Blog do Romilson Cuiabá, 10 de Dezembro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RETROSPECTIVA-2009

Militares e políticos foram parar na cadeia

   Políticos, empreiteiros e servidores de prestígio das administrações Wilson Santos e Murilo Domingos foram parar atrás das grades em 2009. Onze pessoas ficaram presas por uma semana com a Operação Pacenas, deflagrada em 10 de agosto, para apurar possíveis fraudes nas licitações das obras do PAC em Cuiabá e Várzea Grande. Militares ligados à gestão Blairo Maggi também acabaram presos, desta vez com a deflagração da Operação Pluma, sob acusação de cometerem crimes de grilagem de terras na região do Vale do Araguaia. Em outra operação, apelidada de Bengala, servidores do INSS passaram à condição de suspeitos de fraudes no esquema de concessão de licenças médicas.

   Na Pacenas, o então procurador-geral José Antônio Rosa foi um dos presos. Teve que pedir exoneração. Foi enquadrado como um dos suspeitos de fraudes nas licitações do PAC. As primeiras suspeitas da PF surgiram em agosto de 2007, quando o TCU apontou existência de cláusulas restritivas nos certames que, no entendimento do MPF, direcionariam o processo para a escolha do Consórcio Cuiabano, composto pelas construtoras Três Irmãos, Gemini, Concremax, Encomind e Lúmen Engenharia. Sócio-proprietário da Três Irmãos, o ex-secretário do governo Dante de Oliveira e primeiro suplente do PSDB na Assembleia, Carlos Avalone, foi preso junto com o irmão Marcelo Avalone.

   O ex-prefeito de Cuiabá Anildo Lima Barros também foi parar atrás das grades, assim como o proprietário da Concremax, Jorge Pires de Miranda, e o ex-presidente do Sinduscon-MT, Luiz Carlos Richer. Em meio aos recursos e brigas jurídicas, os 11 acusados foram libertados e, por último, todo o inquérito arquivado. Acontece que as gravações de escutas telefônicas feitas pela Polícia Federal e que serviram de provas para a decisão judicial de quebra de sigilos, de bloqueios de bens e de recursos e das prisões, foram consideradas nulas.

   Já na Operação Pluma, foram presos o ex-comandante da PM, coronel da reserva Adaildon Evaristo de Moraes Costa, o também coronel Elierson Metello de Siqueira, o sub-tenente Adalberto da Cunha de Oliveira, os capitães Robson Oliveira Curi e Antônio de Moura Neto e o major Wlamir Luis da Gama Figueiredo. A denúncia do MPF aponta que a quadrilha era chefiada por Gilberto Luiz de Rezende, com ajuda de Adário Carneiro Filho. A denúncia aponta que eles extorquiam dinheiro de fazendeiros em troca de segurança privada, que incluía violência física, psicológica, ameaça e até mortes contra sem-terra. Eles também teriam invadido áreas ao custo de até R$ 150 mil cada.


Operação Pacenas "desgraçou" a vida dos empresários Carlos Avalone e Jorge Pires, do advogado José Rosa e do ex-prefeito Anildo Lima (à esq.), enquanto a Pluma levou à cadeia os coronéis Adaildon Evaristo e Elierson Metello

Postar um novo comentário

EFEITO-COPA-2014

COT-UFMT, enfim, será inaugurado

Por 10/12/2019, 10h:30 - Atualizado: 06h atrás

cot ufmt

Registro feito em 2015 mostra a placa sobre as obras e previsão de término do COT da UFMT em maio de 2014

O governador Mauro Mendes corre para inaugurar antes deste Natal as obras do Centro Oficial de Treinamento (COT) da UFMT, que foram lançadas em março de 2013, na gestão Silval, e deveriam ter sido concluídas em 2014.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luciano | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 11h42
    7
    0

    Será que O Fábio Garcia vai ter a cara de pau de aparecer lá?

OSS NA SAÚDE

Maluf não se dá por suspeito e julga Henry sobre superfaturamento

Por 10/12/2019, 07h:34 - Atualizado: 07h atrás

pedro henry 680

O conselheiro Guilherme Maluf, que assume a presidência do TCE-MT no próximo dia 16, vai julgar um processo em que o velho aliado político e quase sócio na vida privada, ex-deputado Pedro Henry, enquanto secretário de Saúde do Estado, é apontado como um dos responsáveis por superfaturar milhões de reais em contratos com OSS para a gestão de serviços de saúde.

Postar um novo comentário

SEM TRÉGUA E SEM MANDATO

Alertada sobre cheques e cassação, Selma desafiou: "vou pagar pra ver"

Por 09/12/2019, 19h:04 - Atualizado: 09/12/2019, 19h:10

selma arruda 680

A senadora Selma Arruda (Podemos), que deve ter o mandato cassado em definitivo nesta terça pelo TSE, foi alertada e aconselhada a fazer uma composição financeira e saldar as dívidas com o marqueteiro Júnior Brasa, bem antes da formulação da denúncia sobre caixa 2 e abuso de poder econômico.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Robson Souza | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 10h02
    3
    2

    A cara da arrogância e da prepotência. Cassação já.

AQUISIÇÕES

Defensoria do Estado vai gastar R$ 1 mi na troca de velhos computadores

Por 09/12/2019, 13h:22 - Atualizado: 09/12/2019, 13h:27

clodoaldo 680 defensor geral

A Defensoria Pública do Estado, sob Clodoaldo Aparecido de Queiroz, planeja trocar os seus obsoletos computadores, tanto os da sede administrativa quanto das comarcas. Vai gastar R$ 1 milhão nas aquisições dos equipamentos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ely | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 18h19
    0
    2

    Cada dia que passa mais o Zé tem meu respeito votaria nele quantas vezes for possível

EM CUIABÁ

Câmara já tem data pra cassar Abílio

Por 09/12/2019, 08h:01 - Atualizado: 08/12/2019, 19h:57

abilio 680

A Câmara de Cuiabá tem data e hora para, com voto de pelo menos 17 dos 25 vereadores, cassar o mandato de Abílio Brunini, investigado por vários casos de quebra de decoro parlamentar.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Paulo Silva | Terça-Feira, 10 de Dezembro de 2019, 10h00
    1
    0

    Vejo muitos defendendo o Ver. Abílio entendo pois entraram na onda do mesmo, ele fez barulho para fiscalizar e fazer o que ele diz papel dele, porém desrespeitar os servidores é crime e ele tem sim que ser punido por isso, é pq muitos no ato não filmaram sua arrogância e desrespeito se não já estava cassado faz tempo.

  • alexandre | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 12h40
    7
    8

    quem é contra o governo , é caçado, agora pode bater, desmatar , que não acontece nada..

  • ANTONIO | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h29
    1
    2

    ANTONIO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • neto | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h29
    15
    7

    nem dinheiro no paletó, deu cassaçao...

  • ANTONIO | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h29
    2
    0

    ANTONIO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Elson Oliveira | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 10h34
    15
    11

    Não é resultado antecipado, é resultado PREVISTO! O relator apresentará seu parecer e vai pra votação! Mas tem mais é que cassar mesmo! Vai fazer falta nenhuma!

  • Jonas Matos | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 10h25
    0
    0

    Jonas Matos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Paty antunes | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h45
    29
    15

    vou expressar minha opinião náo to pra defender ninguem, mas uma pessoa que só ri debocha não apresenta projetos fica o tempo caçando intrigas tem mais que ser cassado mesmo. não me representa

  • Amarildo | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h32
    22
    14

    Vai recorrer no Judiciário e vai voltar...resultado antecipado parece armação...kkkkkkk

  • ELEITOR CUIABANO | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 08h27
    21
    18

    Ou seja ta tudo armado, segundo o RDNEWS, todos são suspeitos uma vez que já fizeram juízo antecipadamente. Só esqueceram de colocar na matéria qual dia e qual Juiz vai reintegrar ele ao cargo, diante de tantas irregularidades.

RUMO A 2020

Oposição se une, mas bate cabeça, e Pátio surfa livre em Rondonópolis

Por 08/12/2019, 17h:00 - Atualizado: 08/12/2019, 11h:07

Wheverton Barros

ze do patio 680

Enquanto o chamado grupo dos nove quebra cabeça para definir entre eles uma candidatura forte de oposição e que seja capaz de manter depois todos dentro do barco, Zé do Pátio (SD) rema tranquilamente pela reeleição em Rondonópolis.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Leandro Xavier Godoi | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 12h43
    7
    0

    Zé Do Pátio cada vez mais forte, oposição está desesperada não consegui viabilizar nem chapa de vereavereadores ,quanto mais prefeito .

  • José Gomes | Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019, 11h25
    0
    7

    Zé do Pátio já era, foi eleito com a minoria e hoje tem uma rejeição record em Roo devido o seu trabalho pífio e de isolamento político Rondonópolis está perdendo recursos para as cidades do nortão pois a classe política não confia mais nele, qualquer nome que for lançado pela oposição ganha do Zé do Pátio, Rondonópolis está um verdadeiro Caos.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2459