COPA-2014

Domingo, 11 de Janeiro de 2015, 09h:07 | Atualizado: 12/01/2015, 14h:41

Crea faz acordo com Casa Civil e terá acesso às perícias das obras da Copa

O Governo Taques promete compartilhar com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) todos os relatórios de perícias realizadas nas obras da Copa-2014 para análise técnica dos dados sem custos adicionais. Com a medida, o Palácio Paiaguás atende uma reivindicação antiga do Conselho desde o início da execução dos projetos ainda sob responsabilidade da antiga Secopa. Segundo a entidade, apesar das tentativas, a pasta se negava a repassar as informações.

Segundo o presidente do Crea, Juares Silveira Samaniego, diante da recusa da pasta não é possível dar um parecer sobre a qualidade das obras entregues e nem apontar culpados. “Cair não vai, mas não sei a obra, que seria para durar de 100 a 150 anos, vai aguentar mais que 50. Nas trincheiras, por exemplo, é visível água minando das paredes. Não sabemos de onde vem essa água, se ela vai chegar à ferragem”.

Agora, conforme acordo firmado, caso seja identificada alguma irregularidade, o perito responsável pela obra deve explicar os possíveis motivos que o levaram a adotar aquele procedimento. 

O chefe da Casa Civil, Paulo Taques, reforçou a importância da identificação dos problemas mas, sobretudo, da apresentação de soluções à sociedade. . “Precisamos dar tranquilidade para a população e garantir a qualidade do que será feito”, destacou. 

A parceria pode ser estendida às demais obras realizadas pelo governo do Estado por meio da assinatura de um convênio ou Termo de Cooperação Técnica com o Crea. A entidade defende a iniciativa, ainda sob análise, sob a justificativa de redução de custos já que os projetos seriam fiscalizados por profissionais que atuam nas regiões onde ocorrem as intervenções, garantindo economia com transporte, diárias e honorários. (com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Nasser Okde | Segunda-Feira, 12 de Janeiro de 2015, 08h29
    3
    0

    O CREA deveria ter fiscalizado as obras durante o andamento delas... Garanto que se eu fizer uma reforma em minha casa eles prontamente irão fiscalizar... O maior culpado pelas obras de mobilidade terem sido mal feitas é do próprio CREA que não fiscalizou quando deveria...

Partidos com 2 ou mais pré ao Senado

margareth buzetti 400 curtinha   Dirigentes partidários estão passando apurado, nesta fase de pré-campanha, para conduzir o processo de escolha de candidatura ao Senado para a vaga de Selma Arruda, cassada por crimes eleitorais. Mesmo sabendo que as chances são remotíssimas de êxito nas urnas, alguns...

Muitos cuiabanos votam em Chapada

thelma de oliveira 400 curtinha   A ex-deputada federal Thelma de Oliveira (PSDB), que em 2016 transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para Chapada dos Guimaráes, já está trabalhando nos bastidores o projeto de reeleição. E, agindo nos bastidores e de forma estratégica, ela conseguiu um...

Câmara cassará 4º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o quarto vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.