Blog do Romilson Cuiabá, 30 de Novembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RETROSPECTIVA-2009

Campanha pró-Copa une Maggi e Wilson

01/01/2010, 08h:25 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15


Políticos se juntam a milhares de pessoas, na praça 8 de Abril, para comemorar escolha de Cuiabá 

Em 2009, o fanatismo pelo futebol e a rivalidade com Campo Grande foram as únicas ações que uniram politicamente o governador Blairo Maggi (PR) e o prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB). Ao contrário da confusão sobre as obras do PAC, motivo de ferrenhas trocas de farpas entre tucanos e republicanos, a luta para emplacar Cuiabá como uma das sedes do Mundial de 2014 motivou o tucano a se colocar à disposição do governo para auxiliar nas obras de infraestrutura exigidas pela Fifa.

   Tanto o tucano como Maggi demonstraram descontentamento com as críticas da imprensa à falta de leitos nos hospitais e de condições de trafegabilidade nas ruas e avenidas da Capital. Também se uniram contra o governador sul-mato-grossense André Puccinelli (PMDB), que sempre ressaltava em entrevistas os pontos negativos do Estado vizinho. A disputa entre Cuiabá e Campo Grande reativou a rivalidade dos anos 1970, quando houve a divisão territorial do Estado.

     Minutos após o anúncio da escolha de Cuiabá, Wilson Santos respondeu às críticas de Puccinelli. Do palanque, o prefeito declarou: "o governador de Mato Grosso do Sul e o prefeito de Campo Grande (Nelson Trad) devem estar chupando uma bela manga bourbon cuiabana". Em seguida, o governador emendou: “Enquanto eles se preocupavam em nos criticar, nós trabalhávamos”. A comemoração pela escolha de Cuiabá levou milhares de pessoas às ruas, principalmente do CPA e nas proximidades da praça 8 de Abril, em frente ao restaurante Choppão.

   Maggi já liberou R$ 14,2 milhões para a empresa GCP Arquitetura Ltda elaborar o projeto de reestruturação e reforma do novo estádio Governador José Fragelli, o Verdão, dentro dos preparativos para Cuiabá sediar a Copa do Mundo daqui a cinco anos. A empresa ficou responsável por definir e elaborar todas as questões para a reforma, como, por exemplo, estudo de solo, parte elétrica, hidráulica e de engenharia. Após a entrega do relatório, o projeto será licitado e a empresa vencedora será incumbida apenas de executar as obras. Um outro contrato fechado pelo governo refere-se à empresa Deloitte Touche Tohmatsu Ltda, especializada em consultoria. O valor é de R$ 4,2 milhões.

   Com a aprovação pela Assembleia, o governo criou a Agecopa, autarquia executora dos projetos visando à Copa de 2014. Tem como presidente Adilton Sachetti. Os demais membros da Diretoria Colegiada são Yênes Magalhães (Planejamento e Gestão), Jefferson da Costa (Orçamento e Finanças), Carlos Brito de Lima (Infraestrutura), Agripino Bonilha Filho (Articulação Institucional), Yuri Bastos Jorge (Assuntos Estratégicos) e Roberto França (Comunciação e Marketing).

   A Fifa exige uma série de obras nas cidades que vão sediar o Mundial nas áreas de saneamento, transportes, hotelaria, indústria do lazer, portos e aeroportos, saúde, segurança e telefonia. O BNDES vai disponibilizar um teto de R$ 400 milhões para construir estádios no conceito de sustentabilidade. A expectativa é que o Ministério do Turismo invista US$ 2 bilhões em infra-estrutura urbana, aeroportos, metrôs, linhas exclusivas para ônibus e rede hoteleira. No total, o governo federal deve investir US$ 5 bilhões. A Grande Cuiabá deve receber mais de R$ 6 bilhões de investimentos públicos e privados por causa do "efeito Copa".

Postar um novo comentário

RUMO A 2022

Empresário já se articula pra federal

Por 30/11/2020, 15h:39 - Atualizado: 26min atrás

junior verdao 680

O empresário José Wenceslau Júnior, o Júnior da Verdão, começa a trabalhar projeto de candidatura a deputado federal daqui a dois anos.

Postar um novo comentário

APADRINHAMENTO

Afilhada política de Blairo se deu bem e será senadora temporária

Por 30/11/2020, 13h:17 - Atualizado: 01h atrás

margareth buzetti 680

A empresária Margareth Buzetti (PP), aos 61 anos, se deu bem na vida pública, sob empurrão de Blairo Maggi, de quem se diz amigo e da cozinha.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Gilmar Maldonado Roman | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 14h16
    1
    0

    Não seria 2027?

DESGASTE

Gisela e o abraço da morte política

Por 29/11/2020, 20h:23 - Atualizado: 29/11/2020, 20h:25

gisela simona abilio 680

Junto com Abílio Júnior, morre também politicamente, ao menos pelos próximos dois anos, a advogada Gisela Simona (Pros), terceira colocada no primeiro turno na disputa à Prefeitura da Capital.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • ILDO PEREIRA | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 13h52
    5
    0

    MORREU POLITICAMENTE PORQUE FALTOU COERENCIA, DEVERIA TER FICADO NEUTRA NO SEGUNDO TURNO, PRESERVANDO SEU LEGADO, ACABOU OPTANDO POR ABILIO, COM CERTEZA EM RAZAO DE GANHAR ALGUNS CARGOS NO GOVERNO E NAO PENSOU NO FUTURO, E UMA PENA.

  • Vendas Certas | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 10h29
    2
    0

    Vendo camiseta com a frase " Mesmo sendo Mulher....." by Abelha. Mas só vendo para os apoiadores desta traidora

  • André Ribeiro | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h34
    23
    0

    Essa Gisela tá igual ao Mike Jagger, o barco que ela entra afunda!!! Affe

DERROTA NAS URNAS

Despreparado, Abílio foi longe demais

Por 29/11/2020, 18h:56 - Atualizado: 29/11/2020, 18h:58

abilio derrota 680

Abílio Júnior foi longe demais na vida pública. É um político oco, inconsistente, arrogante, dissimulado, oportunista, contraditório e que soube, sob os artifícios das redes sociais, atacar e se vitimizar ao mesmo tempo.

Postar um novo comentário

Comentários (25)

  • Paulino | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 15h03
    3
    3

    Érica cabe sim ao povo julgar, a eleição é um julgamento sim, mas entre ficar com um cara que apareceu no vídeo colocando dinheiro no paletó, este vídeo faz parte de um processo da justiça com delações apontando que são verbas de propina e um outro cidadão que julgam inexperiente, eu fico com o inexperiente.

  • João Pedro | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 14h10
    2
    1

    Infelizmente nao temos bom candidatos a politicos, ai temos que escolher entre o Emanuel Paletó e o Abilio surtado

  • Erica Ferreira | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 11h18
    14
    4

    a corrupção do prefeito, cabe a justiça julgar, agora entregar a prefeitura de uma cidade a um pessoa desiquilibrada que nunca soube o que é gestão, como seria esse governo, não votei a favor da corrupção voltei sem ter opção então preferir optar pela experiencia de gestor para comandar a cidade

REPRESENTATIVIDADE

Com Cuiabá, MDB se torna a maior força partidária de MT - confira

Por 29/11/2020, 18h:09 - Atualizado: 29/11/2020, 18h:10

mdb prefeitos 680

Com a vitória em Cuiabá, marcada pela reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro, somando 23 prefeituras, o MDB se torna a maior força partidária de Mato Grosso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ricardoefferson | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h16
    5
    0

    Democrata fadado ao ostracismo político

  • Rico | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 09h14
    8
    0

    Senador Jaime peça orientação ao Bezerra dê como administra um partido político

CÂMARA DE CUIABÁ

A derrota com "sabor" de vitória

Por 29/11/2020, 12h:13 - Atualizado: 29/11/2020, 12h:16

bruno magalhaes 680

O empresário Bruno Zancanaro Magalhães, de 30 anos, jogou pesado, em termo de estrutura logística, na candidatura a vereador pela Capital, mas não conquistou a cadeira.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Narciso Mello | Segunda-Feira, 30 de Novembro de 2020, 00h30
    0
    1

    Humm, 1.652 é maior do que 2037. Ta sertu (certo)

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2634