Blog do Romilson Cuiabá, 08 de Abril DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RETROSPECTIVA-2009

Wilson troca comando de 12 secretarias

   Doze secretarias passaram por mudanças de comando ao longo de 2009 na gestão do prefeito de Cuiabá Wilson Santos. Na pasta de Governo, por exemplo, foram três trocas. Primeiro estava Andelson Gil do Amaral, que saiu para o prefeito acomodar o suplente de senador Osvaldo Sobrinho (PTB), primo do próprio Wilson. Em setembro, o petebista deixou a pasta e foi empossado por quatro meses no Senado no lugar do titular Jayme Campos (DEM). Assume Moisés Dias.

   Em fevereiro, Wilson Santos empossou o engenheiro civil Arquimedes Pereira Lima (PV) na secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano. Ele substitui Osmário Daltro, que passou a conduzir a pasta do Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo no lugar de Moisés Dias. Este, por sua vez, passou a exercer a função de adjunto de Governo e, depois, foi para o primeiro escalão.

   Em março, foi a vez do advogado João Emanuel Moreira Lima ser nomeado para a Agência Municipal de Habitação Popular, no lugar de João Vieira, que passou a comandar as obras do PAC em Cuiabá e, depois, se desligou da administração tucana. Na coordenadoria das obras do PAC, o prefeito iniciou com João Vieira e, depois, nomeou para a vaga o ex-presidente do Intermat Aparecido Alves, o Cido.

   Agripino Bonilha assumiu a secretaria extraordinária para Assuntos da Copa de Cuiabá e, com sua saída para integrar a diretoria da Agecopa, a cadeira ficou com Pedro Shinohara, ex-secretário municipal de Esportes. Na Comunicação, o jornalista Maurélio Menezes pediu exoneração. Para a vaga foi nomeado o também jornalista Flávio Garcia. Já na Saúde, o secretário Luiz Soares enfrentou a ira dos médicos e, já no final do ano, pediu exoneração. Ele tentou voltar, mas as negociações não deram certo. O médico Maurélio Ribeiro assumiu a Saúde.

   Considerado até então um dos “intocáveis” da gestão Wilson Santos, o procurador-geral de Cuiabá José Antônio Rosa "caiu", após ser preso na Operação Pacenas sob acusação de envolvimento em fraudes nas licitações das obras do PAC. No seu lugar o prefeito nomeou o ex-presidente da OAB e presidente municipal do PSDB Ussiel Tavares. Outro “intocável” que deixou o primeiro escalão em 2009 foi o secretário de Cultura Mário Olímpio (PV). Ele se tornou um dos assessores diretos do prefeito, enquanto a Cultura está sob o vereador licenciado Adevair Cabral. Osmário Daltro deixou o Meio Ambiente para gerir o Desenvolvimento Econômico e Turismo. A pasta era ocupada por Moisés Dias. Por fim, Celcita Pinheiro pediu exoneração do comando da área social. Está aguardando o prefeito chegar de licença de 15 dias para deixar a pasta de vez.

Postar um novo comentário

SERVIÇO NOTARIAL

4º Ofício supera o 6º e fatura R$ 7,2 mi só nos 3 primeiros meses do ano

Por 08/04/2020, 21h:22 - Atualizado: 01h atrás

cartorio 4 oficio 680

O Cartório do 4º Ofício de Cuiabá fechou o primeiro trimestre deste ano com a maior arrecadação de todos, superando até o 6º Ofício, que somente em 2019 movimentou R$ 23 milhões.

Postar um novo comentário

FAMILIOCRACIA

2 deputados lançam irmãos para vereador na Capital

Por 08/04/2020, 12h:04 - Atualizado: 01h atrás

cezinha nascimento e elizeu 680

O comunitário e pré-candidato a vereador pela Capital, Cezinha Nascimento, em pose com o irmão-deputado Elizeu

Dois ex-vereadores e atuais deputados estaduais estão apostando em candidatura de irmãos por assento na Câmara de Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • ronaldo araujo | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 21h11
    0
    0

    Haja teta para mama

  • Marcio | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 13h18
    15
    1

    Elizeu Nascimento que de bobo e humildade nao tem nada. Wison santos e muitos que se tornou carreirista nao merecem nem comentarios, sempre vai pensar em seus umbigos.

  • Manu | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 12h30
    9
    2

    Falta o Ze Medeiros que lançou o irmão dele em Rondonópolis

BENEFÍCIOS

Maioria dos deputados não aceita proposta de cortar 50% da VI

Por 07/04/2020, 23h:01 - Atualizado: 08/04/2020, 12h:10

Fablicio Rodrigues

eduardo botelho 680

Eduardo Botelho, presidente da Assembleia, propôs aos colegas cortar ao menos 50% da verba indenizatória de todos neste período de pandemia em que as atividades parlamentares estão restritas às sessões virtuais.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • elias | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 18h56
    5
    0

    sanguessugas

  • Ideraldo | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 18h53
    4
    1

    VI é uma remuneração perversa, imoral e aética cotra o povo brasileiro, que agora virou praga e sangra os cofres públicos. Tenham vergonha na cara.

  • joao | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 18h48
    5
    1

    A população deve marcar estes deputados contra a redução de 50% da VI, não esquecer também de relacionar o nome deste presidente para não ser votado na próxima eleição.

SEM ACORDO

Deputado Xuxu acha que pode mais

Por 07/04/2020, 18h:00 - Atualizado: 07/04/2020, 00h:08

xuxu 680

A vitória em 2018 de Xuxu Dal Molin (PSC) para deputado estadual o deixou anestesiado e encantado pelo poder. Acha que pode mais, mesmo com atuação pífia até aqui.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • EDERSON MATOS | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 22h17
    13
    0

    Esse "PICOLÉ DE XUXU" não sabe nem onde está, muito menos o que está fazendo..... Tá se achando pela sorte que teve... vai entra e sair do mesmo jeito.... desconhecido

BUSCA PELO PODER

Ex-prefeito tenta de novo eleição para vereador de Cuiabá

Por 07/04/2020, 15h:00 - Atualizado: 07/04/2020, 20h:20

demilson 680

Demilson Nogueira deixou o cargo de Secretário de Controle Interno da Assembleia Legislativa para disputar novamente a cadeira de vereador pela Capital.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • ZEE | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 17h59
    0
    0

    Aos navegantes aceites, alas , cônchavos, conservadores, e todos os termos que se encaixam na velha política de desmandos , cabidagem de empregos para quem não é técnico na área, e mais pior de todas está ligado aos paletós da vida, as lava jatos. Cuiabá espera esse candidato do consenso de quem ?..É AGUARDAR PARA VER!!

  • ANTONIO | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 16h36
    1
    1

    LARGA MÃO DE SER MENTIROSO SEU ELEITOR DE ARAQUE,SUA FAMILIA NEM GOSTA DE VC MUITO MENOS DO SEU CANDIDATO

  • Eleitor | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 15h00
    1
    1

    Eleitor, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

ESTRATÉGIA

Secretário e a visibilidade do efeito-corona para clarear sua candidatura

Por 07/04/2020, 12h:00 - Atualizado: 06/04/2020, 23h:33

gilberto figueiredo 680

Depois de um período desanimado com a pré-candidatura a prefeito de Cuiabá, o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, agora no DEM, voltou a falar sobre o assunto com aliados próximos.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Servidor da Saúde | Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020, 15h53
    0
    0

    ESSE GILBERTO SÓ TEM ARROGÂNCIA E NADA MAIS, VAI LÁ NA SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE E VEJA COM OS SERVIDORES COMO ESTE SENHOR OS TRATA, QUANDO CUMPRIMENTADO FAZ DE CONTA QUE NÃO OUVIU, PASSA COMO UMA ANTA PERTO DOS SERVIDORES, DAÍ PERGUNTO NA IDEIA DE QUEM ESSE CAMARADA VAI SAIR CANDIDATO A PREFEITO DE CUIABÁ, ACHA QUE POR QUE PUXA E MUITO O SACO DO MAURO MENTE (QUE ANDA QUEIMADO) VAI GANHAR, VAI LEVAR UMA TACA COMO O WILSON PINÓQUIO SANTO GANHOU QUANDO FOI APOIADO POR PEDRINHO MALVADEZA.

  • ZEE | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 23h36
    1
    0

    Aos navegantes aceites, alas , cônchavos, conservadores, e todos os termos que se encaixam na velha política de desmandos , cabidagem de empregos para quem não é técnico na área, e mais pior de todas está ligado aos paletós da vida, as lava jatos. Cuiabá espera esse candidato do consenso de quem ?..É AGUARDAR PARA VER!!

  • Carlos Alberto | Terça-Feira, 07 de Abril de 2020, 20h10
    0
    3

    Aviso aos navegantes : só um nome consegue unir o DEM para a Prefeitura de Cuiabá, é o Suplente de Senador e ex-Deputado Federal Fábio Garcia, atual Presidente do DEM de Mato Grosso. Fabinho é aceito pela ala do Mauro, e pelos irmãos Julio e Jaime Campos, pelos Deputados Botelho e Dilmar, e pela maioria dos filiados. Gilberto, terá muita dificuldade em unir o Partido, e achar outros aliados. É tido como candidato do ANTERO, que é ODIADO pelos Democratas.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2525