Blog do Romilson Cuiabá, 23 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RETROSPECTIVA-2009

Fiasco do concurso atingiu governador

   No ano em que o governador Blairo Maggi (PR) figurou entre as personalidades mais influentes do mundo no ranking da revista Forbes, o republicano também acumulou o desgaste por causa do fiasco do que seria o maior concurso público do país, que teve as provas canceladas por desorganização e suspeita de vazamento de gabarito. O certame adiado para este 2010, a ser aplicado em três etapas, conta com 271 mil candidatos inscritos para 10.086 vagas no serviço público.

   Em 2009, o acionista do Grupo Amaggi conseguiu reverter a fama de devastador do meio ambiente e passou a receber até mesmo elogios dos ambientalistas, como do ministro do Meio Ambiente Carlos Minc, que já foi um dos inimigos de Maggi.

    Mato Grosso continua desmatando, mas caiu para a terceira colocação no ranking dos Estados da Amazônia Legal. A gestão Maggi acumulou pontos positivos por viabilizar financiamento para máquinas do tipo pá carregadeira, escavadeira hidráulica e motoniveladora e caminhões para atender os municípios dentro do plano de consórcios na recuperação de estradas. Deu prosseguimento ao plano de entregar 60 mil unidades habitacionais por meio de alguns programas, entre eles o Meu Lar. O governador criou o subprograma Uma Casa Por Hora e entregou 17.520 unidades em 2009. Avançou em obras de pavimentação asfáltica.

   Se ele um lado Maggi conta com elogios, principalmente por ações na infraestrutura e no setor econômico, de outro enfrenta críticas, em especial de quem considera que ele "militarizou" o governo, e também entre os políticos, por entenderem que Maggi deveria ser menos técnico e se articular mais. Há reclamações de que o governador deixou de ouvir os partidos da base aliada. São críticas endossadas em grande parte pelo senador Jayme Campos (DEM), que se uniu com o prefeito cuiabano Wilson santos (PSDB), já pensando nas eleições de outubro. Maggi, por sua vez, se transformou em cabo eleitoral do seu vice, o peemedebista Silval Barbosa, que assume o governo em 31 de março e buscará a reeleição.

   A interrupção no fornecimento de gás natural da Bolívia para o Estado também trouxe desgaste para a gestão Maggi. Ele foi um dos principais entusiastas da ideia de motoristas fazerem a conversão para rodar seus veículos com gás natural. Depois, faltou o produto. O transporte do gás do país vizinho até a usina Governador Mário Covas, em Cuiabá, empacou por falta de licença ambiental que precisa ser concedida pelo governo boliviano de Evo Morales. Agora a termelétrica corre o risco de ser desativada. O ex-vereador Helny de Paula, que preside a MTGás, e o vice Silval Barbosa conseguiram contornar provisoriamente o problema com a prorrogação do fim do fornecimento para este ano.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • eduardo | Sexta-Feira, 01 de Janeiro de 2010, 20h43
    0
    0

    Já dizia um velho adágio popular "uma mentira dita repetidas vezes parece ser verdade", e assim é a afirmação desta reportagem (e outras já publicadas pelo mesmo site) de que blairo maggi teria se transformado em "queridinho" dos ambientalistas. Essa assertiva é pura balela, engodo mesmo, uma vez que apenas uma meia dúzia de ONGs é que tem legitimado essa nefasta politica ambiental do governo do estado de mato grosso. a grande maioria das ongs de matogrosso e do brasil têm é um grande aversão ao governo da turma da botina, que usa o meio ambiente apenas como marketing ambiental. a politica ambiental do governo maggi é fraco, atrelado ao setor agrícola e aos interesses de parlamentares que buscam desmontar a legislação ambiental no estado de mato grosso. Portanto, meu caro Romilson, não continue propagando essa falsa idéia de que as ongs apoiam a desastrosa politica ambiental da turma da botina, isso não existe e é fruto da imaginação dessa turma que brinca em fazer gestão ambiental.

  • ROBSON ANTUNES | Sexta-Feira, 01 de Janeiro de 2010, 13h36
    0
    0

    O Blairo foi o único culpado, foi ele que colocou o Devito e foi Devito que convocou a UNEMAT. Eu sei que a alma humana é conservadora, resiste às mudanças...Mas com o tempo a gente se habitua com o nosso site RDNEWS...Ficou todo modernoso...vôte!!!

  • Silvia | Sexta-Feira, 01 de Janeiro de 2010, 12h21
    0
    0

    Adrea vc foi leve ao dizer sobre o desgaste do Governo. Não disse nada com relação ao caos da segurança, da Educação e da Saude. Um governo que tinha tudo para fazer o melhor e não fez nada.. vai sair sem dizer a que veio.......... E este site depois que mudou ficou horrivel. Igual a todos. Antes era gosto de ler, agora não acha as materias.

EM CUIABÁ

No Alencastro, prefeito dorme com inimigo e ainda de olhos fechados

Por 23/10/2019, 16h:19 - Atualizado: 02h atrás

niuan ribeiro 680

Mesmo considerado "persona non grata" no Palácio Alencastro, o vice-prefeito Niuan Ribeiro (Podemos), já em pré-campanha a prefeito da Capital pela oposição, não arreda o pé do prédio.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • jj | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 17h28
    0
    1

    povo cuiabano vamos acordar pra realidade, esse Niuan como vice ainda não fez nada e nem esta fazendo em prol da sociedade, e agora ja quer ser prefeito, pense bem, anda pra traz não

  • Gabriel | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 17h16
    0
    0

    Gabriel , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EQUIPAMENTOS

Cuiabá fecha contrato de R$ 700 mil para comprar microcomputadores

Por 23/10/2019, 13h:10 - Atualizado: 21min atrás

ozenira felix soares 680

A secretaria de Gestão da Capital, sob Ozenira Félix Soares, fechou contrato para compra de 160 microcomputadores do tipo portátil (notebook) e de mesa (desktop), incluindo peças de informática, ao custo global de R$ 700,6 mil. Os equipamentos (60 do tipo 1, avaliados em R$ 5 mil cada; e 100 do tipo 2, com custo unitário de R$ 4 mil) vão atender a todas as secretarias.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 14h16
    3
    2

    Não paga nem quem já acabou as obras e serviços a meses e agora vai comprar computadores. Tenha vergonha na cara e pague os que devem para depois fazerem novas dívidas...

ESTRUTURA E MUDANÇAS

Seduc corta 55% dos servidores da sede e terá ambiente corporativo

Por 22/10/2019, 22h:49 - Atualizado: 22/10/2019, 22h:56

Mayke Toscano

otaviano pivetta 680

O prédio cheio de labirinto, onde funciona hoje a secretaria estadual de Educação, em Cuiabá, empregava até o ano passado, no Governo Taques, nada menos que 1.260 servidores.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Servidor da Educação | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 17h29
    1
    0

    Verdade porem tem demandas das escolas que enviamos e a mais de seis meses nao se tem resposta .....

  • jpsilva | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 11h13
    3
    3

    Sempre defendi essa idéia, isso serve para as secretarias municipais de educação, que estão nessa situação tbem, a muito tempo, labirintos pra se esconderem , porque trabalho mesmo só alguns.... parabéns pela iniciativa ....

  • Gutemberg Abreu | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 09h24
    9
    9

    Isso precisa ser estendido à todos os setores do estado implantando uma gestão eficiente, moderna e humanizada, hoje o que nos constatamos é que o menos importante é o cidadão que precisa dos serviços do estado. Parabéns ao Vice-governador, que vem da iniciativa privada e sabe bem como funciona uma gestão eficiente onde todos ganham. Na Seduc, segundo informações a maioria já tem direito à aposentadoria mas não pede porque não querem perder os penduricalhos nos salários e apenas batem ponto e ficam esperando o final do expediente.

  • andreia | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 08h40
    7
    6

    Infelismente o povo não contenta com nada tudo é critica, mas pura verdade a seduc cortou muito o efetivo, e esta trabalhando com onumero bem reduzido, parabens Secretaria Martioneide e equipe, Deus dando foça a voces

  • Alberto | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 07h39
    21
    15

    E no prédio da Seduc vai ser o que? A Cooperlucas?

EDUCAÇÃO

R$ 496 mil em ares-condicionados; MT só tem 1/3 de escolas climatizado

Por 22/10/2019, 16h:08 - Atualizado: 22/10/2019, 16h:17

marioneide 680 seduc

A secretaria de Estado de Educação, sob Marioneide Klimaschewsk, fechou um contrato de R$ 496,2 mil com a empresa Wanda Comércio de Móveis e Equipamentos na compra de aparelhos de ares-condicionados. Mas esse investimento está muito aquém do necessário para se conseguir climatizar todas as 15.888 salas de aula, ocupadas por 395 mil alunos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • andreia | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 08h41
    2
    6

    essa sra. secretaria é competente, força Secretaria, temos que pensar no melhor para nossas escolas

  • Crítico | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 21h00
    8
    0

    Essa SECRETARIA não é do PT.

ESQUEMÃO NO CEPROMAT

Auditoria já citava rombo milionário sob Dentinho, que foi preso hoje

Por 22/10/2019, 11h:10 - Atualizado: 22/10/2019, 11h:17

dentinho 680

O cerco já vinha se fechando contra o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, ex-deputado estadual e ex-presidente do antigo Cepromat (hoje MTI), Wilson Celso Teixeira, o Dentinho, que foi preso nesta terça na operação Quadro Negro, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Otávio | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 15h29
    2
    0

    Não é de hoje que o disse-me-disse corre solto nesse sentido. Pensei que fosse passar batido mas essa. Eta Mato Grosso ainda falta muito para uma boa moralização.

CASO INUSITADO

Apenas 2 vão votar e neles próprios

Por 21/10/2019, 19h:40 - Atualizado: 21/10/2019, 20h:46

guilherme maluf 680

Embora com colegiado formado por sete conselheiros titulares, apenas dois vão votar e, curiosamente, neles próprios. Sob um cenário inédito e inusitado, a eleição para renovar a diretoria do TCE-MT acontece em 5 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Maicon | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 09h14
    3
    0

    Presta atenção aí, que só vou escrever uma vez: Aos Tribunais de Contas compete a auto organização administrativa, assim como ocorre em relação aos Tribunais Judiciários, na forma prevista nos arts. 73 e 96 da CF. Logo, essa tão acalentada emenda à constituição estadual é inconstitucional. Por outro lado, o próprio RI do TCE-MT estabelece no § 9º do art. 10 que somente Conselheiros poderão votar e ser votados. Essa é a regra que deverá ser observada, por materializar a competência de auto governo prevista no art. 96, I e II da CF. Os Senhores Substitutos, na interinidade, deveriam é ter se preocupado em "aclarar" o Regimento Interno. A questão, portanto, é se o termo "Conselheiro" do aludido § 9º do art. 10 do Regimento Interno, contempla os Substitutos quando em substituição. Pelo que me lembro, ao longo dos últimos anos, quando o voto de 1 interino não tinha peso para definição da eleição da mesa diretora, sempre se permitiu que o substituto do Bosaipo pudesse votar. Vê-se, portanto, o tamanho do abacaxi a ser descascado. Desse modo, dia 05/11 a eleição será com ou sem emoção?

  • joana | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 10h16
    3
    2

    Simples assim, e ponto final .

  • Seminina | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 22h52
    3
    1

    Caro jornalista, a situação em MT será a mesma o vice acumulará também a corregedoria !

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2438