Blog do Romilson Cuiabá, 28 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

despedidas

Adeus à cartola da FMF, presidente da Câmara e "pai" do Vazio Sanitário relembre

Por 29/12/2016, 17h:56 - Atualizado: 29/12/2016, 18h:00

selo_retrospectiva2016

A morte de algumas personalidades mato-grossenses marcaram este ano. Dentre elas, muitos nomes que contribuíram para a construção da história do Estado tanto na política, no esporte, na religião e na comunicação. Entre os nomes que causaram maior comoção estão o de Carlos Maldonado, fundador da Unemat, José Tadashi Yorinori, o "pai" do Vazio Sanitário, o presidente da Câmara de Cuiabá, Júlio Pinheiro (PTB), e o ex-presidente da Federação Mato-Grossense de Futebol (FMF), Carlos Orione.

Na manhã de 30 de janeiro morreu Carlos Maldonado, fundador da Unemat, após passar por uma cirurgia para a retirada de um aneurisma cerebral. Aos 54 anos, Maldonado deixou esposa e três filhos. Ele completaria 55 anos quatro dias mais tarde. O corpo de Maldonado foi levado para Cáceres, cidade de origem do educador, onde foi velado na Câmara Municipal.

Em 8 de fevereiro, o prefeito Mauro Mendes decretou luto oficial por três dias pela morte do ex-presidente da Câmara de Cuiabá nos anos 90, Paulo Borges, pai do ex-vereador e atual secretário de Habitação e Regularização Fundiária, que leva o mesmo nome. Aos 75 anos, Paulo Borges não resistiu a uma infecção pulmonar. Ele foi vereador entre 1982 e 1996, líder da bancada e comandou a Câmara no biênio 91/92. Tinha três filhos, quatro netos e era casado.

Reprodução

montagem_personalidades.jpg

 "Eterno" presidente da FMF Carlos Orione, Júlio Pinheiro e padre João Paulo Nolli perderam a vida

O jornalista Luiz Acosta, o Luizão, morreu em 30 de março, após ficar internado na UTI com quadro de insuficiência pulmonar e cardíaca, que evoluiu para infecção generalizada. Com 57 anos, Luizão integrava a chamada "velha guarda do jornalismo mato-grossense", com mais de 30 anos de profissão. Passou por todos os jornais impressos, tendo sido editor, por muitos anos, da Folha do Estado. Também atuou em sites de notícias, foi secretário de Comunicação da Assembleia e da Câmara de Cuiabá, participou de campanhas políticas e, por último, atuava como repórter do site Gazeta Digital, do grupo Gazeta de Comunicação.

Em 12 de junho, faleceu o pastor evangélico Joide Miranda, que ficou conhecido por defender que era possível deixar de ser homossexual. Ele estava internado no Hospital Santa Rosa, na Capital, para tratamento de saúde.

Dois dias depois, o fitopatologista José Tadashi Yorinori, aos 72 anos, faleceu em Londrina (PR). Ele sofreu uma parada cardíaca quando se preparava para um procedimento clínico, pois o estado de saúde havia apresentado complicações. Tadashi era parceiro de entidades como a Fundação MT e a Associação de Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja). Ele era apontado como o "pai" do Vazio Sanitário, um dos métodos para combater a praga na soja. 

Em 20 de julho, morreu o então presidente da Câmara de Cuiabá, Júlio Pinheiro (PTB), após passar 17 dias internado por problemas cardíacos. Nos bastidores, a informação era de que o fígado havia parado de funcionar e os rins estavam com problemas de funcionamento, o que agravou ainda mais a situação do vereador.

Morre aos 56 anos, o presidente do Legislativo de Cuiabá Júlio Pinheiro

Mais tarde, em 22 de agosto, um acidente envolvendo um carro de passeio e um caminhão, tirou a vida da ex-tenista de Rondonópolis Bruna Paes, 29 anos. O fato ocorreu no km 267 da BR-364, região entre São Pedro da Cipa e Jaciara (a 148 km de distância de Cuiabá). Ela ficou conhecida no esporte que a consagrou com uma das melhores atletas da região. Participou de diversos campeonatos e chegou, inclusive, ganhar destaque internacional, quando integrou o time de “Fresno State”, uma universidade da Califórnia, nos EUA.

Reprodução

Tadashi.JPG

 José Tadashi Yorinori era apontado como pai do Vazio Sanitário, método que combate a praga na soja

No mesmo município de Bruna, o padre da Paróquia São José Esposo, João Paulo Nolli, de 35 anos, foi encontrado morto em 9 de outubro, na região do loteamento Rosa Bororo, próximo ao praia Clube. Ele passou a atuar como vigário na Paróquia São José Esposo, em agosto de 2007 e em janeiro de 2010, com a transferência do padre Franz Lax para a Paróquia São José Operário, assumiu como pároco.

Uma das últimas mortes que marcou 2016 foi a do ex-presidente da FMF Carlos Orione. Aos 79 anos, o falecimento foi causado por pneumonia. Natural de Guiratinga, Orione se formou em Direito pela Faculdade de Direito Cândido Mendes (RJ) em 1962. Exerceu a advocacia entre 1962 a 1968, em Guiratinga, e em 1968 ingressou na carreira do Ministério Público Estadual através de concurso, sendo promovido em 1973 ao cargo de procurador-geral da Justiça. Durante mais três décadas controlando o futebol mato-grossense, Orione foi criticado em razão de ser “eterno” presidente da Federação.

Postar um novo comentário

EFEITO-SENADO

Leitão terá Doria de cabo eleitoral e tenta arrumar emprego pra Taques

Por 27/02/2020, 22h:22 - Atualizado: 02h atrás

joao doria 680

Nilson Leitão acionou alguns líderes nacionais do PSDB para reforçar sua pré-candidatura ao Senado e barrar a intenção de Pedro Taques de cruzar seu caminho.

Postar um novo comentário

TEMOR GERAL

Em Alto Taquari, um monitorado e milhares preocupados

Por 27/02/2020, 20h:49 - Atualizado: 04h atrás

alto taquari 680

Cravada na divisa de MT com Goiás, a pequena Alto Taquari vê parte de seus cerca de 12 mil moradores mudarem a rotina por causa do monitoramento de um de seus filhos, que pode estar com coronavírus.

Postar um novo comentário

SOB INVESTIGAÇÃO

Enquanto PSDB esperava Taques em ato, ele estava depondo no MPE

Por 27/02/2020, 18h:50 - Atualizado: 05h atrás

pedro taques 680

Pedro Taques tem muitas coisas para se preocupar do que a pré-candidatura ao Senado e seu futuro com ou sem o PSDB.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Davi | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 22h01
    1
    1

    O Pedro Taques de hoje é o Mauro Mendes daqui 2 anos - persona nom grata.

  • joao | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 19h13
    3
    2

    Parabéns PSDB pela decisão.

PETISMO RACHADO

Lúdio busca assinaturas para bater chapa com Barranco ao Senado

Por 27/02/2020, 18h:32 - Atualizado: 06h atrás

ludio cabral 680

Lúdio Cabral espalhou nos últimos dias que não tinha pretensão de concorrer ao Senado, mas destacou assessores e vários correligionários para o trabalho de coleta de assinaturas, com vistas a se inscrever amanhã.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Kleber Amorim | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 22h03
    4
    0

    Caro Romilson, não sei quem é tua fonte, mas infelizmente mais uma vez ela está equivocada. Lúdio em nenhum momento se colocou à frente para essa disputa. Ao contrário disso, várias tendências/coletivos do interior do Partido, assim como vários setores da sociedade, sindicatos, categorias, é, até mesmo outros líderes e partidos de centro e de esquerda entendem que o nome que reúne as melhores condições, neste momento, para enfrentar essa disputa com a direita conservadora, é o nome do companheiro Ludio. Portanto, não é o deputado que designou ninguém, nós nos achamos no direito, enquanto cidadãos e filiados, de propor o melhor nome para esse embate de características de disputa nacional. "O melhor candidato deve ser escolhido pela sua base, e não o contrário". A partir daí cabe à cúpula do Partido decidir o que realmente quer pra si, para seu futuro e da classe trabalhadora do estado. Grande abraço!

Após falta de luz, ausência de Taques vira piada: "cortou os fios"

Por 27/02/2020, 16h:00 - Atualizado: 05h atrás

Andhressa Barboza

cupula_psdb_680

A ausência do ex-governador Pedro Taques no evento, que marcou o lançamento de Nilson Leitão como pré-candidato ao Senado, gerou até piada interna.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • José Roberto | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 18h01
    1
    5

    TA AI UM REPRESENTATIVIDADE QUE O NORTÃO PRECISA

Efeito-Senado

Com Fávaro, outros desembarques do PSD do Governo Mauro

Por 27/02/2020, 14h:35 - Atualizado: 08h atrás

Alair Ribeiro

carlos favaro 680

Além de Carlos Fávaro, os principais indicados do PSD devem deixar o Governo Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2499