RETROSPECTIVA 2020

Segunda-Feira, 28 de Dezembro de 2020, 16h:31 | Atualizado: 29/12/2020, 08h:22

RETROSPECTIVA

Grandes incêndios deixam marcas de destruição e perdas em 2020 - relembre

selo_retrospectiva

De Kitnet a empresas comerciais. Incêndios de grandes proporções também marcaram o ano de 2020 na região metropolitana de Cuiabá e cidades do interior. O fogo destruiu casas, centro de reabilitação, estabelecimento de comida, embalagens e pneus.

O caso mais trágico entre todos foi registrado no início deste mês, quando a loja Realmat foi totalmente destruída pelo fogo que acabou se alastrando para outros estabelecimentos vizinhos.

O incêndio que começou na Realmat, loja que vende aviamentos e uma diversidade de produtos e que não tinha alvará dos Bombeiros desde 2017, afetou outras lojas ao seu redor, no caso da Ciclo Ribeiro, a qual teve cerca de 60% da empresa destruída pelo fogo. A noite de sábado foi de terror para quem mora na região da avenida XV de Novembro no Porto, em Cuiabá. Polulares registraram com fotos e vídeos o cenário de muita destruição, além do trabalho árduo dos militares diante de muitos escombros no local.  A causa do incêndio ainda está em investigação pela perícia.

Reprodução

Retrospectiva Inc�ndios em 2020

Incêndio de grande proporção destruiu a Realmat. O fogo avançou e atingiu boa parte da Ciclo Ribeiro, acabando com cerca de 60% do estabelecimento

Após cinco dias da ocorrência na Reamat, a loja Speed Pneus, localizada na avenida Fernando Corrêa da Costa, também foi alvo de um incêndio que começou na madruga do dia 10 de dezembro. Cerca de 25 militares do Corpo de Bombeiros atuaram para combater as chamas na empresa de revenda de pneus e outra ao lado de artigos de festa. Após os dois registros seguidos, o Corpo de Bombeiros decidiu incluir, na rotina de fiscalização, lojas que tenham estoque de produtos natalinos e artigos de festas.

Relembre outros casos

Reprodução

Retrospectiva Inc�ndios em 2020

Outras grandes ocorrências de incêndios começaram a ser registradas logo no início do ano. Em 08 de janeiro, a Beira Rio Embalagens, localizada no bairro do Porto, em Cuiabá, teve o interior da loja destruída após pegar fogo durante a noite. Em seguida, no dia 23 do mesmo mês, outro incêndio de grandes proporções acabou com uma empresa que fornecia alimentação para companhias aéreas.

Em 11 de fevereiro, o alvo do fogo foi uma kitnet. O imóvel que é localizado no bairro Itapuã, na Capital, ficou totalmente destruída. Segundo o CBM, outros locais da casa foram atingidos indiretamente, causando danos estruturais em parte das paredes e fazendo com que o telhado da casa caísse. Ninguém ficou ferido.

Em 19 de maio, um apartamento do Condomínio Chapada Diamantina pegou fogo durante a madrugada. Pelo menos seis pessoas foram atendidas por uma viatura do Samu, entretanto ninguém se feriu.

No mês de agosto, dois grandes incêndios foram registrados, sendo um na Baixada Cuiabana e outro em cidade do interior do Estado. No dia 14, as chamas tomaram conta de um prédio onde funcionava o Centro de Reabilitação Municipal Renascer, no município de Sorriso. Após 15 dias, outra ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros, quando uma casa pegou fogo na Cohab Michel, em Várzea Grande.

Reprodução

Retrospectiva Inc�ndios em 2020

Também em agosto, as chamas de fogo chegaram a provocar fechamento temporariamente do Aeroporto Internacional de Cuiabá, mas devido aos focos de calor que avançavam na região do terminal aéreo destruindo parte da área de vegetação do campo de aviação.

Tristezas, prejuízos, dores e milagres são alguns fatores que marcaram todas essas ocorrências. À frente de todos esses trabalhos, estavam serem humanos, pais de famílias e trabalhadores que arriscaram suas próprias vidas, afim de salvar vidas alheias. Para isso, as equipes do Corpo de Bombeiros Militares têm como o principal objetivo em dar apoio a esses tipos de acontecimentos e evitar danos maiores à sociedade.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...

Estado paga os servidores nesta 6ª

mauro mendes 400 curtinha   Servidores do Estado recebem salário de fevereiro hoje, dentro do mês trabalho. É a sexta vez seguida que o governador Mauro Mendes consegue pagar a folha dos ativos, inativos e pensionistas antes da virada do mês, depois de promover reformas, redução da máquina e...

Sistema de saúde sob colapso em ROO

Em Rondonópolis, cidade-polo da região Sul, que abrange 17 municípios, não há mais leitos de UTI para socorrer pacientes em quadro grave de Covid-19. Todos os 30 do hospital Santa Casa estão ocupados, inclusive um leito de UTI reservado para atender outros casos, acabou destinado para paciente com o novo coronavírus. Há 10 leitos de UTI no Hospital Regional e todos também estão lotados. Várias pessoas em...