Blog do Romilson Cuiabá, 07 de Julho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RETROSPECTIVA-2009

Militares e políticos foram parar na cadeia

   Políticos, empreiteiros e servidores de prestígio das administrações Wilson Santos e Murilo Domingos foram parar atrás das grades em 2009. Onze pessoas ficaram presas por uma semana com a Operação Pacenas, deflagrada em 10 de agosto, para apurar possíveis fraudes nas licitações das obras do PAC em Cuiabá e Várzea Grande. Militares ligados à gestão Blairo Maggi também acabaram presos, desta vez com a deflagração da Operação Pluma, sob acusação de cometerem crimes de grilagem de terras na região do Vale do Araguaia. Em outra operação, apelidada de Bengala, servidores do INSS passaram à condição de suspeitos de fraudes no esquema de concessão de licenças médicas.

   Na Pacenas, o então procurador-geral José Antônio Rosa foi um dos presos. Teve que pedir exoneração. Foi enquadrado como um dos suspeitos de fraudes nas licitações do PAC. As primeiras suspeitas da PF surgiram em agosto de 2007, quando o TCU apontou existência de cláusulas restritivas nos certames que, no entendimento do MPF, direcionariam o processo para a escolha do Consórcio Cuiabano, composto pelas construtoras Três Irmãos, Gemini, Concremax, Encomind e Lúmen Engenharia. Sócio-proprietário da Três Irmãos, o ex-secretário do governo Dante de Oliveira e primeiro suplente do PSDB na Assembleia, Carlos Avalone, foi preso junto com o irmão Marcelo Avalone.

   O ex-prefeito de Cuiabá Anildo Lima Barros também foi parar atrás das grades, assim como o proprietário da Concremax, Jorge Pires de Miranda, e o ex-presidente do Sinduscon-MT, Luiz Carlos Richer. Em meio aos recursos e brigas jurídicas, os 11 acusados foram libertados e, por último, todo o inquérito arquivado. Acontece que as gravações de escutas telefônicas feitas pela Polícia Federal e que serviram de provas para a decisão judicial de quebra de sigilos, de bloqueios de bens e de recursos e das prisões, foram consideradas nulas.

   Já na Operação Pluma, foram presos o ex-comandante da PM, coronel da reserva Adaildon Evaristo de Moraes Costa, o também coronel Elierson Metello de Siqueira, o sub-tenente Adalberto da Cunha de Oliveira, os capitães Robson Oliveira Curi e Antônio de Moura Neto e o major Wlamir Luis da Gama Figueiredo. A denúncia do MPF aponta que a quadrilha era chefiada por Gilberto Luiz de Rezende, com ajuda de Adário Carneiro Filho. A denúncia aponta que eles extorquiam dinheiro de fazendeiros em troca de segurança privada, que incluía violência física, psicológica, ameaça e até mortes contra sem-terra. Eles também teriam invadido áreas ao custo de até R$ 150 mil cada.


Operação Pacenas "desgraçou" a vida dos empresários Carlos Avalone e Jorge Pires, do advogado José Rosa e do ex-prefeito Anildo Lima (à esq.), enquanto a Pluma levou à cadeia os coronéis Adaildon Evaristo e Elierson Metello

Postar um novo comentário

GESTÃO PREVIDENCIÁRIA

Estado fará todo ano pente fino no cadastro de inativos e pensionistas

Por 07/07/2020, 13h:13 - Atualizado: 05h atrás

Rodinei Crescêncio/Rdnews/arquivo

basilio guimaraes 680

O governo estadual decidiu que, a partir de agora, será feita anualmente a atualização cadastral de seus 36 mil servidores inativos e 4,5 mil pensionistas.

Postar um novo comentário

CORONAVÍRUS

Na luta contra Covid, pastor sai da entubação, mas segue na UTI

Por 07/07/2020, 11h:39 - Atualizado: 07h atrás

Gilberto Leite/Rdnews

Pastor da Assembleia de Deus Sebastiao Rodrigues

Hospitalizado há duas semanas, na luta contra a Covid-19, o pastor Sebastião Rodrigues de Souza, presidente das Assembleias de Deus em Mato Grosso, apresenta melhora no quadro clínico.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Valdemir | Terça-Feira, 07 de Julho de 2020, 16h29
    0
    0

    Será que essa informação tá correta. ? Porque o deputado Faissal disse que o RDNEWS publicou uma fake news sobre ele.

  • Luis | Terça-Feira, 07 de Julho de 2020, 16h16
    0
    0

    Sou de outra religião mais esse pastor é um grande homem. Pessoa extraordinaria.

  • Pastor Misael Judeu | Terça-Feira, 07 de Julho de 2020, 15h29
    0
    0

    Grande homem escolhido de Deus, MOSHE HASHEM (Moisés de Deus)

CÂMARA DE CUIABÁ

Quase 3 anos depois, Toninho apresenta relatório da CPI do Paletó

Por 06/07/2020, 18h:16 - Atualizado: 06/07/2020, 18h:21

toninho de souza 680

Vereador de terceiro mandato pela Capital, Toninho de Souza se prepara para o chamado Dia D, após quase três anos na relatoria da CPI do Paletó.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Julio Cesar | Terça-Feira, 07 de Julho de 2020, 10h23
    4
    0

    Após quase três anos na relatoria da CPI do Paletó ! É um excelente jornalista, porem não faz jus a vida pública, inabilidade politica, falta de compromisso com a população e muito nervoso.

  • Reginaldo | Terça-Feira, 07 de Julho de 2020, 08h58
    7
    0

    Quando ouvimos a expressão "O BRASIL NÃO É UM PAIS SÉRIO", Essa expressão advém desse tipo de conduta onde um gestor faz o que fez e nada ou muito pouco acontece. O que aconteceria se fosse um funcionário de uma empresa fazendo o que o o gestor fez? As imagens falam por si só.

  • Patriota inconformada | Terça-Feira, 07 de Julho de 2020, 08h09
    15
    0

    Vamos renovar a Câmara dos vereadores com candidatos. Pesquisar a vida dos candidatos para não cairmos em ciladas novamente. Esse Toninho não deve ser reeleito e todos da base do prefeito também não.

elefante branco

Governo anuncia licitação para retomar obras do Hospital Central

Por 06/07/2020, 12h:29 - Atualizado: 06/07/2020, 12h:35

hospital central 680

A secretaria estadual de Saúde anunciou para 7 de agosto a reabertura da licitação para contratar empresa, pelo menor preço, para retomar as obras da construção do Hospital Central de Alta Complexidade, em Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ruy Novaes | Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020, 18h27
    4
    1

    Se a parte deixada construida pelo Governador Julio Campos(1983/86) será aproveitada depois de 36 anos pelo Governo do Mauro Mendes, é sinal que essa obra do Hospital Central de Cuiabá, não é nhenhum elefante branco, pois se a oposição na epóca não tivesem sacaneado o então Secretário de Saude Gabriel Novis e o próprio Governador JC, essa obra teria sido concluida e servida muito bem aos Matogrossenses. Ainda bem, que o atual Secretário Gilberto e o Governador Mauro, resolveram em boa hora, concluir o HC.

EM POCONÉ

Comissão que poderia cassar 2 vereadores perde prazo e é extinta

Por 06/07/2020, 11h:18 - Atualizado: 06/07/2020, 11h:35

marcio marcinho pocone 680

Presidida por Marcinho Fernandes, a Comissão de Investigação e Processante, instaurada pela Câmara de Poconé para investigar dois vereadores por quebra de decoro, foi extinta naturalmente porque extrapolou os 60 dias sem conclui-la e tampouco aprovar em plenário a deliberação para prorrogação do prazo.

Postar um novo comentário

NOVA PLATAFORMA

Regulamentado em Cuiabá serviço delivery

Por 06/07/2020, 10h:10 - Atualizado: 06/07/2020, 10h:24

Edinei Rosa

fachada camara cuiaba 680

Em meio à pandemia, com impactos sem precedentes por causa da suspensão de muitas atividades econômicas, a Câmara de Cuiabá promulgou a Lei 6.543/2020, que regulamenta o comércio de alimentos na modalidade delivery. As empresas têm 30 dias para se adequar.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2567