LEGADO DE PEDRO

Sexta-Feira, 16 de Maio de 2014, 07h:14 | Atualizado: 16/05/2014, 07h:35

Casaldáliga é protegido e punido por Vaticano; João Paulo II convoca líder


Enviada especial a São Félix do Araguaia

.

Pedro Casaldáliga e papa João Paulo II

João Paulo II e Pedro Casaldáliga conversam sobre atuação do bispo em MT

O bispo emérito de São Félix do Araguaia, Pedro Casadáliga não se tornou um ícone emblemático apenas por sua luta pelos índios, pequenos produtores e contra o trabalho escravo, mas também ficou conhecido mundialmente e provocou debates por causa de sua relação com a própria igreja Católica, que ora o protegeu, especialmente durante a ditadura e, ora o convocou a prestar esclarecimentos por causa de sua atuação.

Na década de 80, o papa João Paulo II, inclusive, chegou a tentar lhe aplicar a penalidade do silêncio obsequioso, proibição de falar em público e de publicar suas ideias. A punição se devia a atuação de Casaldáliga e a sua polêmica viagem a Nicarágua, quando criticou bispos dizendo que “eles não contestavam os crimes”. O bispo, entretanto, se recusou a assinar o documento e, assim, as sanções não ocorreram.

Anos antes, entretanto, a igreja, por meio da CNBB e do então papa Paulo VI, impediu que Casaldáliga fosse expulso do Brasil pelos militares que comandavam o país. Por quatro vezes o Regime Militar tentou extraditar o bispo Pedro do Brasil. Numa das vezes, a resposta do Vaticano foi muito clara:

“O papa (Paulo VI) disse que tocar em Pedro, era tocar em Paulo”, lembra o bispo emérito, em entrevista ao Rdnews, concedida em sua residência. Em seguida, Casaldáliga reforça que a “posição de Paulo VI era uma e de João Paulo II era diferente”.

.

Papa Paulo VI

Papa Paulo VI intercedeu em favor de Casaldáliga 

O religioso lembra que João Paulo II se preocupava com a politização da pastoral, temendo que fosse mais política do que religiosa. Acontece que Casaldáliga é defensor da Teologia da Libertação, movimento que se espalhou pela América Latina e que foi condenada pelo Vaticano, por identificar em seus postulados “princípios marxistas”.

Mas não eram apenas as posturas ideológicas de Casáldáliga que provocaram embates com o Vaticano. João Paulo II convocou o bispo a ir a Roma devido ao fato dele desrespeitar a orientação de que os bispos deveriam ir a cada 5 anos visitar o papa. “Achava sem sentido. Você não tinha a chance de se explicar. Só formalidade”, reclama o líder religioso.

Ainda conforme Casaldáliga, à época, ele escreveu uma carta a João Paulo II  dizendo que, "se o papa achasse que devia ir,  iria, mas para uma conversa", recorda. Chegando lá, foi interrogado pelo então cardeal Joseph Ratzinger que, depois, se tornou o papa Bento XVI. Depois, teve  diálogo com o papa João Paulo que pediu para que o então bispo do Araguaia mantivesse a unidade da Igreja.

papa francisco

Erwin Krautler, entrega relatório sobre conflitos agrários ao papa Francisco

Agora a igreja Católica vive novo momento de transformação e o papa Francisco defende algumas bandeiras relacionadas ao que Casáldáliga vem lutando, como o compromisso com os pobres.

O bispo do Araguaia lembra que, em abril, o presidente do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), Erwin Krautler, entregou ao papa Francisco um documento com as graves violações do direitos indígenas no Brasil.  Conforme o relatório, 34 pessoas foram assassinadas em 2013 em conflitos agrários, 15 delas são indígenas.

O número é o maior já registrado pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), que desde 1985 divulga esse tipo de estatística. Na oportunidade, Kräutler disse que o papa Francisco “demonstrou atenção, preocupação e sensibilidade para com as questões levadas até ele pelo Cimi”.

Além disso, no ano passado, o próprio Pedro Casaldáliga fez um pedido ao novo papa por intermédio do Prêmio Nobel da Paz argentino, Adolfo Pérez Esquivel: “Que a Igreja se reconcilie com a Teologia da Libertação”. “Apresentei-lhe uma mensagem de Pedro Casaldáliga, que me disse: Você verá Francisco, diga para ele que procure escutar, refletir e chegar a um acordo, uma reconciliação com os teólogos latino-americanos. Que se preocupe com toda a questão dos povos originários no continente. Para mim, isso foi um sinal positivo”, afirmou Adolfo ao Religión Digital.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

2 secretários acionados sobre compras

ozenira 400 curtinha   Os secretários municipais de Cuiabá, Luiz Antonio Possas de Carvalho (Saúde) e Ozenira Félix Soares (foto), de Gestão, têm 48 horas para prestar esclarecimentos sobre compras, sem licitação, de óculos de proteção e macacões destinados a...

Valdir, conta rejeitada e pedido negado

valdirzinho 400 curtinha   Valdir Pereira de Castro, o Valdirzinho (foto), prefeito de Santo Antonio de Leverger, ingressou com pedido de revisão no TCE sobre o parecer contra aprovação das contas de 2018. O Tribunal apontou uma série de irregularidades, entre elas registros contábeis incorretos, abertura de...

Stopa vira trunfo do prefeito Emanuel

jos� roberto stopa 400   Filiado histórico do PV, José Roberto Stopa (foto) se tornou espécie de trunfo do prefeito Emanuel Pinheiro. Se o emedebista resolver buscar a reeleição, o que seria o caminho natural, Stopa pode entrar na chapa como candidato a vice ou simplesmente ficar de fora do...

Sem chance para ser desembargador

pio da silva curtinha 400   Pio da Silva (foto) é um advogado que não desiste nunca. Age no meio jurídico como aquele candidato insistente que faz questão de concorrer a cargo eletivo em toda eleição, mesmo sabendo da chance mínima de êxito nas urnas. Pio já se tornou um "eterno"...

Delação de Riva tira apoios à Janaina

max russi 400 curtinha   A delação de José Riva, que deve complicar a vida de vários ex-deputados e alguns dos atuais, dificultou a entrada da filha, deputada Janaina Riva, como primeira-secretária da futura Mesa, que será eleita na próxima semana, com Botelho na presidência pela terceira vez....

Wallace, calendário eleitoral e disputa

wallace 400 curtinha   Cassado em maio de 2015 por gastos ilícitos na campanha, após dois anos e quatro meses de mandato, o ex-prefeito de Várzea Grande, Wallace Guimarães (foto), do PV, está torcendo pelo adiamento da data das eleições. Com ganho de mais tempo, ele acredita que consiga obter ...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.