Arte e Cultura

Domingo, 13 de Outubro de 2019, 07h:09 | Atualizado: 14/10/2019, 10h:13

Inspiração

Guará biojóias usa a criatividade para unir madeira e resina na criação das peças

Arquivo pessoal

Formatos s�o diversos e ganham cores diferentes quando recebem a resina

Modelos são únicos e têm cores diversas na aplicação da resina

O movimento tropicalista no Brasil teve seu início no final dos anos 60 e foi quando uma era cultural salientou não apenas o que é nativo, mas suscitou debates sobre o meio ambiente e dialogou com o movimento hippie, também ambientalista, como uma onda global que carregou símbolos que persistem até hoje – inclusive no mundo da moda.

As biojóias se massificaram neste momento. Deixaram de ser coisa “indígena” no país, para ganhar passarelas décadas depois. Não só de sementes, penas, folhas ou madeiras, foram misturadas a pedras mais raras e, cada uma, com seu valor e significado que carregara de cada região, inclusive, no cerrado do país. É assim que o artesão Pablo Garcia - que sempre teve vontade de fabricar jóias naturais - aposta há um mês na criatividade e tem ganhado adeptos por Mato Grosso. Pablo é um aventureiro, e sempre está imerso entre as paisagens naturais de Chapada dos Guimarães.

Ele conta que iniciou o teste das peças feitas a partir de resina e madeira ainda este ano e que o conceito tem ganhado o Brasil através da mão de outras marcas – como a famosa Ed Biojóias. No entanto, ele tem um trabalho ainda mais artesanal e personalizado, pois coleta madeira pelos parques e parte do cerrado do Estado.

Galeria: Biojóias de madeira coletada

Cada peça, segundo Pablo, passa por cinco processos e demora, em média, dois dias para a finalização. “Isso pelo devido tempo de cura da resina. Primeiro acontece a coleta da madeira, a segunda parte é cortar e lixar a madeira, a terceira é preparar o molde com ela e adicionar a resina com o pigmento”, descreve alguns dos processos. 

Arquivo pessoal

Pe�as s�o inspiradas em visuais da natureza e madeiras s�o de coleta

Peças são inspiradas em visuais da natureza e madeiras coletadas pelos parques e parte do cerrado de Mato Grosso. O artesão é apaixonado pela natureza

O artesão explica que, com a fusão da madeira e resina, é possível se obter um universo infinito de peças, pois os desenhos são únicos e com diferentes aplicações de espaço. Valor das peças: os pingentes variam de R$ 30 a R$ 60, já os anéis seguem no valor médio de R$ 80. 

Arquivo pessoal

An�is s�o feitos de resina e transpar�ncia d� toque especial

Anéis são feitos de resina e transparência dá toque especial para cada um deles. Desenhos são originais, fruto dos moldes feitos na madeira pelo artesão

Para Pablo, o processo de criação é gratificante e a melhor parte do trabalho é que, no mundo da imaginação, não existe fronteiras e nem normas. “Você poder criar algo é uma sensação inexplicável. No momento nosso foco são os anéis e os pingentes, mas já estamos confeccionando algumas luminárias com o material 100% porcento reciclado, além delas, um projeto de mesas rústicas com aplicação da resina”, revela.

Pedidos podem ser feitos pela página do instagram @guarabiojoias.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Michelle | Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019, 13h15
    1
    0

    Lindas peças. Verdadeiras obras de arte. Parabéns Pablo!! Desejo muito sucesso e valor ao que é brasileiro.

Matéria(s) relacionada(s):

Políticos em peso em evento do HMC

A solenidade que marcou a entrega do HMC em Cuiabá, nesta segunda (19), está sendo considerada o evento do ano para o prefeito Emanuel. Ele conseguiu motivar a presença de diversas lideranças políticas, empresariais e de diferentes setores. Para se ter uma ideia, dos 11 membros da bancada federal, 8 estavam presentes, assim como 16 dos 24 deputados estaduais e 17 dos 25 vereadores. Também marcaram presença dezenas de prefeitos e outros...

Base na Câmara e apoio de Iva Viana

leonardo 400 curtinha   Leonardo Bortolin (foto), que comanda Primavera do Leste e um dos vários prefeitos que prestigiaram a solenidade de entrega 100% do HMC, nesta segunda à noite, em Cuiabá, revelou contar com uma base forte e sólida na Câmara Municipal, o que tem sido importante na aprovação dos...

Ato de EP atrai 6 últimos governadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto), habilidoso nas articulações políticas, conseguiu levar para o mesmo evento, marcando a entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá, nesta segunda à noite, cinco ex-governadores e ainda o atual. Prestigiaram a solenidade Júlio Campos, Carlos Bezerra,...

Governador tenta constranger prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) tentou constranger o prefeito Emanuel, nesta segunda, na festa da entrega para funcionamento pleno do Hospital Municipal de Cuiabá. Na presença de diversas autoridades, inclusive dos últimos cinco governadores, com exceção de Silval, o atual chefe do Executivo, em...

3 vereadores cuiabanos no Cidadania

diego guimaraes 400 curtinha   O Cidadania, hoje sem voz na Câmara de Cuiabá, poderá ter três vereadores a partir de março de 2020, com abertura da janela. Na dança das cadeiras, Felipe Wellaton sairá do PV para aderir ao Cidadania, que já é presidido em Cuiabá pelo seu chefe de...

6 na Câmara tentam barrar projetos

francis maris 400 curtinha   O prefeito cacerense Francis Maris (foto) luta junto aos vereadores, para, enfim, concretizar todas as etapas de um financiamento milionário para projetos na área de saneamento. São R$ 130 milhões para abastecimento de água e cobertura de rede de esgoto, com juros de 6% ao ano e 20...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.