Judiciário

Quarta-Feira, 08 de Janeiro de 2020, 09h:00 | Atualizado: 08/01/2020, 09h:09

SENADOR INTERINO

PSD vai ao STF para que Fávaro assuma no Senado antes de eleição suplementar

Gilberto Leite

Carlos Favaro

Chefe do Escritório de Representação do Estado, Carlos Fávaro tenta ficar interinamente no cargo de Senador, até resultado da eleição suplementar

O diretório nacional do PSD entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que Carlos Fávaro assuma a cadeira no Senado que ficar vaga com a confirmação da cassação da senadora Selma Arruda (Pode) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) foi proposta na segunda (6).

Além do PSD, Fávaro, conforme divulgado em primeira mão pelo Blog do Romilson, deve contar com a ajuda do Governo para ocupar a cadeira em Brasília. O governador Mauro Mendes (DEM) decidiu, em nome da representatividade do Estado, que vai ao STF em defesa do aliado.

O Senado foi notificado da cassação em 20 dezembro, último dia antes do recesso parlamentar. A retirada de Selma do cargo ainda deve ser feita após leitura da decisão do TSE em plenário na volta do recesso, a partir de 3 de fevereiro.

A ação é assinada pelo advogado e ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, e pelos advogados Sérgio Antônio Ferreira Victor, Thiago Fernandes Boverio, Antônio Pedro Machado, Shelly Giuleatte Panncieri e Renato F. Moura Franco. Cardozo também atuou na defesa de Fávaro durante todo o processo na Justiça Eleitoral, defendendo que ele, tendo sido o terceiro colocado na eleição de 2018, assumisse a vaga.

Os juristas argumentam que o período entre a saída de Selma e a realização da eleição suplementar trará prejuízos à representatividade de Mato Grosso no Senado Federal, que é a câmara com representação igualitária entre os Estados no Parlamento.

O pleito suplementar deve ocorrer em 26 de abril, segundo minuta da área técnica do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT). A decisão, porém, é do Pleno do tribunal, sob relatoria do presidente, desembargador Gilberto Giraldelli. Caso seja aceita a ação no STF, daria a Fávaro, pelo menos, três meses como senador e a chance de concorrer estando no cargo.

Além de Selma, seus dois suplentes, Gilberto Possamai e Clerie Fabiane, também tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. Assim, o Estado ficaria com um representante a menos até que outro senador fosse eleito. Os advogados defendem que “é flagrantemente inconstitucional admitir-se a sub representação de um Estado no Senado da República, o que feriria a cláusula pétrea da Forma Federativa de Estado e vários dos seus consectários”.

O partido pede que o STF determine “que todos os cargos de senador, cuja vacância tenha ocorrido por decisão da Justiça Eleitoral que declara a perda de mandato da chapa, sejam preenchidos interinamente pelo candidato mais bem votado nas eleições, em seguida ao cassado ou ao segundo eleito (caso as eleições em questão tenham mais de um senador eleito)”.

Essa tese foi rejeitada pelos ministros do TSE no julgamento realizado em dezembro. A relatora da ADPF proposta pelo PSD é a ministra Rosa Weber, que preside o TSE e presidiu a sessão.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Adema de Lima Carvalho | Quarta-Feira, 08 de Janeiro de 2020, 11h33
    1
    0

    O agro já tem 2 senadores que o representa. Essa vaga precisa ser preenchida por um representa dos trabalhadores, que também pode representar o pequena comerciante e agroecologia.

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.