunal de Contas sob tensão, nada mais aconselhável do que um culto ecumênico para servidores e conselheiros, com participação de padre e pastor, em defesa da harmonia, união e amor no ambiente de trabalho. A ideia partiu do novo presidente Guilherme Maluf (foto), que reuniu...

PDT quer França, mas não pra suplente

allan kardec 400   Embora o deputado e secretário de Cultura do Estado, Allan Kardec (foto), presidente regional do PDT, tenha flertado com Roberto França, tentando atraí-lo para o partido e com expectativa de candidatura, não há nenhum convite para este ser um dos suplentes ao Senado na chapa de Pivetta. A ideia...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.